Meus Sermões

PEQUENOS, MAS PODEROSOS
Provérbios 30.24-28

 

"24 "Quatro seres da terra são pequenos, e, no entanto, muito sábios: 25 as formigas, criaturas de pouca força, contudo, armazenam sua comida no verão; 26 os coelhos, criaturas sem nenhum poder, contudo, habitam nos penhascos; 27 os gafanhotos, que não têm rei, contudo, avançam juntos em fileiras; 28 a lagartixa, que se pode apanhar com as mãos, contudo, encontra-se nos palácios dos reis".

Introdução
Um menino perguntou a sua mãe: "Mãe, é gripe ou gripa?" É gripe, filho! Por que?" E o menino respondeu: "Porque estou gripedo!" ...esse é meu estado físico hoje, estou gripedo; o nariz não está funcionando... e o problema é que quando o nariz não funciona, a cabeça pára, a voz fica fanhosa...

Você já leu o livro dos Provérbios? ...pois deveria ler. O livro de Provérbios possui 31 capítulos, um para cada dia do mês.
O conteúdo deste livro representa a sabedoria inspirada dos sábios, sabedoria diferente, porque veio da parte de Deus, que é justo e amável.

Nesta semana, meditando nesta parte do livro, Provérbios 30.24-28, eu criei um nome, um título para estes versos... e o título é o seguinte: "Pequenos, Mas Poderosos", porque lemos isto no v.24: "Quatro seres da terra são pequenos, e, no entanto, muito sábios".

Muitas vezes, nós justificamos a nossa falta de sucesso, a nossa falta de realização na vida, dizendo que somos fracos e limitados.
Mas, neste texto, Salomão usa a maravilhosa sabedoria que Deus lhe deu, para nos ensinar sobre virtudes, que podem fazer de nós, vencedores, virtudes que podem nos tornar bem-aventurados, abençoados, ainda que sejamos pequenos e débeis. 

E para isso, Salomão usa a figura de quatro pequenos animaizinhos, animaizinhos pequenos... mas capazes de grandes proezas. 

Então, esta noite, vamos ver o que as formigas, os coelhos, os gafanhotos e as lagartixas têm a nos ensinar. Você está disposto?

...primeiro, vamos considerar as formigas:
1. AS FORMIGAS NOS ENSINAM SOBRE PLANEJAMENTO, v.25
No v.25 lemos que as formigas, tão pequenas, sabem guardar comida para o inverno. Está escrito aqui, que elas são "criaturas de pouca força, contudo, armazenam sua comida no verão"... as formigas trabalham no verão, providenciando alimento para o inverno.
Salomão, está colocando a formiga em destaque, por sua capacidade de antecipar-se, de trabalhar duro no verão estocando comida, para depois, no inverno, não morrer de fome. 

Esse planejamento faz com que, nos tempos em que não é possível produzir, haja suprimento no formigueiro.

Logo nos primeiros capítulos do livro de Provérbios (Pv 6:6-11), lemos sobre formigas: "Observe a formiga, preguiçoso,reflita nos caminhos dela e seja sábio! 7 Ela não tem nem chefe, nem supervisor, nem governante, 8 e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento. 9 Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono? 10 Tirando uma soneca, cochilando um pouco, cruzando um pouco os braços para descansar, 11 a sua pobreza o surpreenderá como um assaltante, e a sua necessidade lhe sobrevirá como um homem armado".

Deixar para depois, deixar para a última hora, essa é uma terrível característica na vida de muitas pessoas.
E a Palavra de Deus nos adverte contra isto, ao mencionar as formigas.

É que o servo de Deus, também deve aprender a antecipar-se, o servo de Deus deve trabalhar duro, enquanto pode, a fim de ter provisão para quando chegar os tempos difíceis.

Outras qualidades das formigas, são as seguintes: Esforço. Você já prestou atenção numa formiga? ...ela me parece ser o animal mais forte que existe, porque é capaz de carregar uma folha, ou objetos, que têm muitas vezes mais o seu peso... 

As formigas também possuem organização, tem as que cortam, as que carregam, as que limpam o formigueiro... elas são organizadas.

E se prestarmos mais atenção, percebemos que as formigas ainda são solidárias entre si. Elas se ajudam mutuamente!

Irmãos, o formigueiro representa bem como a igreja deveria ser: primeiro, um povo numeroso (Deus gosta de multidões); segundo, um povo organizado, de ações planejadas; e, terceiro, um povo que demonstra solidariedade.

Você ainda não se encontrou? ...ainda não achou seu propósito na vida? ...e vive justificando essa falta de realização, declarando-se fraco e pequeno? ...você precisa fazer um compromisso com Jesus e com o povo dEle, que é a igreja!

E, amado, seja como as formigas: planeje fazer isto agora, antes que chegue o inverno e você não tenha mais condições de buscar a Deus.

...agora, passemos a considerar os coelhos selvagens:
2. OS COELHOS SELVAGENS NOS ENSINAM SOBRE ESTABILIDADE - v.26
Esse coelho (algumas traduções da Bíblia falam em querogrilo), era uma espécie de coelho selvagem, coelhos miúdos, que habitava nas fendas das rochas. 
Por isso que Salomão toma esse animalzinho como modelo de investimento em segurança e estabilidade. 

O coelhinho selvagem tem a disposição de fazer sua casa nas rochas, ficando assim, protegido dos predadores muito maiores que ele.

E que diz a Bíblia diz para nós?
Ela diz que nós precisamos edificar nossa vida sobre a rocha, que é a palavra de Deus. 

Em Mt 7:24-25 lemos isto: "Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha. 25 Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha".

Se você não se investir em conhecer a Palavra de Deus e em obedecer a Deus, você estará à mercê dos problemas e poderá ver a sua vida (pessoal, familiar, profissional, ministerial) desmoronar.

Então, você precisa se esforçar para conquistar uma posição de estabilidade e de segurança, assim como fazem os pequeninos coelhos selvagens, que se esforçam para viver nas rochas. 

Há princípios de Deus, que se você obedece, trazem, por exemplo, a estabilidade financeira para a sua vida e sua casa: o ser fiel nos dízimos e nas ofertas, valorizar o trabalho que tem, fazer uma reserva ou poupança para momentos de emergência... isto gera estabilidade...

Outro princípio de Deus, que obedecido, traz estabilidade - a estabilidade familiar, a estabilidade da família, é o princípio do investimento na educação dos filhos, no passar tempo de qualidade em casa com a família...

Eu estou mostrando que, se você almeja realização pessoal, se você almeja ser uma pessoa verdadeiramente estabilizada, então, você precisa fazer o compromisso de pautar a sua vida em conformidade com a Palavra de Deus. A Palavra de Deus é ROCHA!

...agora, passemos a considerar outro ser pequenino, os gafanhotos:
3. OS GAFANHOTOS NOS ENSINAM SOBRE UNIDADE - v.27
Os gafanhotos são um modelo de unidade, porque sempre estão em bando e, por esta característica, eles têm um alto poder de destruição. 

Um gafanhoto sozinho não representa risco. Eu cultivo uma árvore no quintal de minha casa e de vez em quando encontro um gafanhoto. O máximo que ele consegue é consumir uma folha aqui e outra ali... mas eu temo uma nuvem de gafanhotos! A força sos gafanhotos está na unidade! 

Amados, disso ressalta a importância de fazermos parte de uma igreja e de nos movermos juntos na mesma direção, para grandes conquistas, causando estragos no reino das trevas.

Em Pv 18:1, lemos: "Quem se isola busca interesses egoístas e se rebela contra a sensatez". - A pessoa que escolher a solidão, que não tomar parte na Igreja de Jesus, que não se envolver nos movimentos da igreja, essa pessoa está se levantando contra a sabedoria de Deus.

Agora, em Gn 11:6, lemos de um povo unido, do qual Deus mesmo disse: "Eles são um só povo e falam uma só língua... Em breve nada poderá impedir o que planejam fazer". 

Se você quer bênção, você tem que abrir mão do egoísmo, tem que abrir mão dos gostos pessoais, e andar em unidade, vestindo a camisa da igreja e falando a mesma língua dos seus líderes.

...finalmente, consideremos as lagartixas:
4. AS LAGARTIXAS NOS ENSINAM SOBRE OUSADIA - v.28
O último animalzinho tomado como modelo por Salomão é a lagartixa. 
Embora pequeno, esse animalzinho se infiltra onde quer, inclusive diz aqui, nos palácios dos reis. 

Isso fala de ousadia, fala de anelar coisas grandes em Deus e de escalar os obstáculos a fim de conquistar novos patamares, novos espaços na vida.

Na Bíblia, em 1Co 1.28, lemos: "Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é, para reduzir a nada o que é..." 

Nós temos o respaldo de Deus para grandes proezas. E Deus tem uma predileção por usar os pequenos e frágeis... 

Quem é soberbo, com pose de pode-tudo e de sabe-tudo, a esse não...

Conclusão
Você pode ser um vencedor na vida, ainda que tenha as suas fraquezas, ainda que tenha os seus limites... você pode ser um vencedor!

Entretanto, isso somente será possível se você fizer uma aliança com Jesus e com a Igreja. 

Quer fazer isso agora? ...os quatro animalzinhos, pequenos, mas poderosos, nos ensinam lições de Deus
As formigas ensinam sobre planejamento... planeje agora mesmo fazer a sua provisão em Deus...

Os coelhinhos selvagens ensinam sobre estabilidade... a Palavra de Deus é a rocha, firme-se nela!

Os gafanhotos ensinam sobre unidade... não viva só, solitário, isolado... a igreja é o exército de Deus! E... 

As lagartixas ensinam sobre ousadia... Deus tem coisas grandes para você... busque a Deus! Ame a Deus. Obedece a Deus!

Pr Walter Pacheco da Silveira, baseado em material de Danilo Figueira