Meus Sermões

A AVAREZA

1 Timóteo 6.10

 

“Pois o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males. E algumas pessoas, por quererem tanto ter dinheiro, se desviaram da fé e encheram a sua vida de sofrimentos”.

 

Introdução

Nesta série de mensagens sobre Os Sete Pecados, já temos considerado o orgulho, o ódio, a inveja, a impureza, a gula, a preguiça... e vamos concluir hoje, abordando a avareza.

A Bíblia faz essa afirmação: “...o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males...”

 

Você tem apego ao dinheiro? ...pergunte à pessoa ao lado.

Vejamos: ...tem facilidade para pagar um lanche? ...para fazer uma oferta? ...entregar o dízimo? ...contribuir para uma obra assistencial?

 

Ou a avareza não deixa?

 

O que é avareza?

Esse verso da Bíblia ensina: é amor ao dinheiro... avareza é você ter um apego demasiado e vergonhoso ao dinheiro... a avareza faz a pessoa ter uma vontade exagerada de possuir coisas e se prender a elas.

 

Alguém também disse, a avareza é o nome técnico para pão-durice... porque por outro lado a pessoa se torna tão apegada ao dinheiro, que não abre a mão... pra cumprimentar é assim (mão fechada)... pra dar tchau é assim...

 

Sabe o Tio Patinhas das histórias em quadrinhos? ...ele surgiu em 1947 e é o retrato clássico de um avarento... é um personagem quaquilionário que só se preocupa em proteger e aumentar a sua fortuna e é pão duro ao extremo.

 

Mas, saiba isto: a avareza não é um pecado que somente os ricos cometem... uma pessoa pode ser “pobre-de-marré-de-si” e ser avarenta.

 

O que é avareza mesmo?

Diz a Bíblia, é amor ao dinheiro, é paixão por ele, é desejo de adquirir e acumular riquezas... na carta de Paulo aos Colossenses (3.5) até lemos que avareza é um tipo de idolatria – adoração ao dinheiro.

 

As pessoas quando possuídas pela avareza, elas se tornam capazes de roubar, de assaltar... possuídas pela avareza, elas atacam, defraudam, caluniam, até matam!

Esse é um terrível pecado... e como tal, ela faz parte da nossa natureza - o nosso coração, por natureza, é ganancioso, é dado a cobiça, à avareza.

 

O pecado da ganância está na natureza do nosso coração... todos nascemos naturalmente inclinados ao egoísmo, à avidez, à ganância, à avareza...

A vontade desordenada de possuir coisas é tão natural e real em nós, que é só observar as crianças para se confirmar esse fato...

 

As crianças assistem televisão e ficam: “Mamãe, você compra... pai, compra mim!?” ...e para ter o que querem, elas berram, puxam o cabelo e até mordem umas às outras...

 

Os que são pais/mães têm de lidar com uma perguntinha básica sempre que chegam à casa: “O que é que você trouxe para mim?” ... é uma linguagem familiar que revela desde cedo o espírito de avidez...

 

Foi preciso alguém ensinar isto às crianças? ...não, porque a semente de egoísmo já está no coração humano.

 

E nas páginas da Bíblia, vemos o rastro de miséria que este pecado deixou na história da humanidade. Eu quero mencionar alguns casos:

 

O do rei Acabe, pra começar.

Lemos em 1 Rs 21.19, abre lá a sua Bíblia, que foi a ganância, a avareza ímpia e desnaturada, que arrastou o rei Acabe a cobiçar a propriedade de Nabote e a matá-lo para criminosamente conseguir o seu ganancioso alvo.

 

Mas a voz de Deus veio a Acabe, e Deus disse pra ele: “No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote; os cães lamberão o teu sangue, o teu mesmo” (1 Reis 21:19).

 

O rei Acabe tinha uma semente de cobiça no coração, mas ele nem sequer se deu conta de que uma inocente semente de cobiça em seu coração lhe traria aquela terrível colheita de morte e juízo mais tarde.

 

Outro caso:

Na Bíblia também lemos sobre os irmãos de José, em Gn 37.26. Veja o texto!

Lemos que: “Aí Judá disse aos irmãos: O que vamos ganhar se matarmos o nosso irmão e depois escondermos a sua morte? 27Em vez de o matarmos, vamos vendê-lo a esses ismaelitas. Afinal de contas ele é nosso irmão, é do nosso sangue. Os irmãos concordaram. 28Quando alguns negociantes midianitas passaram por ali, os irmãos de José o tiraram do poço e o venderam aos ismaelitas por vinte barras de prata. E os ismaelitas levaram José para o Egito”.

 

Aqueles malvados irmãos, semearam uma insignificante semente de ganância, quando venderam o inocente irmão José para ser escravo no Egito.

 

E eles nem sequer podiam imaginar a colheita de fome e miséria que disso resultaria quando a ganância frutificasse.

 

A Bíblia também conta, em Lc 12, que Jesus falou de um homem rico, que semeou grãos de egoísmo e ganância...

E Jesus disse para aquele homem que ele iria colher aquilo mesmo que plantou... e iria colher em grande abundância...

 

Jesus falou que os celeiros estavam abarrotados, que o homem estava com os bolsos cheios, mas que o coração estava inteiramente vazio. Então disse: “Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou?” (Lc 12:20).

 

Na Bíblia, também lemos o caso de Judas, (Mt 27.5-6) Veja o texto! Ele foi tocado pela ganância e traiu a Jesus.

Judas traiu a Jesus por 30 moedas de prata, apenas 30, e por fim, percebeu com amargura e remorso, que de nada lhe valia a vida sem Cristo e terminou a vida atirando as manchadas moedas ao chão e foi enforcar-se.

 

Está escrito em Mt 27.5: “Então Judas jogou o dinheiro para dentro do Templo e saiu. Depois foi e se enforcou. Os chefes dos sacerdotes pegaram o dinheiro e disseram: - Isto é dinheiro sujo de sangue...”.

 

A verdade nua e crua é esta: muito antes de Judas tirar a sua própria vida, a alma dele já estava morta, havia sido enforcada, dominada pela avareza, pela ganância...

 

É isso que faz a avareza: ela engana, rouba, mente e mata para alcançar os seus objetivos.

 

Na Carta aos Romanos 1.29, lemos que a ganância está colocada no mesmo nível dos pecados viciosos e condenáveis, quando se diz: “Estão cheios de todo tipo de perversidade, maldade, ganância, vícios, ciúmes, crimes de morte, brigas, mentiras e malícia...

Na mesma Carta (13.9), a avareza, ou ganância, é mencionada ao lado do homicídio, do adultério, do roubo e da mentira. Ou seja, avareza é pecado mortal!

 

Este pecado, que tem emperrado o desenvolvimento espiritual de tantos cristãos e, no entanto, parece inofensivo, mas, é revelado pela Palavra de Deus como um dos mais repugnantes e destruidores instrumentos de satanás.

 

E a Bíblia vai mais longe, dizendo categoricamente que o cobiçoso e o culpado de avareza não herdarão o Reino de Deus.

Está escrito em 1Co 6.10: “...os ladrões, os avarentos, os bêbados, os caluniadores e os assaltantes não terão parte no Reino de Deus”.  Isso é muito sério. Avarentos não tomarão parte no reino de Deus.

 

Você é avarento? ...é um “Tio Patinhas” da vida? ...é ganancioso por algo?

 

Será que você tem loucura por alguma coisa, um desejo desordenado por adquirir coisas, que no dia do pagamento, nem pode pensar no que fazer com o dinheiro, porque ele já está comprometido com cheques-prédatados, cartão de crédito?

 

Qual é a sua loucura?

Uma senhora francesa de nome Maria Antonieta, ela tinha um funcionário exclusivo para cuidar dos seus 500 pares de sapatos, todos catalogados por data, cor, modelo...

Quantas Marias Antonietas temos aqui? ...pessoas que também tem loucura por sapatos? Essa é a sua ganância?

 

Outros tem loucura por roupas e acessórios... um guarda-roupa de 6 portas e 4 gavetas é pequeno para você?

 

Então, talvez você não se deu conta ainda, mas isso é pecado e o nome dele é avareza!

 

Pessoas que recebem o salário e que administram ele em função de si mesmas, são culpadas do pecado da avareza.

 

Outro sinal de avareza é a retenção de bens, a pão-durice.

Nós vivemos num mundo materialista... o espírito de ganância clama pela nossa alma.

 

Então, temos que tomar cuidado para não sermos mesquinhos... por exemplo, o carro que você tem, é só para você? Não pode ser compartilhado não?

 

Outra questão: quando foi a última vez que você convidou alguém mais pobre para almoçar na sua casa?

 

A avareza torna as pessoas mesquinhas, gananciosas.

Não está havendo aí a crise do leite de caixinha? ...leite misturado com água oxigenada e, parece, até soda caustica?

O que tem de pinguço dizendo: “Eu, heim! estava quase morrendo, pensando que era por causa da cachaça…. Era o leite!!”

E o que tem de gente perguntando à mulher loira: “Passou leite no cabelo, minha filha?” ...não escrito!!!

 

Por que um ser humano faz isto? ...porque está tomado, possuído pela avareza!

 

É por pura ganância, avareza, que pessoas adulteram também a gasolina...

 

É por avareza que se vende morangos na caixinha, pondo os bons por cima dos meio-apodrecidos...

Outro dia fui comprar pão e alguém estava contando o caso de um vendedor de queijo... o homem havia comprado não sei quantos queijos para revender e alguém explicou que se ele deixasse os queijos umedecidos com água, ganharia mais peso na balança e lucraria mais. Então, na sua avareza, o vendedor de queijos fez o seguinte: mergulhou todos os queijos na água e os deixou lá de um dia para o outro, imaginando: “vou lucrar como nunca com esses queijos”! ...e na manhã seguinte, ao ver os queijos, uma surpresa: todos se tinham dissolvidos com a quantidade de água... o ganancioso vendedor se deu mau.

 

É o que vai acontecer com todos que são dados à avareza. Diga: a avareza nos faz mal.

Então, faremos bem em refletir nas palavras de Jesus, contidas em Marcos 8:36: “O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira? “

 

Reflita nisto: quantos estão tão inclinados a ganhar dinheiro que não sobra tempo para adorar a Deus em dia de domingo, nem para cultivar hábitos espirituais durante a semana, porque é só trabalho, trabalho e trabalho!

 

Quantas casas e lojas comerciais que abrem desnecessariamente aos domingos, desonrando o dia do Senhor para se ganhar uns reais a mais... porque domingo é dia de descanso.

 

Ah! E quantos que, nessa ânsia de facilidades, nessa busca por conforto, luxo e por mais dinheiro, já perderam tudo num abrir e fechar de olhos?

 

Quantos que têm passado a metade da vida gastando a saúde pra ganhar dinheiro... e depois, no final de um tempo, passam a outra metade da vida, gastando dinheiro pra ganhar a saúde.... Não se apegue ao dinheiro, às coisas!

 

Um dos quadros mais tristes apresentados no Novo Testamento, é o daquele moço rico que saiu entristecido da presença de Jesus... preferiu manter os bolsos cheios de dinheiro, mas o coração vazio.

Estava interessado na vida eterna, mas não queria pagar o preço dela... é justamente o que acontece com muita gente hoje em dia...

 

Conhecem o caminho, sabem dos mandamentos de Deus, mas não querem pagar o preço.

 

Não é pecado ser rico.

Se você tem ganho seu dinheiro honestamente, a bênção está com você.

 

Lemos na Bíblia que um bom número de pessoas ricas foram retas e piedosas, e dedicaram suas riquezas ao serviço de Deus.

 

Mas, se existe ganância, pão-durice e confiança no dinheiro, isso é mau – é uma pedra de tropeço para a sua entrada no Reino de Deus.

Conta-se que um velho senhor se enchia de satisfação todas as vezes que recebia um visitante em suas propriedades. O prazer do velho senhor era apontar e dizer: “Está vendo esse lado até onde a vista alcança? ...tudo é meu. Está vendo aquele lado, até o pé da serra? ...tudo é meu. Está vendo aquele outro lado com toda a imensidão? ...tudo é meu! E esse outro lado, até perder de vista? ...também, tudo é meu!” Impressionado, o visitante, que era cristão, apontou para cima e perguntou: “E para este lado, amigo, o que é seu?”

 

Há pessoas que somente ajuntam dinheiro e bens materiais e acham que isso é tudo.

Porém, Jesus advertiu: “O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira?

 

Você tem vivido em função de conseguir coisas, ajuntar, ganhar, imaginando que a felicidade depende de ter casa, carro, emprego... ?

 

Mas a pessoa culpada do pecado da avareza pode ser salva!

 

Se você só pensa em causa própria, em ajuntar coisas para si e confia no dinheiro mais do que em Deus, você deve se arrepender desse pecado, porque isto é avareza...

 

E arrependido do seu pecado e com fé no Senhor Jesus é certo que o sangue dEle purificará você e abençoará a sua vida com salvação.

 

Em Cristo há maravilhoso e glorioso perdão...

 

Aleluia!

 

 

Pr Walter Pacheco da Silveira, 11/11/07