Meus Sermões

POR QUE ORAR É TÃO DIFÍCIL PARA OS CRISTÃOS?

Filipenses 4.6


Introdução

Um problema que me interessa profundamente nesta noite: Eis o problema: por que orar é tão difícil para alguns crentes?

A Bíblia deixa bem claro que a resposta para tudo em nossa vida é a oração feita com fé. O apóstolo Paulo escreveu: “Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido.” (Fp 4.6). Paulo está nos dizendo: “Busquem o Senhor em todas as áreas da sua vida. E agradeçam a Ele antecipadamente por lhes ouvir!”

 

A ênfase é: ore sempre em primeiro lugar! Não é para orarmos só em última instância: primeiro ir atrás dos amigos, depois do pastor ou de um conselheiro, para acabar finalmente de joelhos. Não, mas é conforme Jesus ensinou: “Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas.” (Mt 6.33). Devemos primeiramente ir até o Senhor - antes de a qualquer outro!

 

Mas, como é difícil vermos muitos cristãos, durante as crises, buscar a Deus em oração!

E considere que a Bíblia revela muitas vezes que Deus ouve os clamores dos seus filhos e que os responde com amor.

 

A Bíblia diz: “Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos ao seu clamor” (Salmo 34.15).

 

“Clamam os justos, e o Senhor os escuta e os livra de todas as suas tribulações” (Sl 34.17).

 

“E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma cousa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito” (I Jo. 5: 14-15).

 

“...Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” (Tiago 5:16).

 

“E tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis” (Mateus 21:22).

 

“...a oração dos retos é o seu contentamento” (Provérbios 15:8).

 

Ouça o testemunho de Davi: “No dia em que eu clamei, tu me acudiste e alentaste a força de minha alma” (Sl 138.3). Davi dizia: “Fiz prova de Ti, Deus! Em todas as minhas lutas eu não busquei a mais ninguém. Procurei unicamente a Ti - e me ouvistes”.

Estas promessas e testemunhos como os de Davi são uma prova esmagadora do cuidado de Deus.

 

Mesmo assim, quando se trata de oração, a Bíblia nos previne de um grave perigo: o de negligenciar a oração: “como é que nós escaparemos do castigo se desprezarmos uma salvação tão grande?...” (Hb 2.3). A palavra “negligenciarmos/desprezarmos” nesse verso significa “não nos interessarmos; não levarmos a sério”.

 

O contexto deste versículo é uma discussão das coisas relacionadas à nossa salvação - e a oração é uma dessas coisas. Deus está nos perguntando: “Como você espera escapar da ruína e dos tempos difíceis que se aproximam, se não aprendeu a manter a comunhão comigo em oração? Como você conhecerá e reconhecerá a minha voz naquele dia, se não aprendeu a ouvi-la em seu quarto de escuta?”

 

Lendo esse verso, percebemos Deus profundamente ferido pela negligência da oração por parte do seu povo em nossos dias. É como Jeremias escreveu: “Acaso, se esquece a virgem dos seus adornos ou a noiva do seu cinto? Todavia, o meu povo se esqueceu de mim por dias sem conta” (Jeremias 2:32).

 

Eis o problema: Como pode o próprio povo de Deus - que está sob ataque constante do inimigo, enfrentando problemas e tentações de todos os lados - passar semanas e semanas sem jamais buscá-lo em oração?

Em Hb 10 somos encorajados a nos aproximarmos de Deus! “Por isso, irmãos, por causa da morte de Jesus na cruz nós temos completa liberdade de entrar no Lugar Santíssimo. 20Por meio da cortina, isto é, por meio do seu próprio corpo, ele nos abriu um caminho novo e vivo. 21Nós temos um Grande Sacerdote para dirigir a casa de Deus. 22Portanto, cheguemos perto de Deus com um coração sincero e uma fé firme, com a consciência limpa das nossas culpas e com o corpo lavado com água pura.” (Hb 10.19-22).

 

Alguns versículos adiante (v.25), somos avisados de que o dia do Senhor se aproxima rapidamente: “Não abandonemos, como alguns estão fazendo, o costume de assistir às nossas reuniões. Pelo contrário, animemos uns aos outros e ainda mais agora que vocês vêem que o dia está chegando.”. Deus está dizendo: “Agora mesmo, ao se aproximar o tempo da volta de Cristo, você precisa buscar a minha face. Chegou a hora de você se dirigir ao seu quarto de escuta e me ouvir!”

 

Mesmo assim, muitos cristãos ainda acham difícil orar. Por que? Creio que há quatro razões para isto?

 

1. Alguns Cristãos Não Oram Porque Têm um Amor Morno pelo Senhor

À igreja de Éfeso, em Apocalipse 2, Jesus falou ter algo contra os cristãos daquele lugar: abandonaram o seu ardente amor por ele! “Porém tenho uma coisa contra vocês: é que agora vocês não me amam como me amavam no princípio.” (Ap 2.4).

 

Você pode dizer que ama a Deus, mas se jamais aparece para estar com Ele em seu quarto de escuta, isto é um sinal de que não O ama tanto assim.

 

Não importa a altura com que você louva o Senhor nos cultos, o quanto diz que O ama, o quanto de lágrimas você derrama... o quanto contribui... você simplesmente não O ama. Você está orando por orar, negligenciando a oração - e de acordo com as próprias palavras de Jesus, isto é uma prova de que perdeu o seu amor por Ele.

 

Temos de nos conscientizar: “Amar a Jesus não se trata de realizar coisas; envolve a disciplina diária de se manter um relacionamento. E isto vai custar algo de mim!”

 

2. Alguns Cristãos não Oram Porque Erraram em Suas Prioridades!

Prioridade é a importância que se deposita em algo. E os cristãos que negligenciam a oração erraram em suas prioridades!

 

Como nos tempos de Noé: as grandes prioridades são comer e beber, comprar e vender, casar e cuidar da família. Não se tem tempo para Deus.

 

Para a maioria das pessoas, Deus está no fim da lista de prioridades. E no alto estão o trabalho, o bem-estar, a família, o esporte....

 

Deus não deseja nossas sobras - aqueles insignificantes pedacinhos de tempo...

 

O fato é o seguinte: nenhum crente vai separar tempo para a oração a menos que ela se torne uma prioridade na vida.

 

3. Alguns Cristãos não Oram Porque Aprenderam a Viver sem Oração !

Muitos cristãos acham que a única coisa que se requer deles é que vão à igreja, adorem, ouçam à pregação, resistam ao pecado, façam o melhor possível, e tudo estará bem com eles. Este é o sacrifício que trazem para Deus.

Mas o Senhor questiona: “como é que nós escaparemos do castigo se desprezarmos uma salvação tão grande?...”.

 

O fato, é que se pode passar uma vida toda sem oração... mas as suas vidas se tornam cheias de confusão por todos os lados. Vidas sem oração são vidas sem poder!

 

4. Alguns Cristãos não Oram Porque não Crêem que Deus Ouça as Suas Orações !

Com o tempo, muitos crentes se tornam desencorajados devido à orações não respondidas - e, simplesmente desistem. Pensam: “Talvez eu tenha falta de fé. O que eu sei, é que para mim a oração não funciona. E por que eu haveria de orar se não funciona?”

Muitos crentes solteiras tendem a pensar assim. Eles dizem: “Durante anos busquei o Senhor em sinceridade, pedindo-Lhe que trouxesse para a minha vida uma pessoa de Deus. Já orei por mais de uma década. Mas não aconteceu nada!” Então abandona a oração e o desastre acontece.

 

Tiago escreve que Deus não responde as orações daqueles que pedem coisas para simplesmente satisfazerem a si próprios: “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres” (Tiago 4:3). Em outras palavras: “Você não está pedindo a vontade de Deus. Você não está pronto para submeter-se a tudo que Ele desejar!”

 

Não se engane - o nosso Deus é totalmente fiel. Jesus disse, “E tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis” (Mateus 21:22).

Se Deus está atrasando uma oração sua, pode ter certeza de que Ele está testando a sua fé. Ele deseja que você confie nEle.

 

Vá ao seu quarto de escuta com regularidade, e busque a Deus de todo o seu coração.

 

As respostas de Deus podem não vir da noite para o dia. Contudo, Deus vai fazer a obra no tempo certo e da maneira certa, no tempo dEle e da maneira dEle.

 

A parte que cabe a nós é somente confiar que Deus é fiel!

 

Pr Walter Pacheco, Fonte: David Wilkerson