Meus Sermões

CRIADO PARA SE TORNAR SEMELHANTE A JESUS
Romanos 8.29

 

“Porque aqueles que já tinham sido escolhidos por Deus ele também separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho. Ele fez isso para que o Filho fosse o primeiro entre muitos irmãos”.

 

Introdução

Vamos pensar nessa parte do versículo que diz: “…separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho”.

Você foi criado para se tornar semelhante a Jesus. [diga isso ao irmão a seu lado]

Desde o princípio, esse é o plano de Deus: nos tornar semelhantes a Jesus.

Já no momento da criação, Deus deixou a Sua vontade bastante clara. Ele disse: “Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança”.

 

E em toda a criação, somente o homem foi feito “à imagem de Deus”. Que privilégio e honra para nós!

 

Porém, mesmo os mais capazes teólogos não sabem tudo sobre o que significa “imagem e semelhança” de Deus… mas algumas coisas podemos saber, porque são óbivas:

Primeiro: ser feito à imagem e semelhança de Deus, significa que tal como Deus, nós somos seres espirituais — temos um espírito que é imortal, não morre, passará dessa vida para a outra, dessa vida terrena para uma que é eterna.

 

Segundo: ser feito à imagem e semelhança de Deus, significa que tal como Deus, somos inteli­gentes — podemos pensar, podemos ponderar e tomar decisões, fazer escolhas.

 

Terceiro, feitos à imagem e semelhança de Deus, tal como Deus, nós nos relacionamos — podemos dar e receber amor.

 

E ainda, ser feito à imagem e semelhança de Deus, significa que somos dotados de consciência moral — podemos discernir entre o certo e o errado, o que nos torna responsáveis diante de Deus.

 

A Bíblia diz que todas as pessoas, e não apenas os crentes, são feitos à imagem e semelhança de Deus…

Todas as pessoas são feitas à imagem e semelhança de Deus… esse é o motivo porque é errado, é pecado, é crime, assassinar e fazer aborto (Gn 9.6).

 

Mas esta imagem de Deus, no ser humano hoje, está distorcida pelo pecado.

Já experimentou ver a sua imagem num espelho embaçado? …reparou como a imagem não fica nítida, mas distorcida? – pois o pecado tirou a nitidez da imagem de Deus em nós – nós fomos feitos à imagem e semelhança de Deus, mas essa imagem de Deus em nós hoje se encontra perdida, ofuscada, embaçada, distorcida por causa do pecado.

 

Mas, e a vontade de Deus, foi esquecida, foi colocada de lado pelo próprio Deus?

De maneira nenhuma: quando Deus viu que o ser humano se conrrompeu, então Deus enviou Jesus para restaurar aquela imagem que havíamos perdido.

 

Aleluia? [dê um forte aplauso ao Senhor nesta manhã!]

 

Agora, com o que se parece essa “imagem e semelhança” de Deus? Ah! ela se parece com Jesus Cristo!

Vamos ler a Bíblia em Hb 1.1-4: “Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, 2mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho [a partir daqui se fala sobre Jesus, o Filho de Deus]. Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo. 3O Filho [que é Jesus] brilha com o brilho da glória de Deus e é [atenção agora] a perfeita semelhança do próprio Deus”.

 

Qual é a perfeita expressão da semelhança do próprio Deus? Jesus Cristo. 

 

As pessoas usam freqüentemente a expressão “Tal pai, tal fi­lho”, para falar da semelhança dos dois.

Quando as pessoas vêem minha imagem em meus filhos, isso me agrada. Eu até me divirto um pouco: Quando Ana Beatriz era ainda de poucos meses, as pessoas falavam: “Que bebê lindo! Mas é a cara do pai!”

 

Deus também quer que Seus filhos tenham a Sua imagem e semelhança. A Bíblia diz: Você foi criado parecido com Deus, está ecrito em Gn 1.27.

 

Você jamais se tornará igual a Deus, ou mesmo um deus.

A mentira mais velha de Satanás é que Adão e Eva, se seguis­sem seu conselho, seriam como Deus. Hoje em dia a filosofia da Nova Era ainda prega esta velha mentira: que somos divinos ou que podemos nos tornar deuses. Balela pura!

 

Somos criaturas, jamais seremos o Criador. E Deus não quer que você se torne um deus; a vontade dEle é que você se torne santo – possuidor dos valores do Reino, possuidor das atitudes e do caráter que são próprios do Reino de Deus.

 

A Bíblia diz em Ef 4.22: “Portanto, abandonem a velha natureza de vocês, que fazia com que vocês vivessem uma vida de pecados e que estava sendo destruída pelos seus desejos enganosos”.

 

A grande vontade de Deus para a sua vida na terra não é o confor­to, não é a prosperidade financeira, mas é o desenvolvimento do seu caráter.

Deus quer que você cresça espiritualmente e se torne como Jesus, parecido com Ele.

 

Deus quer que você desenvolva o tipo de caráter que está descrito naquele texto das bem-aventuranças, em Mt 5.1-12, e no texto que fala do fruto do Espírito, que é Gl 5.22-23.

 

Toda vez que você esquecer de como é o caráter de Cristo, que Deus quer que você tenha, leia estes dois textos em voz alta.

 

Muitas vezes ficamos frustrados pela situação difícil que nos cerca e pensamos: “Por que isso está acontecendo comigo? Por que estou passando por momentos tão duros?”.

A resposta é que a vida nesse mundo é realmente difícil! Mas Deus está usando essa vida para nos fazer crescer. Lembre-se de que a terra não é o céu!

 

Há crentes interpretando de maneira errada a promessa de Jesus de “vida em abundância”, que está na Bíblia, em Jo 10.10.

 

Estão entendendo “vida em abundância” como se fosse saúde perfeita, estilo de vida confortável, felicidade constante, realização dos sonhos, alívio dos problemas… muitas igrejas evangélicas estão pregando isso… um tipo de céu na terra.

 

Mas isso é tratar Deus como se fosse o gênio da lâmpada mágica, que existe tão-somente para cumprir nossos desejos. Mas Deus não é nosso servo… Ele nos fez e nos fez com o propósito de sermos semelhantes a Ele.

 

Portanto, se ficarmos com a idéia de que a vida deve ser fácil para nós, vamos ficar grandemente desa­pontados… porque não é esse o propósito de Deus para nós nesta vida.

Ah! Não!? Não…

 

Qual é o propósito de Deus para nós, para mim e para você? Está nesse verso que lemos que em Rm 8.29: …separados afim de nos tornarmos parecidos com Jesus.

 

Você existe para os propósi­tos de Deus, e não Deus para os seus propósitos.

 

Você quer o céu? Deus já planejou o céu para você, mas lá na eternidade… agora, o tempo que Deus está dando, é um tempo de vida na terra, e esse tempo é para ser investido na construção e no fortalecimento do nosso cará­ter para o céu.

 

O céu é um lugar preparado para gente preparada! Ponha os pés no chão e cumpra com o propósito de Deus!

 

Conclusão

Dito isto, quero deixar quatro avisos:

O primeiro, é que é tarefa do Espírito Santo produzir um caráter semelhante ao de Jesus em você.

 

Você não pode reproduzir o caráter de Jesus por seus próprios esforços… é o Espírito Santo quem tem o poder de realizar as transformações que Deus deseja para a nossa vida.

 

Segundo aviso: você deve cooperar com o trabalho do Espírito Santo.

O Espírito Santo libera poder no momento em que você dá um passo de fé... Então, não espere se sentir poderoso ou confiante para começar – resolva agora, mesmo na sua fraqueza, que você vai fazer a coisa certa… a obediência libera o poder de Deus.

 

Terceiro, Deus usa a Bíblia, as pessoas e as circunstâncias para moldar o nosso caráter.

Você não pode crescer à semelhança de Jesus isolado dos outros, nem isolado da Palavra de Deus e nem do mundo à sua volta.

 

Você precisa de pessoas… precisa fazer parte da célula, estudar a Bílblia em seu discipulado e tirar partido das circunstâncias.

 

E o quarto aviso, é que tornar-se semelhante a Jesus é um lento e longo processo de crescimento.

Não vai ser instantâneo nem auto­mático; será, isto sim, um projeto que durará o resto de sua vida.

 

Ele só estará terminado quando você for para o céu ou quando Jesus vol­tar.

 

Mas, o maravilhoso disso tudo, é que Deus quer você seja como Ele, antes de ser levado para o céu.

 

Esse é o seu grande privilégio: ser a cara do Pai que está no céu!

 

Pr Walter Pacheco da Silveira, 31.05.08