Meus Sermões

RAÍZES FIRMES
Tiago 1.21-27

 

Introdução

Essa é uma oração que o apóstolo Paulo fez por nós. É uma oração lá dos anos 60, do primeiro século! Mas veja como é impressionante o alcance da oração: a resposta de Deus vai abrangendo as gerações.

Veja o que Paulo escreveu:

“Por esse motivo, eu me ajoelho diante do Pai, 15de quem todas as famílias no céu e na terra recebem o seu verdadeiro nome. 16E peço a Deus que, da riqueza da sua glória, ele, por meio do seu Espírito, dê a vocês poder para que sejam espiritualmente fortes. 17Peço também que, por meio da fé, Cristo viva no coração de vocês. E oro para que vocês tenham raízes e alicerces no amor, 18para que assim, junto com todo o povo de Deus, vocês possam compreender o amor de Cristo em toda a sua largura, comprimento, altura e profundidade. 19Sim, embora seja impossível conhecê-lo perfeitamente, peço que vocês venham a conhecê-lo, para que assim Deus encha completamente o ser de vocês com a sua natureza”.

 

Entre tantas coisas preciosas que o apóstolo Paulo orava por nós, está o desejo de que tenhamos raízes firmes, aprofundadas, arraigadas no terreno do maravilhoso amor de Deus.

A palavra “raízes” ou o termo “arraigados” que aparece em versões mais antigas, nos lembra um pouco do Sl 1.2-3 quando fala dos bem-aventurados cujo prazer “está na lei do Senhor, e nessa lei eles meditam dia e noite” e diz o Salmo que “Essas pessoas são como árvores que crescem na beira de um riacho”.

 

Árvores que crescem na beira de um riacho têm raízes profundas porque o terreno é bom, e ali, essas árvores “dão frutas no tempo certo, e as suas folhas não murcham” e a Palavra diz: “Assim também tudo o que essas pessoas fazem dá certo”. Isto é, quando estamos arraigados em Deus, enraizados na Palavra de Deus, nós temos alegria, experimentamos bênçãos.

 

Portanto, temos alegria e verdadeira prosperidade, em todas as dimensões da vida, se permanecermos na Palavra de Deus.

Esse é o segredo para a verdadeira alegria, para a verdadeira satisfação: permanecer na Palavra de Deus.

 

E como podemos conseguir isso: permanecer na Palavra?

 

Veja com atenção o que se lê na Carta de Tiago (1.21-27): “Portanto, deixem todo costume imoral e toda má conduta. Aceitem com humildade a mensagem que Deus planta no coração de vocês, a qual pode salvá-los.

22Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática. 23Porque aquele que ouve a mensagem e não a põe em prática é como uma pessoa que olha no espelho e vê como é. 24Dá uma boa olhada, depois vai embora e logo esquece a sua aparência. 25O evangelho é a lei perfeita que dá liberdade às pessoas. Se alguém examina bem essa lei e não a esquece, mas a põe em prática, Deus vai abençoar tudo o que essa pessoa fizer.

26Alguém está pensando que é religioso? Se não souber controlar a língua, a sua religião não vale nada, e ele está enganando a si mesmo. 27Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo”.

 

Essa parte da Bíblia ensina quatro passos que podem nos ajudar a ficarmos enraizados na Palavra de Deus

Antes de mostrar esses passos, você sabe que a Palavra de Deus – a Bíblia – é a mensagem de Deus para a nossa vida.

 

Uma mensagem poderosa, porque o apóstolo Paulo disse à Timóteo que ela pode nos dar a “sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus. Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17E isso para que o servo de Deus esteja completamente preparado e pronto para fazer todo tipo de boas ações” (2Tm 3.15-17).

 

Quem permanecer na Palavra de Deus, só pode mesmo ser bem-sucedido!

 

Mas quais são os passos que podem nos ajudar a sermos enraizados na Palavra de Deus?

 

O primeiro passo está indicado no v.21: consiste em você...

RECEBER A MENSAGEM

Confira o v.21: “Portanto, deixem todo costume imoral e toda má conduta. Aceitem com humildade [recebam] a mensagem que Deus planta no coração de vocês, a qual pode salvá-los”.

O passo nº 1 para ser enraizado na Palavra de Deus é você receber a Palavra, receber a mensagem.

 

Mas observe como: “com humildade”. O nosso coração precisa ser humilde, precisa ser ensinável... isto é, um coração que aceita a verdade.

 

Se você ouve a mensagem de Deus, ou lê essa mensagem na Bíblia, que é a Palavra de Deus, e o Espírito Santo mostra lá uma verdade sobre você, mas você não aceita, faz vista grossa, passa por cima, como que dizendo: “Não é comigo”... se tem esse orgulho no seu coração, você nunca ficará arraigado, firmado, na Palavra de Deus. E por conseqüência, também nunca será bem-sucedido na sua vida.

Precisamos receber a mensagem de Deus com humildade.

Conta-se a história de um pastor que pregava e quase que todos os domingos, no final da reunião, vinha um irmão que se despedia dele, dizendo: "Pastor, não desista, porque “eis” estavam precisando ouvir isso". Mas o problema era aquele irmão... ele que era o "leva-e-traz" da igreja. Mas fazia assim: não recebia a mensagem para ele mesmo. Então, numa quarta-feira, chovia muito, e só apareceram o pastor e aquele irmão. O pastor pensou: "É hoje! Hoje esse irmão não escapa de receber a mensagem". E o pastor pregou olhando diretamente nos olhos daquele irmão. E quando terminou o culto, o irmão disse: "Puxa, pastor, que pena que “eis” num vieram, heim!"

 

Esse orgulho do coração não deixa a Palavra de Deus entrar.

 

Mas se quer ser bem-sucedido, precisamos fincar nossas raízes na Palavra de Deus – e o primeiro passo para isso tem ver com a atitude do coração: receber a mensagem com humildade.

 

O passo nº 2 que ajuda a sermos enraizados na Palavra é:

MEDITAR NA MENSAGEM

É o ensino do v.25: “O evangelho é a lei perfeita que dá liberdade às pessoas. Se alguém examina bem essa lei e não a esquece, mas a põe em prática, Deus vai abençoar tudo o que essa pessoa fizer”.

Você quer isso para a sua vida? ...quer a bênção de Deus sobre tudo o que você faz? Então, depois de receber a mensagem, o passo seguinte é você examinar bem, meditar na mensagem.

 

O dicionário explica o que é meditar: é você levar em consideração, é refletir muito sobre aquilo que recebeu. Tiago fala em examinar bem a lei.

 

Esse examinar é como a raiz de uma árvore, que vai penetrando no solo, vai se aprofundando... é isso que temos que fazer à mensagem de Deus: precisamos levar a Palavra em consideração.

 

Muitos lêem a Bíblia sem meditar no que leram, assim, não fincam suas raízes.

Uma maneira de meditar e que eu gosto muito é fazer perguntas ao texto – perguntas do tipo: quem, quando, como, onde, por que... elas realmente ajudam a meditar na mensagem. Experimente!

 

Passo nº 3 para sermos enraizados na Palavra de Deus:

APLICAR A MENSAGEM

Veja Tiago ensinando isto no v.25: “...Se alguém examina bem essa lei e não a esquece, mas a põe em prática, [aplicando a mensagem] Deus vai abençoar tudo o que essa pessoa fizer”.

Veja o processo, veja como funciona: Você recebe a mensagem com um coração humilde, medita nela (levando a mensagem em consideração), então o passo seguinte consiste numa ação obediente – você deve aplicar a Palavra de Deus na sua vida – Tiago diz que devemos pôr em prática a mensagem que recebemos.

Irmão, para você ficar enraizado na Palavra de Deus, algumas providências precisam ser tomadas.

 

O problema de muitos filhos de Deus é justamente esse: ouvem a mensagem, até pensam sobre ela, mas não a colocam em prática, não aplicam a mensagem na sua vida. Assim, nunca experimentam o poder de Deus.

 

Para ser verdadeiramente próspero, com raízes firmes em Deus, cheio de fé, você precisa aplicar a Palavra de Deus na sua vida.

Um modo eficiente de fazer isso é escrever no seu caderno de anotações, o que precisa aplicar na sua vida.

 

Escreva uma frase, que seja clara, prática e fácil de ser avaliada depois.

 

E o passo nº 4 que nos ajuda a sermos enraizados na Palavra de Deus é o seguinte:

COMPARTILHAR A MENSAGEM

Confira esse ensinamento aí no v.27: “Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo”.

Há dois princípios que definem a verdadeira religião: o amor pelos necessitados e o cultivo da santidade perante Deus.

 

Órfãos e viúvas falam de pessoas que precisam de ajuda e cuidados. Tiago diz que para Deus, a religião pura e verdadeira, é a seguinte: é o compartilhar do que recebemos.

 

Muitas pessoas à nossa volta são como órfãos e viúvas, pessoas que precisam de ajuda, de cuidados. Então, Deus espera que o que recebemos dEle seja repartido com essas pessoas.

Mas isso tem sido muito negligenciado por nós, filhos de Deus. Recebemos a mensagem e pouco ou nada compartilhamos dela. Isso é um erro. Se não compartilharmos a mensagem de Deus, jamais seremos realmente frutíferos.

 

Deus abençoou você, plantou uma poderosa Palavra no seu coração, que ajudou a sua vida... compartilhe a mensagem, declarando para outras pessoas a Palavra de Deus.

 

Fazendo isso, você estará ajudando as outras pessoas e estará se tornando verdadeiramente bem-sucedido.

 

CONCLUSÃO

Esse é o segredo para a verdadeira alegria:

Receber a mensagem de Deus com um coração humilde

Meditar na mensagem de Deus, levando-a em consideração

Aplicar a mensagem de Deus na sua vida, e

Compartilhar a mensagem de Deus com os outros

Você está pronto para assumir esse grande desafio?

 

 

 

Pr Walter Pacheco da Silveira, Fonte: 49 Dias de Encontros Com o Pai, Eddy Leo