Meus Sermões

O QUE VOCÊ MAIS QUER?
Mateus 7.24-29

 

Introdução

Conta-se a história de um rapaizinho vaidoso que chegou ao grande filósofo Sócrates, buscando por sabedoria. O rapaz se aproximou do filósofo e disse: "Oh! grande Sócrates, venho a você buscando sabedoria". E Sócrates viu de longe a verdadeira atitude do rapaz. Então, levou o moço pelas ruas da cidade até chegar ao mar, e fez com que ele entrasse na água até à altura do peito. E Sócrates logo perguntou: "O que é que você mais quer?" Com um sorriso, o jovem respondeu: "Sabedoria, oh! grande Sócrates". Aí, Sócrates colocou as suas mãos sobre os ombros do jovem e o mergulhou na água. Depois de 30 segundos, o filósofo deixou o rapaz se levantar. "O que é que você mais quer?" – Sócrates tornou a perguntar. "Sabedoria, oh! grande Sócrates", disse o jovem, balbuciando as palavras. Sócrates tornou a afundar a cabeça do rapaz na água. Passaram 30 segundos, 35, 40... Sócrates soltou o moço, que saiu da água, bufando... "O que é que você mais quer?" - voltou a perguntar Sócrates. E quase soluçando, o jovem disse: "Sa-sa-bedoria, oh! grande Só-so-crates..." E Sócrates, outra vez, afundou a cabeça do rapaizinho na água. Passaram 40 segundos, 50... O que é que você mais quer” Perguntou Sócrates. E dessa vez o rapaz gritou: "Ar! Eu quero ar! Eu preciso de ar!" Então, Sócrates falou pra ele: "Muito bem! Quando você quiser sabedoria da mesma maneira que está querendo ar agora, então você vai alcançar sabedoria".

 

Amados, veio a este mundo um filósofo mais sábio que Sócrates, pois Ele trouxe a sabedoria divina.

Todavia, a pergunta continua sendo a mesma. “O que é que você mais quer? Você realmente deseja a sabedoria ao ponto de fazer o que for necessário para conseguí-la?” Ainda mais: Você deseja a sabedoria, deseja ter conhecimento de Deus e das coisas de Deus, ao ponto de querer viver, realmente, de uma maneira sábia?”

 

Quem você será: uma pessoa sábia, prudente... ou uma pessoa do tipo insensata, sem juízo?

 

Esta é a pergunta que Jesus faz pra você nesta noite. Você é sábio ou é sem juízo?

 

Eu quero ler Mt 7.24-29:

24– Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. 25Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha.

26– Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. 27Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída.

 28Quando Jesus acabou de falar, as multidões estavam admiradas com a sua maneira de ensinar. 29Ele não era como os mestres da Lei; pelo contrário, ensinava com a autoridade dele mesmo”.

 

Jesus aqui, está fazendo pra você um chamado extraordinário.

Pense bem: Quem mais se atreveria a dizer que a felicidade de sua vida depende de você pôr em prática o que Ele disse?

 

Há tantas outras pessoas que poderão te dar conselhos hoje em dia, mas só há uma pessoa que pode exigir de você o que Jesus exige aqui.  

 

...que chamado é esse que Jesus está fazendo pra você nesta noite? ...em primeiro lugar, é um chamado para:

1. QUE VOCÊ CONSTRUA A SUA VIDA SOBRE A PALAVRA DE DEUS

Todos conhecemos a importância de colocar uma boa fundação, uma boa base, quando se constrói um edifício.

Uma casa pode ser muito bonita, pode estar em um lugar muito lindo, pode ter uma boa divisão de cômodos, mas se não tiver bom fundamento, se não tiver uma boa base, firme e sólida, apesar de toda a beleza, requinte e adequada disposição de portas e janelas, se não tiver um fundamento firme, ela não vai durar muito tempo.

 

Na terra onde Jesus viveu, havia rios que se secavam durante uma temporada, e logo se enchiam de novo, muito repentinamente de água, quando vinham as chuvas fortes.

 

Uma pessoa que não conhecesse a área, podia pensar: Hummm, nas proximidades deste rio está um lugar perfeito para se construir uma casa...

Afinal, o terreno fofo é fácil de cavucar pra fazer a fundação... depois, o rio traz frescor... protege do calor e o arvoredo das margens, dão excelente sombra...

 

E também seria muito fácil conseguir areia suficiente para toda a construção da casa! E isso é ótimo! Material de construção não é barato...

 

Então, a pessoa que constrói a sua casa sobre um terreno arenoso, poderia realmente pensar: é muito mais fácil construir nesse lugar!

 

Mas, a pessoa que resolve construir a sua casa sobre a pedra, isto é, em cima de terreno rochoso, essa vai ter que se sacrificar mais...

Vai ter que subir com o material da obra nas costas... vai ter que trabalhar mais arduamente...  

 

Terá que escavar uma fundação em cima de pedra dura e isso exigirá um esforço muito grande.

 

Todavia, a diferença entre as duas construções se percebe quando chegam as tempestades.

É quando sopra o vento, é quando cai a chuva e sobem as águas, é que se vê a verdadeira qualidade da construção.

 

O dono da casa construída sobre a areia, sobre o terreno arenoso, perde tudo... fica desamparado.

 

Mas, o dono da casa edificada sobre a pedra, por outro lado, tem um lugar que resiste a tempestade.

 

Assim é com a vida!

Sabe, não importa o tamanho da construção da vida... não importa se alguém vê você e fica admirado pelas coisas que você tem feito.

 

Não importa... não importa o luxo em que você esteja vivendo... não importa se sua vida tem a cor rosada  ou azulada...

 

Sabe o que importa? ...é a fundação da sua vida.

Quando chegam as tempestades, os temporais... quando  vem  as dificuldades, será que a base sobre a qual a sua vida está construída, resiste?

É em nesses momentos de tempestade na vida, momentos de crise, momentos duros e difíceis, é que se revela a verdadeira fundação da nossa vida.

 

Quando tudo vai bem, quando o sol está brilhando em um céu azul e quando os pássaros cantam, não dá pra notar se a vida deste ou daquele, ou se a nossa mesma, está bem cimentada ou não... é só quando chegam as dificuldades da vida, que se pode  ver a qualidade da sua fundação.

 

Amado, vai chegar uma hora tempestuosa e que será a última da história.

Será uma tempestade que arrasará com todas as edificações mal construídas, mal fundadas.

 

Um dia, Jesus vai voltar para julgar a vivos e a mortos... e nesse dia, será revelada a qualidade da construção da vida de cada pessoa.

 

Esse dia vai ser um desastre para quem não estiver preparado.

 

Mas, há um detalhe que é muito importante.

Quando Jesus fala de construir a nossa vida sobre as Suas palavras, Ele não está falando simplesmente de nós escutarmos o que Ele fala...

 

Não, o que Jesus realmente diz, é, e muito claramente, v.24: Quem ouve esses meus ensinamentos E VIVE de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha”.

 

Veja, não é suficiente só o ouvir o ensinamento de Jesus... tem que se pôr em prática a Palavra dEle.

 

Mas, perceba ainda, que Jesus está falando para pessoas que escutam a sua Palavra.

Jesus não estava falando com pessoas que não sabem nada dEle... não, Ele estava falando com aqueles que tem ouvido a Sua Palavra.

 

Jesus até advertiu à esses, que ouvem Sua Palavra: “Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia”.

 

O homem insensato da história, o sem juízo, é aquele que finge ter fé, finge ter firmeza... é o que não ama a lei de Deus e diz: “Deus está comigo e eu estou com Deus”... mas essa falsidade se revela quando vem a tempestade.

 

Esse homem sem juízo é a pessoa que desfruta alguns momentos em escutar o ensino de Jesus, mas não quer entregar a sua vida inteira pra Jesus.

 

Esta é a pessoa que escuta, mas não põe em prática a Palavra. Qual será o fim dessa pessoa? ...será a destruição.

Sem querer ofender a ninguém, eu digo que há algumas destas pessoas aqui nesta noite.

 

Pessoas que tem tempo de vir, de vez em quando, aos cultos da igreja... pessoas que se agradam em sentir, por momentos, que Deus  está com elas, e cantar, pular, dançar... mas que, são pessoas que não tem tomado a decisão firme de andar com Deus, de namorar nos princípios de Deus, de trabalhar na ética de Deus.

 

Algumas destas pessoas ainda não foram batizadas nas águas... e outras, nem receberam a Jesus como Senhor e Salvador... e outras nem pararam para pensar na tomada de uma decisão séria.

 

Sobre que base você está construindo a sua vida?

Sobre que base você se firma para tomar decisões? ...sobre que base você depende para viver?

 

Amado, só há um que pode segurar você... só há um que pode servir de base firme para a sua vida e este é Jesus, é Jesus, é Jesus! Aleluia!

 

...e este chamado, que Jesus está fazendo pra você nesta noite, em segundo lugar, é um chamado:

2. QUE VOCÊ DEVE ACEITAR POR CAUSA DA AUTORIDADE DE JESUS

Veja a forma como as pessoas reagiram ao ensino de Jesus, está no final do v.28: “Quando Jesus acabou de falar, as multidões estavam admiradas com a sua maneira de ensinar. 29Ele não era como os mestres da Lei; pelo contrário, ensinava com a autoridade dele mesmo”.

As pessoas ficaram admiradas com o ensino de Jesus... mas não era somente porque o ensino de Jesus era diferente de tudo que elas haviam ouvido antes, ou porque Jesus tinha uma perspicácia extraordinária.

 

Não, as multidões estavam admiradas do ensino de Jesus porque esse ensino vinha com autoridade.

 

Os mestres religiosos dos dias de Jesus, sabiam fazer citações do tipo: “O rabino fulano de tal, disse em tal lugar...”.

E eles nem se quer se atreviam a interpretar diretamente a Palavra de Deus... apenas citavam as partes que interpretavam!

 

Em Jesus, porém, havia algo muito diferente. Ele não fazia citações de ninguém, ao contrário, Ele interpretava as Escrituras como se tivesse um conhecimento pessoal do que o Autor delas havia querido dizer.

 

Então, em vez de dizer “Fulano de tal disse”, Jesus corrigia as más interpretações dos rabinos - e Ele dizia por sua própria conta!

 

Jesus é até diferente dos profetas do Antigo Testamento.

Os profetas eram homens que recebiam uma mensagem diretamente de Deus para dar ao povo, mas eles sempre usavam falar, por exemplo: “Assim diz o Senhor ...”.

 

Mas com Jesus é diferente... muitas e muitas vezes lemos nos Evangelhos de Jesus ter dito: “Mas eu lhes digo...”.

 

Jesus não fazia citações do que outros diziam, nem mesmo usava falar: “Assim diz o Senhor”... mas, sim, declarava a Palavra de Deus com autoridade.

 

Era com razão que as multidões ficavam admiradas com a maneira de Jesus ensinar... elas nunca haviam ouvido outra pessoa com este nível de autoridade!

 

Irmãos e amigos, tudo isto não é simplesmente um exercício de interpretação bíblica. Isto significa que temos que nos submeter completamente ao senhorio de Jesus, porque Ele tem autoridade, autoridade absoluta – ninguém é mais elevado que Jesus, ninguém é maior que Jesus!

Você tem duas opções: pode se entregar a Jesus, obedecendo Sua Palavra e vivendo em justiça verdadeira... e se resolve isto, então você vai viver para sempre no reino de Deus.

 

Mas, se por outro lado, você escolhe a desobediência... se escolhe ouvir, mas não praticar o ensinamento de Jesus... se você prefere fazer as coisas ao seu próprio modo, se quer viver dirigido por si mesmo, construindo a vida sobre a areia? ...você estará perdido.

 

Conclusão

Mas, agora te pergunto: O que é que você mais quer? Quer viver sua vida para si mesmo, fazendo o que melhor te parecer, tratando a Jesus simplesmente como alguém a quem buscar de vez em quando?”

Se assim você constrói sua vida, posso te assegurar que você não agüentará a tempestade.

 

É possível que agora tudo esteja indo bem com você... a base da sua vida parece estar bem firme.

 

Mas quando chegar uma enfermidade, quando enfrentar uma crise em sua casa, quando perder o emprego... então, possivelmente, você vai ver sobre que base está fazendo a sua vida depender.

 

No final de tudo, quando Jesus voltar, será revelado por completo como sua vida está construída. E naquela hora final, todos os seus motivos, todas as suas razões, todas as coisas a que você tem se apegado em sua vida, irão desaparecer, e ficará só você perante Deus.

 

E aí, o que vai restar? O que você resolver no seu coração hoje sobre Jesus, é que vai dizer.

 

Jesus não só está chamando você para obedecer as Suas Palavras. Ele amou você, amou tanto que deu a vida dEle por você na cruz, para que você pudesse ter outra oportunidade.

 

É por isto que você pode receber Jesus com fé em seu coração... se você quer Jesus, pode começar a construir sua vida de novo sobre uma rocha firme, uma fundação segura.

 

 

Pr Walter Pacheco da Silveira, 10.8.2008