Meus Sermões

A PRESTAÇÃO DE CONTAS
Gálatas 6.2

 

Introdução
Em outubro do ano passado, ministrei sobre o tema "A Prestação de Contas", lá em nosso aprisco.
Na ocasião li uma carta que me havia chegado às mãos. Ela foi endereçada a um pastor e esse pastor a disponibilizou para mim. Ele fez isto porque esta carta realmente merece atenção, a atenção de todos em geral... 

Vou pedir que... torne a ler esta carta para nós.

Há seis observações que podemos fazer desta carta, e são as seguintes observações: 
1. O que uma pessoa aparenta por fora pode ser totalmente diferente do que está no seu interior; 

2. Sempre temos desculpas para não falar de nós mesmos aos líderes que nos dão cobertura; 

3. Os sermões dos pastores edificam, fortalecem, ensinam, mas não dizem "como" superar certos momentos; 

4. Muitos crentes levam uma vida interna oculta que não gostariam de tê-la, mas há falta de transparência! 

5. Existe, em muitos casos, uma inversão de valores, apesar de se ser um "crente exemplar"; 

6. Também ocorre a síndrome de independência, a pessoa diz: "Eu posso me ajudar e superar meu problema sozinho... ninguém precisa me ajudar... ou pode me ajudar". 

A carta que li é um pedido de socorro... 
O homem da carta reconheceu precisar de ajuda... reconheceu precisar de alguém com quem falar do que estava dentro, escondido (guardado) no seu coração. 

Um valor que a igreja tem perdido é o da Prestação de Contas... nesta manhã eu trago uma palavra de Deus a esse respeito. 

1. O QUE É PRESTAÇÃO DE CONTAS? 
"Prestação" todo mundo sabe: é aquele pagamento que é preciso fazer todo mês por ter comprado algo à prazo: a geladeira, a televisão, o DVD, o carro... 
Nunca comprometa mais do que 30% do que você ganha com compras à prestação... Ah! mas eu tenho cartão de crédito!! Não existe Cartão de Crédito, seu tonto... o verdadeiro nome daquilo é Cartão de Débito... fique a usar um prá ver no que vai dar!

Se você é casado(a), esteja ainda lembrado que "conta nova, briga velha"... O Instituto Gallup verificou que 56% dos divórcios são causados por problemas financeiros... 33% dos casais brigam com certa freqüência por causa de dinheiro; e 7,5% discutem sempre por esse motivo. "Não é só a incompatibilidade de gênios que ameaça o casamento... a incompatibilidade financeira também".

Mas "Prestação de Contas", o que é? ...se isto soa como novidade para você, eu tenho anotado as seguintes definições: 
É a disposição voluntária de alguém apresentar, regularmente, informações importantes de sua vida à pessoas qualificadas.

A Prestação de Contas é uma entrega voluntária de uma área da vida a alguém que confiamos; É o reconhecimento de que ninguém caminha sozinho; 

Eu gosto muito desta: A Prestação de Contas é uma oferta livre ao direito de ser cobrado. 

A prestação de contas, é um ato voluntário. 
Não consiste em me chegar à alguém e dizer: "Ande, fale! O que está havendo? O que você fez ou tem feito? Desembucha, qual o seu fardo?" Não! 

O NT diz para "levarmos" os fardos uns dos outros... levarmos, porque eles precisam ser entregues, confiados, e não tomados à força. 

Portanto, a prestação de contas consiste no seguinte: em eu me dirigir à alguém e, voluntariamente, oferecer informações de mim mesmo a fim de receber ajuda. 

E isto é mandamento recíproco: "Ajudem uns aos outros" (Tg 6.2). 

2. O PROPÓSITO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS 
Você pode perguntar: qual é o propósito da prestação de contas? 
O propósito é esse: Buscar, com a ajuda de uma pessoa madura, sermos mais parecidos com Jesus em todas as áreas de nossa vida. 

O grande propósito da prestação de contas, o grande propósito de você estar debaixo da cobertura de alguém, é que você tenha um suporte para que o seu fracasso seja evitado ou seja superado. 
Você precisa ter alguém que ajude você a se corrigir quando erra.

Por exemplo: Num colégio, estava acontecendo uma coisa meio fora do comum. Um grupo de meninas andava pondo batom em excesso nos lábios e, todos os dias, para remover o excesso de batom, elas iam ao banheiro e beijavam o espelho. O diretor já andava bastante preocupado, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho. Mas, ao fim de cada dia, lá estavam as marcas de batom no espelho. Um dia, para ajudar as meninas a se corrigirem, o diretor reuniu todas elas e o zelador, no banheiro, para explicar porque era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam. E para demonstrar, pediu ao zelador que limpasse o espelho na presença delas. O zelador pegou um pano, molhou-o no vaso sanitário, aproveitando aquela águazinha e passou o pano no espelho. Nunca mais apareceram marcas de baton no espelho!

É visando a correção que a Bíblia manda ajudarmos uns aos outros. Amém? 

...agora, deixe-me mostrar: 
3. A IMPORTÂNCIA DA PRESTAÇÃO DE CONTAS 
Primeiro, as pessoas geralmente entram em dificuldades porque tomam
decisões e atitudes sem ouvir alguém... elas não alinham seus faróis. 
São como um carro em noite escura, transitando por uma estrada de chão, cheia de valas e buracos... o carro tem os faróis acesos, os dois! Mas que adiantam se eles estiverem desalinhados? ...o farol esquerdo iluminando o mato à beira da estrada e o outro, focalizando o alto... a copa das árvores, o cume dos morros... e a estrada mesma não é clareada. 

Mas, quando a gente busca conselho, orientação, opinião... os faróis são alinhados... Então enxergamos a estrada e viramos a curva certa! 

Segundo, é importante, porque muitos foram atacados pela síndrome de independência, não admitem falar de sua vida a ninguém e sofrem isolados. 
Mas como vamos carregar os fardos uns dos outros se não formos dependentes? 

Certa vez ouvi esta frase: "Pessoas precisam de Deus e pessoas precisam de pessoas". 

Sabe, todos os dias há pessoas fracassando moral, espiritual, relacional e financeiramente, não porque querem fracassar, mas porque têm pontos fracos que pensam poder enfrentar sozinhas... 

Outro dia ouvi isto: A razão porque as pessoas mais fracassam são as pequenas falhas, os pequenos erros, que vão se somando diariamente, sem que alguém seja informado e mobilizado para ajudar, para oferecer cobertura. 

Deus diz que é para ajudarmos uns aos outros... então, não se questiona, a prestação de contas é importante! 

...mas, eis algo que não gostamos de fazer: 
4. PORQUE AS PESSOAS NÃO GOSTAM DE PRESTAR CONTAS? 
Podem ser vários os motivos, mas quero apresentar os principais: 
As pessoas não gostam de prestar contas, por que não encontraram uma pessoa que as amem e, que se interesse de verdade por elas; 

As pessoas não gostam de prestar contas, por que tem medo de falar de si mesmas e não serem compreendidas; 

Não gostam de prestar contas, por que se abrirem o coração, encontrarão muitas coisas entulhadas para falar; 

As pessoas não gostam de prestar contas, por que já sofreram decepção com pessoas que não foram confiáveis; 

Não gostam de prestar contas, por que possuem feridas na alma, então, se tornaram desconfiadas de tudo e de todos; 
Uma pessoa assim, talvez chegue a pedir que alguém a ajude a melhorar seu temperamento, por exemplo... ela diz: "Você é mais calma do que eu, então, me chame a atenção quando eu estiver saindo da linha". Mas, quando o bom samaritano, com toda a calma vai ajudá-la, ouve isto: "Não se meta na minha vida!".
Há pessoas que não gostam de prestar contas por medo de perder a boa imagem ou causar decepção; 

Não gostam, por vergonha de enfrentar a realidade. 

Mas apesar de todos os nossos motivos, até razoáveis, a Palavra de Deus diz para levarmos os fardos pesados uns dos outros - e alguém somente levará os meus se eu apresentá-los e entregá-los, se eu me colocar debaixo da cobertura de pessoa mais madura que eu... 

...isto me leva ao ponto seguinte: 
5. PORQUE DEVEMOS PRESTAR CONTAS? 
Há uma razão para fazermos isto: a Bíblia - que é a Palavra de Deus - ela fala de prestação de contas: 
Na carta de Tiago, lemos que os crentes do primeiro século, confessavam seus pecados uns aos outros. 
Em Tg 5.16, está escrito: "confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados. A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder". 

Ainda na carta de Tiago, lemos que a prestação de contas será um elemento extraordinário para nos livrar do erro. 
Lemos isto: "Minhas irmãs e meus irmãos, se algum de vocês se desviar da verdade, e outro o fizer voltar para o bom caminho, 20 lembrem disto: Quem fizer um pecador voltar do seu mau caminho salvará da morte esse pecador e fará com que muitos pecados sejam perdoados" (Tg 5.19-20). 

E outra boa razão porque devemos prestar contas aqui é a seguinte: é que um dia, teremos que prestar contas lá. 
Você conhece, mas deixe que eu leia Rm 14.12: "...cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus". 

E no livro Eclesiastes de Salomão (12.13-14), está escrito: "De tudo o que foi dito, a conclusão é esta: Tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. 14 Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal". 

Você e eu precisamos vivenciar o valor da Prestação de Contas, porque a Palavra de Deus fala para fazermos isso. 

...e, finalmente: 
6. DE QUE ÁREAS DA NOSSA VIDA DEVEMOS PRESTAR CONTAS? 
Em primeiro lugar, devemos prestar contas do nosso relacionamento com Deus - da nossa vida devocional; 
Relacionamentos familiares; 
Uso do dinheiro e do tempo; 
Comportamento moral e ético; 
A vida mental; 
Áreas de luta pessoal. 

Esse ato de prestar contas entre os irmãos, permite que a fraqueza e o pecado sejam rapidamente localizados... quando ainda podem ser tratados em particular, antes que outras pessoas sejam feridas. 
E sabe, quando não existe o hábito de prestar contas, o Espírito Santo precisa agir trazendo uma dor mais forte e a correção pública dos filhos de Deus. 

CONCLUSÃO 
Irmãos, a Prestação de Contas é um daqueles valores do Reino de Deus que temos perdido, mas que precisamos procurar até encontrar. 
Na Bíblia lemos: "Melhor é serem dois, do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante" (Ec. 4:9-10). 
E lemos também: "Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados" (Tg. 5:16). 

Oremos pela restauração desse valor à igreja. 

Mensagem do Pr Walter Pacheco da Silveira, Retiro de Carnaval, 02/2006.