Meus Sermões

ABERTO PARA BALANÇO
1 Coríntios 11.28; Eclesiastes 12.13-14
 

“...que cada um examine a sua consciência...”.

“De tudo o que foi dito, a conclusão é esta: tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal”.

Introdução
É bastante comum no comércio, vermos algumas portas fechadas com uma tabuleta escrita assim: “Fechado Para Balanço”.

Porém, quanto a nós, estejamos bem abertos nesta manhã – abertos para balanço.

O balanço é um período para a empresa, com os seus diretores, apurar os resultados, saber se tiveram lucro ou prejuízo... é a hora da verdade.

De vez em quando somos impactados com a divulgação do balanço que é feito em alguns setores da sociedade.

A Polícia Rodoviária Federal informou, por exemplo, que o número de mortos em acidentes nas estradas federais no Rio de Janeiro, entre Natal e Ano Novo, cresceu 80% em relação ao ano passado! Eles fizeram um balanço e foi constatado isto.

Todos, eu acredito, ainda vão se lembrar do caso da Parmalat em 2004, uma mega-empresa italiana, com mais de 35 mil empregados em 30 países, entre eles, o Brasil, e pertinho de nós aqui em Itaperuna, que só em um ano, a empresa faturou mais de sete bilhões de Euros... e tudo estava indo muito bem, até que documentos fraudados foram encontrados no dia de balanço da empresa e isso foi o suficiente para que a justiça italiana decretasse a prisão de várias pessoas do alto escalão, inclusive, do seu presidente Calisto Tanzi.

As pessoas também tem o seu momento de balanço.

Ora, no final de ano, quantas pessoas fazem suas reflexões do que foi realizado? ...algumas, ficam com a sensação de frustração por não ter conseguido perder os quilinhos desejados... outras, entretanto, comemoram os resultados positivos que conseguiram!

Mas uma coisa é certa: cada um de nós, quando examina as suas ações, quando examina o que foi semeado, sempre encontra um resultado, que poderá ser positivo ou ser negativo.

O pior, porém, é quando nós também fraudamos o nosso balanço.

Quando mostramos aos outros aquilo que não somos... quando maquiamos a nossa aparência para impressionar os que estão à nossa volta...

Quantas vezes, é exibida uma fisionomia alegre, mas lá dentro no coração, se morre de medo, caso Deus resolva fazer uma auditoria em nossas vidas.

Sabe, podemos passar muito tempo enganando o mundo à nossa volta, mas, como diz o sábio Salomão (Ec 12.13-14): “De tudo o que foi dito, a conclusão é esta: tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. 14Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal”.

Ah! Com muita sinceridade, faça uma reflexão, abra-se para balanço:

Se Deus mandasse publicar o relatório do seu comportamento nos principais jornais, com todos os detalhes, assim como fazem as empresas, ou, se Ele mandasse exibir o filme de sua vida em praça pública, você sairia honrado ou envergonhado? A Bíblia manda examinar!

Irmã, irmão, se há algo na sua vida que não possa ser visto, que não possa ser descoberto em dia de balanço, isso precisa ser corrigido.

Se você tem semeado algo mau a seu caráter, à seu procedimento, isso precisa ser arrancado!

Pode ser que passemos a vida inteira fraudando o balanço de nossas atividades... quem sabe, até consigamos enganar àqueles que estão ao nosso redor... mantendo as aparências, ou fazendo novas falcatruas, imaginando: “Nunca vão me pegar” ou “Ninguém nunca irá descobrir isto de mim”.

Mas considere o caso daqueles que estão aí nos jornais e na televisão... eles, com certeza, também disseram: “Nunca ninguém irá saber”.

Mas a Bíblia diz que haverá um dia quando todos estaremos diante do grande Trono Branco.

Lemos no livro de Apocalipse 20.11-13 a respeito desse trono, está escrito: “Então vi um grande trono branco e aquele que está sentado nele. A terra e o céu fugiram da sua presença e não foram vistos mais. 12Vi também os mortos, tanto os importantes como os humildes, que estavam de pé diante do trono. Foram abertos livros, e também foi aberto outro livro, o Livro da Vida. Os mortos foram julgados de acordo com o que cada um havia feito, conforme estava escrito nos livros. 13Aí o mar entregou os mortos que estavam nele. A morte e o mundo dos mortos também entregaram os que eles tinham em seu poder. E todos foram julgados de acordo com o que cada um tinha feito.”

Este texto mostra de forma inequívoca que há um registro por escrito no céu, um registro feito em livros, de todo o nosso movimento aqui na Terra.

Isso significa que chegará o dia em que o relatório do nosso verdadeiro balanço será conhecido.

E a questão é: Será que o meu balanço, o balanço de tudo aquilo que tenho semeado, o balanço de tudo aquilo que tenho feito, mostrará resultados positivos?

Ou será como o da Parmalat em 2004, aparentemente muito bom, com números de impressionar, mas quando auditados por uma empresa séria, não suportou e pôs às mostras todas as fraudes, todos os erros, todas as mentiras? Por isso, abra-se para balanço!

Amado, tudo o que você puder ser de melhor nesta vida, você só tem o dia de hoje como oportunidade.

Ainda que você tenha lindos e maravilhosos planos para o futuro, se você não começar hoje, você nunca realizará esses planos.

A nossa vida no futuro será o resultado do que tivermos feito hoje!

De tempo em tempo aparece umas mulheres adivinhadoras do futuro no centro da nossa cidade. Elas fazem previsões lendo a mão das pessoas, mas é pura balela, engano, mentira. Só Deus conhece o futuro.

Bolas de cristal, tarô, búzios, leitura de mão, nada destas coisas poderá dizer com certeza o que te aguarda no futuro, porém, a Bíblia, a Palavra de Deus, pode e nela está escrito: “...O que uma pessoa plantar[hoje], é isso mesmo que colherá [futuro]” (Gl. 6.7b.).

Ninguém pode semear coisa alguma no dia de ontem, mas no dia de hoje pode – hoje é a ocasião oportuna para corrigir o rumo, para melhorar o desempenho!

Se de fato queremos saber como será o nosso futuro, então é muito simples: ele será o resultado daquilo que estamos semeando hoje.

Quer conhecer o seu futuro? Conheça o seu presente... abra-se para fazer um balanço... e faça um balanço honesto, realístico do seu procedimento. A Bíblia diz: examine-se!

As empresas se fecham para balanço, mas nós devemos nos abrir... abrir a alma, abrir o coração... abra-se para balanço!

Depois, selecione criteriosamente as sementes que pretende semear no dia de hoje, sabendo que boas sementes sempre irão produzir bons frutos, é o óbvio.

E nunca se esqueça: nossa semeadura está sendo registrada lá no céu, em um livro que ninguém poderá fraudar.

E que o nosso balanço final seja positivo. Amém?


Pastor Walter Pacheco da Silveira. Fonte: Material de Vanderlei Miranda, 26.1.2008