Meus Sermões

EU POSSO SER USADO POR DEUS
2 Reis 7.1-20

 

3Quatro homens leprosos estavam à entrada da porta, os quais disseram uns aos outros: Para que estaremos nós aqui sentados até morrermos? 4Se dissermos: entremos na cidade, há fome na cidade, e morreremos lá; se ficarmos sentados aqui, também morreremos. Vamos, pois, agora, e demos conosco no arraial dos siros; se nos deixarem viver, viveremos; se nos matarem, tão-somente morreremos. 5Levantaram-se ao anoitecer para se dirigirem ao arraial dos siros; e, tendo chegado à entrada do arraial, eis que não havia lá ninguém. 6Porque o Senhor fizera ouvir no arraial dos siros ruído de carros e de cavalos e o ruído de um grande exército; de maneira que disseram uns aos outros: Eis que o rei de Israel alugou contra nós os reis dos heteus e os reis dos egípcios, para virem contra nós. 7Pelo que se levantaram, e, fugindo ao anoitecer, deixaram as suas tendas, os seus cavalos, e os seus jumentos, e o arraial como estava; e fugiram para salvar a sua vida. 8Chegando, pois, aqueles leprosos à entrada do arraial, entraram numa tenda, e comeram, e beberam, e tomaram dali prata, e ouro, e vestes, e se foram, e os esconderam; voltaram, e entraram em outra tenda, e dali também tomaram alguma coisa, e a esconderam.

9Então, disseram uns para os outros: Não fazemos bem; este dia é dia de boas-novas, e nós nos calamos; se esperarmos até à luz da manhã, seremos tidos por culpados; agora, pois, vamos e o anunciemos à casa do rei. - NTLH

 

INTRODUÇÃO

Eu creio que cidades estão no coração de Deus... Deus quer conquistar cidades inteiras para Si.

No passado, Deus olhou para Nínive e disse que aquela era uma cidade muito importante diante dEle.

 

O mesmo desejo, que havia no coração de Deus, que Nínive fosse alcançada, é o desejo que Deus tem por todas as cidades.

 

Quero que veja comigo este texto que fala sobre a cidade de Samaria.

Esta cidade estava cercada pelo exército da Síria e a sua população já estava totalmente sem alimento, havia fome e o desespero tomava conta de todos.

 

Mas, vamos aprender neste texto, que para abençoar uma cidade, Deus usa situações e pessoas, de uma maneira que, aos olhos humanos, não faz muito sentido.

 

...em primeiro lugar, consideremos isto:

1 - HÁ UMA GRANDE FOME NA TERRA 

Lemos no v.4 o comentário feito por quatro homens; eles diziam: “Não vale a pena entrar na cidade porque lá iríamos morrer de fome; mas, se ficarmos aqui, também morreremos. Vamos então para o acampamento dos sírios. Se eles nos deixarem viver, ficaremos vivos; se nos matarem, bem, nós vamos morrer de qualquer jeito mesmo”.

Aqueles homens estavam do lado de fora da cidade por causa de uma doença.

 

Eles estavam do lado de fora... e do lado de dentro da cidade, pessoas estavam morrendo de fome... e eles sabiam que se ficassem ali, também poderiam morrer de fome.

 

Agora, vamos trazer isto para os nossos dias.

Há pessoas que estão à nossa volta, dentro da cidade, que estão morrendo de fome... fome espiritual, fome de Deus!

 

Elas não conseguem discernir isto, [é espiritual]... mas é preciso que nós, povo de Deus, percebamos e façamos alguma coisa!

 

Muitas vezes pensamos: “Ah! A congregação onde participo não tem condição... não tem estrutura...”.

Quantas vezes temos declarado nossa falta de capacidade, nossa falta de recursos?

 

Mas, irmão, esse tipo de pensamento não ajuda na solução do problema.

 

Se você se sente fora das condições ideais... se você se sente fora da cidade, como aqueles quatro homens estavam do lado de fora dos portões da cidade de Samaria – ouça: Deus vai te usar para ser bênção. Você pode achar que não tem condição, mas em o nome do Senhor, eu lhe digo: você tem!

 

...veja comigo o v.3:

“Quatro homens que sofriam de uma terrível doença da pele estavam do lado de fora dos portões da cidade de Samaria”.

Esse é um detalhe importante: aqueles homens eram limitados... eram homens doentes e rejeitados pela sociedade.

 

Mas o Senhor nosso Deus escolheu aqueles quatro para dar boas notícias ao povo de Samaria.

 

Lemos no v.10: “Então saíram do acampamento dos sírios, voltaram para Samaria e gritaram para os guardas que estavam nos portões: – Nós fomos até o acampamento dos sírios [o acampamento do inimigo] e não vimos, nem ouvimos ninguém”.

Irmãos, DEUS QUER NOS USAR!

 

Apesar das nossas limitações, apesar da nossa aparente falta de recursos, Deus quer nos usar para proclamarmos à cidade, à nossa cidade: “Seu inimigo caiu vencido! Tomemos do melhor trigo!”

 

Porque “O povo de Samaria saiu e avançou nas coisas que tinha no acampamento dos sírios” (v.16).

 

Deus usou quatro leprosos, homens doentes e rejeitados.

Se alguém fosse escolher um meio da cidade ser abençoada, provavelmente não escolheria aqueles homens, mas Deus escolheu.

 

Irmãos e irmãs, independente da placa da nossa congregação, independente do nome da nossa denominação, apesar da nossa doença, Deus quer nos usar!

 

Queira ser usado por Deus... se o Senhor te estabeleceu numa ou noutra congregação, Ele quer te usar para o bem desta terra! Queira ser usado!

Jonh Wesley acordava todos os dias às quatro da manhã, e raramente dormia mais do que cinco horas por noite. A partir dos 36 anos de idade, ele viajou 360.000 km no lombo de um cavalo, três quilômetros por dia, pregando o Evangelho! Ele reuniu 100 mil pessoas... Deus usou Wesley, mas Wesley também estava disposto a ser usado por Deus.

 

Estou me lembrando aqui da canção de Aline Barros: “Usa-me, Senhor! Como um farol que brilha à noite; como ponte sobre as águas; como flecha que acerta o alvo, quero ser usado (da maneira que te agrada) em qualquer hora e em qualquer lugar....usa-me!”

 

...irmãos:

3 - NÓS PRECISAMOS NOS DISPOR

Na segunda metade do v.3, está escrito: “Eles disseram uns aos outros: – Por que ficamos aqui sentados esperando a morte?”

Aqueles homens fizeram uma pergunta sábia: " Por que ficamos aqui sentados esperando a morte?”

 

Muitos crentes, cada um em sua congregação, vivem assim... sentados, acomodados, indiferentes...

 

Mas aqueles homens se dispuseram a tentar fazer alguma coisa para mudar a situação da cidade.

Amados, nós precisamos tomar a mesma decisão!

 

E há situações na vida da gente, em que precisamos tomar decisões que, às vezes, parecem loucura.

Reunir cada expressão evangélica num lugar para uma vigília, é dessas loucuras... Sabemos que cada congregação de crentes é diferente da outra... como disse um experiente pastor: algumas igrejas são históricas, outras são pré-históricas... e outras são histéricas... mas, andando em unidade, somos valentes e poderosos!

 

Mas, veja, lemos no v.4 que aqueles homens disseram: “Vamos então para o acampamento dos sírios”.

Eles tomaram a louca decisão de entrar no acampamento do inimigo... mas estavam dispostos a serem usados!

 

Igreja, cultivemos essa disposição em nosso coração... que nos chamem de loucos, mas entremos no arraial do inimigo e proclamemos salvação à cidade!

 

Quantos irão dizer ao Senhor esta noite: Usa-me?

 

...agora, olhemos o v.5-7:

“E assim, quando começou a escurecer, eles foram até o acampamento dos sírios. Porém, quando chegaram, não havia ninguém lá. 6Deus havia feito com que os sírios ouvissem um barulho que parecia o de um grande exército, com cavalos e carros de guerra. Então eles pensaram que o rei de Israel havia pago os reis dos heteus e dos egípcios e os seus exércitos para os atacarem. 7Por isso, ao anoitecer, os sírios haviam fugido para salvar a sua vida, abandonando as barracas, os cavalos e jumentos e deixando o acampamento como estava”.

4- QUANDO NOS DISPOMOS, DEUS VAI À NOSSA FRENTE E AGE SOBRENATURALMENTE

Igreja, se começarmos a ir ao terreno do inimigo para buscar vidas, Deus vai abrir as portas diante de nós, e o milagre vai acontecer.

Os famintos de Deus nesta cidade ficarão saciados e os cativos serão libertos pelo poder sobrenatural de Deus! Aleluia!

 

...e veja comigo o v.8:

“Quando os quatro homens chegaram ao acampamento, entraram numa barraca, comeram e beberam do que havia ali e pegaram a prata, o ouro e as roupas que acharam. Depois saíram e esconderam tudo. Aí voltaram, entraram em outra barraca e fizeram a mesma coisa”.

5 - QUANDO SERVIMOS A DEUS, SOMOS OS PRIMEIROS A SEREM ABENÇOADOS

Aqueles limitados homens experimentaram a fartura num tempo de escassez porque foram corajosos, foram ousados.

É isso que vai acontecer conosco...

 

Se nos apressarmos em servir a Deus, seremos os primeiros a desfrutar da benção de Deus, e depois, transbordaremos dela sobre os outros.

 

...e, finalmente, consideremos a mensagem do v.9:

“Mas então disseram: - Nós não estamos agindo bem! Temos boas notícias e não devíamos ficar calados. Se esperarmos até amanhã para contar, certamente seremos castigados. Vamos agora mesmo contar isso lá no palácio”. Qual é a mensagem?

6 - NÃO PODEMOS SER EGOÍSTAS E GUARDAR A BENÇÃO SÓ PARA NÓS

Deus tem prazer em abençoar aqueles que desejam ser abençoadores.

Sabe, cada congregação não pode ficar pensando só em si mesma, em seus programas e interesses, enquanto tanta gente está morrendo de fome espiritual, sem Jesus.

 

Se cuidamos apenas dos nossos interesses, devemos tomar a atitude dos homens que o Senhor usou; eles disseram: “Nós não estamos agindo bem! Temos boas notícias e não devíamos ficar calados”.

 

A igreja não pode se calar!

Não pode haver nenhum lugar na cidade, nenhum bairro, nenhuma rua, nenhum estabelecimento, onde a Igreja não tenha conquistado.

 

Escolas, comércio, praças, ruas, casas, hospitais, órgãos públicos, bares... irmãos: onde houver pessoas sem Deus - filhos sem pai – a Igreja deve marcar presença, ministrando a bênção.

 

Afinal, nós temos boas notícias que são de salvação, libertação, cura de Deus para a alma... não podemos nos calar!

 

Deus ama a cidade... e precisa usar servos e servas como canal de bênçãos.

 

E ouça: Aqueles que se dispuserem a ser esse canal, serão os primeiros a receberem das bênçãos, serão os primeiros a terem fartura de alegria!

 

CONCLUSÃO

Quantos irão dizer, esta noite, ao Senhor: “Usa-me!”?

 

Pr. Walter Pacheco da Silveira, 29.2.2008