Meus Sermões

AJUNTOU TUDO... GASTOU TUDO
Lucas 15.11-14

 

INTRODUÇÃO

Quebra-gelo

Graça e Paz. Amém?

Apanhe agora a Bíblia e localize nela o evangelho de Lucas, capítulo 15. A Bíblia é um livro muito especial... muitos livros podem informar, mas apenas a Bíblia pode transformar.

 

E eu peço a Deus que, nesta noite, você não seja apenas informado, mas transformado... que o poder da Palavra de Deus transforme, altere e mude, tudo aquilo que precisa ser mudado! Amém? Vamos ler o texto:

 

Leitura do texto:

“E Jesus disse ainda: - Um homem tinha dois filhos. 12Certo dia o mais moço disse ao pai: “Pai, quero que o senhor me dê agora a minha parte da herança.” – E o pai repartiu os bens entre os dois. 13Poucos dias depois, o filho mais moço ajuntou tudo o que era seu e partiu para um país que ficava muito longe. Ali viveu uma vida cheia de pecado e desperdiçou tudo o que tinha. 14– O rapaz já havia gastado tudo, quando houve uma grande fome naquele país, e ele começou a passar necessidade”.

 

Essa Palavra vai trazer poder de Deus para a sua vida. Você crê que o Espírito Santo de Deus é capaz de tocar o coração humano e fazê-lo entender a vontade de Deus? Você acredita que o Espírito Santo é capaz de usar a pregação da Palavra de Deus e abençoar a sua vida?...então, dê o seu melhor aplauso para a Palavra de Deus e, enquanto aplaude, abre a sua boca e diga “glória a Deus”!

 

Oração

Oh! Deus, Seu nome é louvado, a Sua Palavra é celebrada pelo povo que se chama “povo do Senhor”. Oh! Deus, recebe o louvor do Seu povo, recebe o louvor da Sua Igreja, e enquanto este louvor vai subindo, faz descer sobre nós a Sua bênção, faz descer sobre cada vida que está aqui o poder do Espírito Santo e envia a Sua Palavra, envia com poder e que a Sua Palavra vá e produza o resultado para o qual está sendo enviada. Em nome de Jesus. Amém.

 

Gancho

Aconteceu próximo a Belo Horizonte 2, segunda-feira, de um senhor de 63 anos cair no fundo de um poço, uma cisterna de 25m de profundidade 3. E o homem ficou preso no fundo do poço por 33 horas, um dia inteiro e mais 9 horas, isto é, toda a parte da manhã e da tarde do outro dia!

Mas desse fundo de poço os Bombeiros conseguiram resgatá-lo... há poços mais perigosos,  que caindo neles, só Deus para salvar.

 

Um desses poços perigosos é o uso do dinheiro sem a bênção de Deus..

 

Idéia Central

E sobre isto, esse texto da Bíblia ensina uma grande verdade: querer possuir coisas não é pecado.

 

Frase de Efeito

Possuir coisas não é pecado! 4Pecado é você ganhar e gastar tudo longe da orientação de Deus.

 

Pergunta de Ligação

De que maneiras podemos evitar esse pecado?

 

Frase de Transição

Eu observo aqui nesta história, algumas maneiras deste pecado ser evitado; a primeira é: 5

1 – NÃO GASTE TUDO CONSIGO MESMO

Gastar tudo é descontrole, concorda? Gastar tudo é imprudência, é falta de domínio próprio.

E é o que é muito fácil de acontecer quando se tem, por exemplo, Cartão de Crédito 6 (na minha opinião o nome disso deveria ser Cartão de Débito) ...porque é isso que ele faz; o cartão é de plástico, mas ele pode liquidar uma pessoa, ele pode levar alguém pro fundo do poço! E como é fácil ter um cartão desse! Ele vem até você!

 

O filho mais novo, da história que Jesus conta, não conheceu a comodidade do nosso cartão de crédito, não precisava... eu não tenho, talvez você não tenha, mas mesmo assim, ele foi pro fundo do poço (e nós também podemos ir, com cartão ou sem cartão) se deixarmos o nosso Pai.

 

Esse moço saiu de casa, deixou seu pai e gastou tudo consigo mesmo, nos seus próprios deleites... e porque estava longe do pai, ficou sem os conselhos dEle e aí, gastou tudo da maneira errada.

É o que acontece conosco quando não ouvimos os conselhos de Deus, o nosso Pai: quando eu não ouço o ensino da Palavra de Deus sobre o uso do dinheiro, muito facilmente, vou gastar tudo e não vai sobrar nada.

 

Porque é a Bíblia, é a Palavra de Deus, que nos orienta a gastar certo... mas se eu me afasto de Deus, se eu desprezo os conselhos de Deus, então, por inteligente ou mais sábio que eu seja, vou desperdiçar, vou gastar errado!

 

Jesus conta que aquele moço viveu uma vida cheia de pecados, que ele foi pro fundo do poço, porque estava sem sintonia com o Pai... e foi viver uma vida cheia de pecado, separado de Deus, isso é o fundo do poço.

Gastar dinheiro não é pecado, comprar uma casa na praia não é pecado... alguns querem uma fazenda na serra, outros uma TV de plasma 50 polegadas, querem o celular de última geração 7... pois, querer possuir essas coisas não é pecado. Pecado é você buscar tudo isso e gastar tudo longe da direção do Pai.

 

Pecado que pode ser evitado se você não gastar tudo consigo mesmo, egoisticamente, fora da direção de Deus.

 

...a segunda maneira desse pecado ser evitado, é: 8

2 – NÃO DESPERDICE O QUE VOCÊ TEM

O v.13 nos diz que o filho mais novo, por estar longe do pai, desperdiçou tudo.

Desperdiçou tudo, imagina só! Há muita fome no mundo, muita miséria, muita pobreza, porque também existe muito desperdício.

 

Uma dona-de-casa sábia, não joga comida fora... não faz pra jogar fora. Tem gente na cozinha que acha que tem de fazer bastante, pra sobrar. O desperdício em nossas casas alcança índice assustador!

 

Sabe o tubo de pasta de dente? ...quantos que vão pro lixo com uma razoável quantidade de creme dentro? ...antigamente esses tubos eram de alumínio, agora são de plástico, mas mesmo assim, dá pra você abrir no meio e raspar o restinho com a escova!

 

O que a senhorita faz quando o esmalte, lá pela metade, endurece? ...joga fora! Experimente colocar o vidro numa panela com água quente primeiro... e para manter o seu esmalte por mais tempo, como novo, guarde na geladeira. Desperdiçar é pecado!

 

Nessa história, Jesus conta, o pai repartiu os bens entre os dois filhos e o mais novo desperdiçou...

Mas qual de nós que nunca fez isso? Você já comprou alguma coisa que encheu os seus olhos no momento e você achou que seria útil, mas logo depois da compra, abandonou e se arrependeu de ter comprado? Quem é que nunca passou por isso? Aí, você abandona aquilo, não usa mais, e pergunta: "Pra quê que eu fui comprar isso"?

 

Nós gastamos errado, compramos errado... sabe por quê? Porque não perguntamos a Deus antes de comprar. Ele não participa do nosso projeto... nós gostamos de gastar sozinhos.

 

Essa história que Jesus conta, é maravilhosa!

Eu já me vi no irmão mais velho, já me vi também no irmão mais novo.

 

O certo é nos vermos parecidos com o pai, não nos dois filhos, mas quando falamos de gastar tudo do nosso jeito, de usar o dinheiro à nossa maneira, estamos sendo como o filho mais novo ou como o mais velho e nunca como o pai.

 

Quero voltar na questão do dinheiro.

A pior coisa do mundo é pegar dinheiro emprestado, ainda mais quando se pega para pagar com juro, porque aí você paga 9, 10, até 11% mais do valor emprestado.

 

Saia disso! Saia do juro! Saia do cartão de crédito, porque apesar do nome, só cria débito na sua conta!

 

O filho mais novo escolheu ficar longe da direção do pai e daí pra frente desperdiçou tudo... ele foi parar no fundo do poço...

Mas se você fizer diferente, se você ficar com o Pai, se você buscar a direção de Deus, você vai aprender que na presença dEle não tem desperdício!

 

Tem gente que ganha trinta salários mínimos por mês e anda pedindo dinheiro emprestado... e tem gente que ganha dois salários mínimos, um salário e não pede dinheiro emprestado a ninguém e até constrói casa!

 

Sabe por quê? Porque não é tanto o quanto se ganha, mas é como se gasta... quem gasta o seu dinheiro sob a orientação de Deus não desperdiça nada.

 

Não desperdice o você tem!

O filho mais novo ajuntou tudo e perdeu tudo. Desperdiçou e passou necessidade.

 

O mundo é capitalista e cruel 9 e a nossa sociedade consumista, e uma sociedade consumista faz de tudo pra você gastar dinheiro.

 

Mesmo quando você não tem dinheiro, existem empresas especializadas (e os próprios bancos) que oferecem dinheiro emprestado pra você ter pra gastar... essas empresas sabem que se você tem, você vai comprar!

 

Comprar é o verbo mais conjugado do mundo capitalista, por isso que o objetivo de todos os que estão no mundo é ajuntar coisas, é ter bastante coisas.

Para muita gente é mais importante TER do que SER. Se dirija a um banco precisando de dinheiro emprestado e vai perceber isso: você vai ao gerente, e diz: "Quero dinheiro emprestado. E quero dizer ao senhor que eu sou crente da igreja Central, inclusive, sou gente muito da boa; o senhor pode perguntar pra quem quiser e todo mundo vai dizer que sou de família honrada, não tenho nenhum B.O. (Boletim de Ocorrência policial) contra mim, de modo que o senhor pode me emprestar dinheiro".

 

O gerente vai olhar pra você e vai perguntar: "Tudo bem, mas o que é que você me dá de garantia? Você tem avalista?" "Calma, seu gerente, eu sou uma pessoa muito da boa, nunca dei o cano em ninguém, nunca atrasei com as minhas prestação...". Mas nada disso importa, o que o gerente quer saber é se você tem alguma coisa pra deixar de garantia com ele. Tá vendo? O que você é não é importante, importante no mundo capitalista é o que você tem.

 

O mundo valoriza mais o ter do que o ser.

Você pode ser ótimo, uma pessoa honrada, mas se não tem algo, então não serve... mas, não se deixe levar por esse pensamento, não! ...esse pensamento é mundano, não é divino!

 

A Bíblia diz que quando o homem pecou, ele perdeu tudo: perdeu a moral, perdeu o respeito, a dignidade própria, perdeu a paz que tinha com Deus... perdeu tudo! E sabe o que Deus fez? Deus disse: “O homem está no fundo do poço, desperdiçou tudo o que Eu dei pra ele, e agora está sem nada, mas Eu quero salvá-lo, Eu quero tirá-lo do poço, não pelas coisas que ele tem (porque não tem nada, perdeu tudo), mas Eu quero salvar o homem, pelo que ele é... e ele é obra das minhas mãos, é minha criatura, ele é da minha imagem e semelhança... Eu tenho que salvá-lo!” Está vendo só o pensamento de Deus?

 

E sabe, foi isso que Deus fez quando Jesus morreu na cruz... quando Cristo estava morrendo na cruz, era Deus descendo ao fundo do poço pra resgatar o homem. Aleluia!

 

Mas aquele filho mais novo se deixou levar pelo pensamento mundano, que é mais importante ter do que ser e, exigiu do pai a sua parte da herança e foi mostrar pro mundo o que ele tinha, e enquanto estava cheio de dinheiro também estava cheio de amigos e quando acabou o dinheiro, também acabaram os amigos.

 

E assim foi que ele caiu no fundo do poço.

 

Esse filho caçula, daquele pai, ajuntou tudo, mas ele desperdiçou tudo também porque não soube gastar. 10

 

Compreenda isto: gastar dinheiro para ter coisas não é pecado! Pecado é você ganhar e gastar tudo longe da orientação de Deus.

 

...tem uma terceira maneira desse pecado ser evitado e essa maneira é a seguinte: 11

3 – NÃO VÁ PARA LONGE DA ORIENTAÇÃO DE DEUS

Vamos recordar: o filho mais novo foi para o fundo do poço porque gastou tudo da forma errada, desperdiçando tudo o que tinha... e isso aconteceu porque ele escolheu estar no lugar errado.

E sabe onde é esse lugar errado? Sabe onde era o lugar errado em que aquele filho mais novo estava?  ...era o lugar do qual se podia dizer: “estou longe do meu pai”.

 

Geograficamente esse lugar pode ser até perto, até dentro da fazenda inclusive, pode ser debaixo do mesmo teto, se ali eu ponho de lado ou deixo de fora a orientação do pai, então eu estou no lugar errado, estou num lugar realmente longe do pai.

 

O filho mais novo foi pra um lugar assim, um lugar distante do pai. Ele estava em um lugar que ficava longe, e foi lá onde ele gastou o que tinha ajuntado dentro de casa. Ele foi para muito longe, foi para longe da orientação de Deus.

 

As pessoas hoje estão fazendo muito isso: ir para longe da orientação de Deus... podem estar perto, dentro de casa, na igreja, mas desconectadas, desligadas...

Parece que as pessoas estão se tornando especialistas em selecionar aquilo que querem ouvir de Deus.

 

É como se todo mundo tivesse um controle remoto na mão; quando o pregador está chato, muda-se de canal, nem liga para o que ele está falando... a pessoa diz: "não quero ouvir o que esse aí está dizendo" e começa a viajar... está no meio da congregação e você pensa que ela está escutando, mas não está nada! Ela está viajando sentada no banco - talvez já indo pra lá de Bagdá, pra lá da França, fazendo o circuito Paris Dakar, afinal, tem direito, ela viajou...

 

Se você costuma viajar durante as pregações, aceite o convite que eu vou fazer: viaje comigo agora, junto com o filho mais novo aqui.

Observe bem: ele viajou para um país distante. Em nosso caso, viajamos com a nossa mente. A imaginação nos possibilita viajar. Então, vamos viajando e, enquanto viajamos, saímos da presença do Pai e vamos indo para muito longe dEle... aí começamos a gastar e gastar de maneira errada porque o nosso coração deixou de estar na casa do Pai, deixou de estar na presença de Deus.

 

Assim, sabe onde é que colocamos o nosso dinheiro, onde colocamos nossa herança, nossa fortuna? Longe do Pai... gastamos com coisas que achamos ser importantes, mas que não são. Então começamos a desperdiçar.

 

Longe de Deus, gastamos tudo!

É comum encontrar gente que só vive com a vida enrolada, que está sempre no sufoco. Não é porque ganha mal, é porque gasta mal.

 

Eu e você temos o dever de ganhar dinheiro e gastar dinheiro sob a orientação de Deus. Nossa meta deve ser ganhar bem e gastar bem; e a gente só ganha bem e só gasta bem na presença de Deus... é na presença de Deus, é na comunhão com Ele, é na intimidade com o Pai, que as coisas rendem pra nós.

 

Então, lembre-se disso: Ganhar dinheiro não é pecado! Pecado é você ganhar e gastar tudo longe da orientação de Deus.

O problema dos dois filhos é que eles dois estavam no lugar errado: o mais novo estava no lugar errado em um país distante e o mais velho estava no lugar errado, no quintal de sua casa, do lado de fora, sem vontade de entrar para a festa.

 

Estava do lado de fora porque não tinha intimidade com o pai... um partiu para longe e outro não entrava – então, os dois estavam no lugar errado, longe do pai e dissipando tudo, desperdiçando tudo.

 

Ah! Mas quando colocamos nossos bens, nosso dinheiro, nossas coisas, nossa vida, debaixo da orientação de Deus, não há desperdício, só rendimentos.

 

Quer uma prova dentro da Bíblia, a Palavra de Deus? 12

Vamos então ao evangelho de João 6.9-13: "Está aqui um menino que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos. Mas o que é isso para tanta gente? 10Jesus disse:

– Digam a todos que se sentem no chão. Então todos se sentaram. (Havia muita grama naquele lugar.) Estavam ali quase cinco mil homens. 11Em seguida Jesus pegou os pães, deu graças a Deus e os repartiu com todos; e fez o mesmo com os peixes. E todos comeram à vontade. 12Quando já estavam satisfeitos, ele disse aos discípulos: – Recolham os pedaços que sobraram a fim de que não se perca nada.

13Eles ajuntaram os pedaços e encheram doze cestos com o que sobrou dos cinco pães".

 

Quando já estavam satisfeitos, Jesus falou aos discípulos 13: "Recolham os pedaços que sobraram a fim de que não se perca nada. Ajuntaram os pedaços e encheram doze cestos com o que sobrou dos cinco pães".

 

Veja só: era apenas um lanchinho e o interessante é que eram cinco mil homens, e só um menino chegou lá com cinco pães e dois peixinhos.

 

Ele não devia estar indo pra aquela reunião; talvez para uma pesca, ou para um piquenique em algum lugar, na verdade, todos os que estavam ali também não haviam levado nada para comer...

 

Agora, o que fizeram com o lanchinho daquele menino é que é incrível!

Acharam o menino com o lanchinho e o trouxeram até Jesus... o garoto deve ter se assustado e disseram: "Senhor, não tem comida nenhuma nesse lugar... mas nós encontramos esses cinco pães e dois peixinhos que pegamos ali da mão desse menino".

 

As crianças até então não eram contadas, as mulheres também não, por isso que o texto fala só de 5 mil homens – mulheres e crianças não eram contadas, mas o lanchinho era, que coisa não?! ...o lanche do menino podia ajudar!

 

Então é aí que está a grande lição para nós.

Trouxeram os cinco pães e os dois peixinhos do menino e colocaram tudo na mão de Jesus, o Senhor, e em seguida vemos o que Jesus fez e como Ele supriu a necessidade das pessoas, que ficaram satisfeitas porque aqueles cinco pães e aqueles dois peixinhos foram postos, foram colocados, nas mãos de Jesus.

 

Todos ficaram tão satisfeitos que agora, Jesus fala assim: "Recolham os pedaços que sobraram a fim de que não se perca nada”. Jesus falou: “recolham a fim de que não se desperdice nada!”

 

Você está vendo?

Quando colocamos o que temos na mão de Jesus, Ele sabe administrar mais do que qualquer gerente, mais que qualquer administrador...

 

Sob a orientação de Jesus passamos a ter com satisfação porque a administração dEle é bem feita... Olha a sobra que houve: doze cestos foram cheios com o que sobrou!

 

Você acredita na Bíblia?

Se você colocar o que tem nas mãos de Jesus, não vai faltar, vai sobrar! O menino colocou o que tinha nas mãos de Jesus e sobrou, mas se você quer gastar tudo longe da orientação de Deus, vai desperdiçar tudo, com certeza.

 

Porque o filho mais novo saiu da intimidade do pai, deixou de fora a orientação do pai e gastou tudo do seu próprio jeito... ele gastou tudo e não foi feliz, porque gastou longe de Jesus... mas se você gastar tudo do jeito de Jesus, debaixo da orientação de Deus, nada será desperdiçado... ao contrário, vai até sobrar, haverá sobras para serem recolhidas! Amém?

 

Conclusão

Pois então: ter com fartura, com sobras, não é pecado!

Pecado é você ganhar e gastar tudo longe da orientação de Deus. 14

 

Um pecado que pode ser evitado de três maneiras: 15 Não gaste tudo consigo mesmo 16, não desperdice o que você tem 17e não fique longe da orientação de Deus.

 

Quem sabe você tem estado no fundo do poço, e não por questão de horas, mas por semanas, meses e anos inteiros, por causa justamente desse pecado: como o filho mais novo que deixou o pai, você deixou Deus de lado e foi viver a vida sozinho, sem a orientação de Deus?

 

Quem sabe, você chegou ao fundo do poço, gastou tudo, já desperdiçou tudo e não tem mais nada...

 

Amado, pra Deus não importa o que você tem, mas o que você é... e mesmo que você tenha chegado ao fundo do poço, você ainda é precioso pra Deus, tão precioso que Jesus morreu na cruz – e naquela hora, era Deus descendo ao fundo do poço, indo aonde o pecador estava pra lhe estender a mão e resgatá-lo.

Foi nessa hora, que o filho mais novo, do fundo do poço, resolveu voltar para o pai. Jesus contou que: “Caindo em si, ele pensou: “Quantos trabalhadores do meu pai têm comida de sobra, e eu estou aqui morrendo de fome! [Que isso!] Vou voltar para a casa do meu pai e dizer: ‘Pai, pequei contra Deus e contra o senhor”.

 

E sabe, no que ele voltou pra casa, no que ele voltou para o seu pai, voltou também a ter tudo como antes e com sobras!!

 

Portanto, se você também quiser que a sua satisfação volte e com folga, com sobras, ponha tudo o que você tem na mão de Deus nosso Pai.

E comece agora mesmo, colocando na mão de Deus o seu próprio coração.

 

Você pode fazer isso, falando para Deus assim: “Pai, eu não quero mais estar longe da Sua orientação... eu me arrependo desse pecado, e entrego agora, a administração da minha vida na Sua mão”.

 

Diga no seu coração: "Pai, eu não quero mais partir para longe. Eu quero entregar a direção da minha vida e dos meus bens na Sua mão".

Pr Walter Pacheco da Silveira