Meus Sermões

Estudo da Carta de Tiago

Tiago 1.1

 

Introdução

Sempre desejei fazer um estudo completo de um livro da Bíblia... resolvi me lançar a esse projeto.

Separei a Carta de Tiago... uma carta dividida em 5 capítulos, escrita por volta da década dos 40 d.C.

 

É uma carta pequena, mas de extrema importância para os cristãos de hoje, porque trata do que precisamos: conduta correta, bom uso das palavras, honestidade no trato e integridade de caráter.

 

Devemos estudar a Carta de Tiago analisando o que deve ser mudado em nós, o que deve ser mudado em nossa vida. É muito fácil observarmos os erros que os outros cometem. Fujamos dessa tentação!

 

...vamos ao estudo:

1. Quem é Tiago?

Eis o primeiro verso, as primeiras palavras da carta, v.1: “Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos dispersas entre as nações: Saudações”. Se você usa a NTLH: “Eu, Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, envio saudações a todo o povo de Deus espalhado pelo mundo inteiro”.

“Eu, Tiago”. Esse é o autor da carta... que Tiago é esse?

 

O texto não dá muitas informações sobre o autor; somente informa o seu nome e que é servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo.

 

Quem é esse homem chamado Tiago?

O nome Tiago é respeitadíssimo e, por isso, era muito comum entre os judeus.

 

Pelo menos cinco homens no Novo Testamento são chamados pelo nome Tiago.

 

O primeiro Tiago, lemos em Lc 6.16, é o pai de um dos doze discípulos de Jesus, chamado Judas, não o Iscariotes. O verso não só diferencia os dois Judas, como mostra que um deles era filho de um homem chamado Tiago;

 

O segundo Tiago é um dos discípulos de Jesus, filho de um homem chamado Alfeu, lemos isto em Lc 6.15: “Tiago, filho de Alfeu”.

 

O terceiro Tiago encontramos em Mc 15.40, apelidado de “Tiago, o menor”. O mais moço. Era como dizer Tiago Junior, por exemplo.

O quarto Tiago era o irmão de João e filho de Zebedeu, conforme lemos em Mt 10.2.

 

Por último, temos o Tiago, que o apóstolo Paulo chamou de “irmão do Senhor”, em Gl 1.19: “E não falei com nenhum outro apóstolo, a não ser com Tiago, irmão do Senhor”.

 

Jesus possuía um irmão com esse nome!

Em Mt 13.55 temos o nome de cada membro da família terrena de Jesus, mãe, pai e irmãos. Confira: “Por acaso ele não é o filho do carpinteiro? A sua mãe não é Maria? Ele não é irmão de Tiago, José, Simão e Judas?”.

 

A princípio, os irmãos de Jesus não criam nEle... no Evangelho de João lemos isto (7.5): “Até os irmãos de Jesus não criam nele”.  Mas, quando lemos o livro de Atos, encontramos uma surpreendente mudança – em At 1.14 os irmãos de Jesus estão entre os crentes de Jerusalém, perseverando em oração: “Eles sempre se reuniam todos juntos para orarem com as mulheres, a mãe de Jesus e os irmãos dele”.

 

Como esse Tiago, irmão de Jesus, se converteu?

Em 1Co 15.7 está escrito que Jesus, depois de ter sido crucificado, ressuscitou e, ressuscitado, apareceu a Tiago v.4-7): “ele foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia, como está escrito nas Escrituras; 5 e apareceu a Pedro e depois aos doze apóstolos. 6  Depois apareceu, de uma só vez, a mais de quinhentos seguidores, dos quais a maior parte ainda vive, mas alguns já morreram. 7  Em seguida apareceu a Tiago e, mais tarde, a todos os apóstolos”.

 

É muito provável, então, que esse Tiago, irmão carnal de Jesus, tenha se convertido nessa ocasião.

 

Agora, na carta que estamos estudando, lemos no vê.1: “Eu, Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo”.

Qual dos homens chamados pelo nome Tiago é esse que escreveu a carta?

 

De todos os Tiago mencionados no Novo Testamento, o Tiago conhecido como o “irmão do Senhor”, é que tem sido tradicionalmente considerado como o autor dessa Carta.

 

Os próprios católicos identificam o autor dessa carta com o Tiago, irmão de Jesus.

A Bíblia de Jerusalém que é uma publicação católica, traz uma nota de rodapé com o seguinte comentário: “Tiago, sem outra especificação, designa-se oirmão do Senhor” (...) A Epístola de Tiago apresenta-se como obra sua”.

Por que estou tão interessado em mostrar o autor dessa carta? ...é para você se sentir estimulado a ler e estudar essa carta!

 

Afinal, estaremos estudando a carta de um homem que conheceu Jesus de forma muito especial e mais pessoal que qualquer outro, porquanto, era irmão dEle... os dois dormiram sob o mesmo teto e cresceram juntos!

 

No começo, Tiago foi vendo como o seu irmão Jesus era diferente... o temperamento, o comportamento... até julgou Jesus de louco!

 

Por fim, acabou colocando a sua vida a serviço de Jesus... algo extraordinária aconteceu em sua vida.

 

Dito isto, comecemos a estudar a Carta de Tiago.

A primeira coisa, o que é natural numa carta, vem a palavra de apresentação e cumprimento... é o que está no v.1 : “Eu, Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo [apresentação], envio saudações a todo o povo de Deus espalhado pelo mundo inteiro [cumprimento].

 

Sendo Tiago, o irmão de Jesus, quem escreveu esta carta, então já temos aqui um traço positivo do caráter dele.

 

Veja que, sendo ele irmão de Jesus, ele não se vale do grau de parentesco, para alegar mais importância ou prestígio.

 

Por ser irmão de Jesus, Tiago não reivindica primazia sobre os outros.

Já viu aquela coisa de uma pessoa chegar numa sala onde há um montão de gente esperando para ser atendida, aí entra um achando assim: “Eu sou irmão do Fulano de Tal!” e vai tomando a vez de todo mundo?

 

Nós não vemos isso no Tiago aqui... ele se intitula de “servo” – Ele não é chefe, não é o tal... ele é servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo – um sinal de humildade e sujeição.

 

É uma pena que a consciência de servo esteja tão ausente hoje!

Na política, cada um quer governar, quer mandar mais que o outro... na igreja, quantos que também só querem se projetar e impor a sua vontade sobre os outros?

 

Precisamos voltar a nos ver como servos... servos não buscam aplausos, não buscam prestígios, não buscam aparecer...

 

Servos não têm títulos de ser isto ou ser aquilo...

 

Veja que Tiago se apresenta e seu único título é esse: o servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo.

Eu já visitei uma comunidade de irmãos em que cada um era tratado por seus títulos. O que conduzia o culto anunciava: “O doutor Fulano vai orar... agora, a professora Fulana tem a palavra... depois, o Diretor do Departamento Tal e...”.

 

É isso que queremos mostrar ao mundo?

 

Outro ponto a considerar: para quem esta carta foi endereçada?

O v.1 é claro: “às doze tribos dispersas entre as nações” ou “a todo o povo de Deus espalhado pelo mundo inteiro”.

 

O povo de Deus, com as perseguições sofridas, se espalhou pelo mundo... Tiago, está preocupado com isso.

 

A dispersão tem o seu lado positivo (tem feito o Evangelho chegar aos lugares mais distantes), mas o povo de Deus espalhado, requer cuidados.

 

Então, Tiago procura lembrar que, estejam onde estiverem, os servos de Deus devem viver um cristianismo autêntico, devem proceder como um verdadeiro filho de Deus.

 

Esse é o pensamento central dessa carta:  como um cristão deve se comportar.

Tiago deseja mostrar que a vida do crente tem parâmetros, tem um padrão...

 

Ele quer mostrar que o que caracteriza o crente não é o fato dele falar “Amém, glória a Deus, aleluia” e coisas assim... muito menos, o modo como se veste ou corta o cabelo...

 

O que caracteriza um crente, Tiago vai mostrar, é a qualidade da sua vida pessoal.

 

Conclusão

O modo como Tiago se apresentou mostra que ele estava em total dedicação a Deus. Era servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo.

Você está mais dedicado a Deus hoje do que estava ontem?

 

Humildade ou orgulho tem marcado o seu caráter?

 

Fonte: “Tiago Nosso Contemporâneo”, Isaltino Gomes Coelho.

 

Pr Walter Pacheco da Silveira