Meus Sermões

O MODO VÁLIDO DE OUVIR A PALAVRA

Mateus 13.1-23

 

Introdução

Se o irmão vem todos os domingos ao aprisco, se vem duas vezes por domingo, uma vez pela manhã e outra à noite, se faz isto assiduamente durante um ano, então, você terá ouvido a pregação da Palavra de Deus 106 vezes.

Mas se você também participa regularmente do culto no meio da semana, esse número sobe para 150 vezes. E para 200 vezes, se você participa de um pequeno grupo ou célula... mas esse número poderá passar de 300 vezes, se você aproveita a televisão ou o rádio, para ouvir a Palavra de Deus, nas programações disponíveis...

 

Esta Parábola do Semeador é muito instrutiva.

O semeador representa o que prega, o que ensina, o que divulga, a Palavra de Deus. E diariamente, este semeador está em ação: são pastores, missionários, evangelistas e são crentes, em geral, semeando a Palavra.

 

A Bíblia diz que são pés formosos! Lemos em Rm 10.15: "Como são belos os pés dos que anunciam boas novas!"

 

Agora, nesta Parábola do Semeador, não é tanto o semeador que recebe destaque. Jesus destaca o que ouve a Palavra. O que Jesus destaca é o valor do ouvir a Palavra.

Inclusive lemos isto no v.9: "Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!". Em outras palavras, Jesus está dizendo: "cuidado com o modo como você ouve a Palavra".

 

Jesus disse: "Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!", porque quem tem ouvidos para ouvir, e não ouve a Palavra de Deus de modo adequado, acaba como que impedindo a Deus de agir.

 

O v.15 é muito revelador: "Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos. Se assim não fosse, poderiam ver com os olhos, ouvir com os ouvidos, entender com o coração e converter-se, e eu os curaria". Jesus falou que teria dado cura, não fosse o fato do povo haver ouvido a Palavra de Deus de má vontade...

 

No v.16 está, que Jesus elogiou os ouvidos que ouvem. Ele disse: "Mas, felizes são... os ouvidos de vocês, porque ouvem".

E no verso seguinte (v.17), Jesus lembrou que é um alto privilégio, para nós, ouvir o que podemos ouvir hoje da Palavra de Deus. Ele falou: "...Muitos profetas e justos desejaram ver o que vocês estão vendo, mas não viram, e ouvir o que vocês estão ouvindo, mas não ouviram".

 

Portanto, irmão, veja que há um interesse do Senhor em ensinar aos discípulos sobre a importância, sobre o valor do ouvir bem, ouvir de modo adequado, a Palavra de Deus.

 

Então, nesta Parábola do Semeador, Jesus mostra que há três maneiras erradas de você ouvir a Palavra de Deus, mas apenas uma correta. Vamos examiná-las!

 

...o primeiro modo é esse:

1. VOCÊ PODE OUVIR E NÃO ENTENDER, v.19

No v.19 lemos isto: "Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende...". Que maneira triste de ouvir a Palavra de Deus! A pessoa ouve! Ela escuta a Palavra... mas não entende...

O que leva uma pessoa a ouvir e não entender? ...é a falta de vontade, é a falta de disposição.

 

O velho hino do Cantor Cristão já dizia: "Eu ouvia falar dessa graça sem par, Que do céu trouxe nosso Jesus; Mas eu surdo me fiz, converter-me não quis ao Senhor que por mim morreu na cruz".

 

"Surdo me fiz" - essa é a verdadeira razão porque muitos ouvem e não entendem: falta a vontade de entender.

 

Infelizmente, muitos estão ouvindo a Palavra por ouvir... Ouvem sem qualquer disposição para entender! ...você não encontra uma Bíblia aberta nas mãos destas pessoas... você não as vê com um lápis ou caneta fazendo anotações e perguntas... você não as vê buscando, pesquisando, consultando...

 

E o principal problema em ouvir a Palavra desse modo é que, lemos no v.19, Jesus falou: "...o Maligno vem e lhe arranca o que foi semeado em seu coração". O diabo tira a Palavra de Deus do coração destas pessoas.

Você não deve ouvir a Palavra de Deus de má vontade.

 

...o segundo modo é o seguinte:

2. VOCÊ PODE OUVIR E LOGO RECEBER, v.20

Esse modo de ouvir a Palavra de Deus não é como o primeiro, em que a pessoa ouve e não entende.

Nesse modo aqui, a pessoa ouve e entende. No v.20 lemos isto: "ouve a palavra e logo a recebe".

Mas ocorre aqui uma expressão reveladora. Jesus disse isto "ouve... e logo a recebe". Se você olhar o v.21, novamente aparece a palavra "logo". Primeiro, no v.20, lemos "logo a recebe com alegria", e depois no v.21, lemos "logo a abandona". Que isto sugere? ...sugere um modo de ouvir apressado.

 

Jesus fala da Palavra sendo ouvida e recebida com "alegria", isto é, com muita emoção, e vibração até.

Mas, torne a olhar o v.21: "Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece pouco tempo. Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona".

 

A pessoa aqui, ouviu a Palavra e logo a recebeu com alegria... mas só por pura emoção, ou pelo entusiasmo da hora e nada mais.

 

São daquele tipo que gosta muito da Bíblia aberta no Salmo 91, uma parte da Palavra de Deus que diz: "Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei". ...então dizem: "Ah! Que emoção! Que palavra linda!" ...mas não conseguem suportar quando chega a angústia e a perseguição.

 

No final de alguma mensagem, no domingo à noite, dizem: "Que palavra abençoada!" Mas no começo da manhã de segunda-feira, já estão que não agüentam mais! ...porque ouviram a Palavra e logo a receberam com alegria, com tanta pressa, porém, que chegando uma angústia, logo também abandonaram a Palavra.

 

Não é desse modo que você deve ouvir a Palavra de Deus. A Palavra ouvida, deve crescer dentro de você, deve criar raízes no coração...

 

A Bíblia diz que, quem meditar na Palavra de Deus, fará prosperar o seu caminho e será bem-sucedido (Js 1.8). A Bíblia diz que tais pessoas, serão como árvores que crescem na beira de um riacho, darão frutos no tempo certo, as folhas não murcharão, e ainda, tudo o que fizerem dará certo, (Sl 1). Aleluia!

 

...um outro modo de ouvir a Palavra é esse:

3. VOCÊ PODE OUVIR A PALAVRA E DEIXAR QUE SEJA SUFOCADA, v.22

Agora, lemos isto no v.22: "...ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera".

Jesus se refere ao tipo de pessoa que ouve a Palavra, entende a mensagem, mas que, diz Ele: "a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera".

 

O destaque aqui é dado à palavra "sufocar".

No jardim, o mato tem que ser tirado para não sufocar a planta. No mesmo canteiro não podem estar roseira e ervas daninhas.

 

É o que se passa com o tipo de pessoa que ouvindo a Palavra de Deus, permite espaço também para os interesses do mundo em seu coração. Então, no mesmo coração, quando há a preocupação desta vida e o engano das riquezas, junto com a Palavra de Deus, o que ocorre é que aquelas vão tomando lugar no coração, até não ficar espaço para Jesus.

 

E não fica mesmo: a pessoa não encontra tempo para a Palavra, para a oração, para estar no culto da igreja... mas somente para televisão, para futebol, para caminhada...

 

E, nesse v.22, Jesus advertiu que o resultado de ouvir a Palavra de Deus desse modo, ouvir e deixar que seja sufocada, Jesus mostrou que o resultado será a esterilidade... tal procedimento deixará a pessoa "infrutífera."

 

...mas, eis o modo válido:

4. VOCÊ PODE OUVIR A PALAVRA, ENTENDÊ-LA E RECEBÊ-LA, v.23

Lemos o v.23: "E, finalmente... aquele que ouve a palavra e a entende, e dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um".

Jesus a chama pessoas assim de "boa terra". Pessoas que dão frutos em grande quantidade.

 

Quando a pessoa ouve e entende, é porque ela recebeu a Palavra. E a ênfase do v.22 está na palavra "produz": a pessoa dá frutos abundantes.

 

Pensamos imediatamente no fruto do Espírito Santo sendo gerado e produzido nessa pessoa... ela ouviu a Palavra e acolheu de tal modo a Palavra, que ela agora produz o fruto do Espírito: "...amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio, (Gl 5.22-23).

 

E ainda produz com abundância, porque Jesus falou que quando a Palavra é ouvida, é entendida e recebida, então, tal pessoa "dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um". Aleluia!

 

Você já se imaginou dando fruto no tempo certo, nesta proporção?

Pois o Sl 1 ensina que a pessoa, quando tem prazer na Palavra do SENHOR, e nela medita, será como a "árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria".

 

Isto é, é período de egoísmo, desunião? ...ele manifesta o amor! ...é período de tristeza? ...ele manifesta alegria! ...é período de conflito, desavenças e, perturbações? ...ele dá paz! ...é período de agitação, de pressa? ...ele manifesta a paciência... ELE SEMPRE DÁ FRUTO NA ESTAÇÃO PRÓPRIA! Aleluia!

 

Conclusão

Seja cuidadoso: Há três modos errados de ouvir a Palavra e apenas um modo válido.

Não ouça a Palavra de má vontade, ouvir sem entender;

Não ouça a Palavra apressadamente;

Não ouça a Palavra para deixar que seja sufocada.

 

Em vez disto, OUÇA A PALAVRA PARA ENTENDÊ-LA E RECEBÊ-LA.

Então você se tornará uma pessoa realmente frutífera com a ajuda do Espírito Santo! Amém.

 

Pr Walter Pacheco da Silveira