Meus Sermões

BOA PESCARIA
Lucas 5.10

 

Introdução
Para alcançar as pessoas da comunidade, Jesus disse: "eu vos farei pescadores de homens". A NTLH diz "de agora em diante você vai pescar gente".

Jesus usou o termo "pescar" e não "caçar". Percebeu?

Caçar é agressivo; pescar é mais gentil.

O caçador localiza e atira; o pescador atrai para morder a isca.

Na caça é um tipo de bala para tudo; na pesca, há vários tipos de isca.

O caçador deve dar o melhor tiro e pronto; o pescar já dá e puxa a linha conforme o peixe.

Na caça: Ser bom atirador é essencial; na pesca, qualquer um pode jogar o anzol.

MT 4.19: "...eles estavam no lago, pescando com redes. Jesus lhes disse: Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente".

Irmãos, Jesus está dizendo que fez de nós pescadores de homens... como vamos pescar almas?

Alguns princípios de pescaria são:
1- Precisamos conhecer o que estamos pescando
Jesus sabia o tipo de pessoas que devia ganhar, Mt 15.24: "Eu fui mandado somente para as ovelhas perdidas do povo de Israel".

Qual era o alvo evangelístico de Jesus? À quem Ele foi enviado para ganhar? ...as ovelhas perdidas da casa de Israel.

Aqui na cidade, não estamos interessados em ganhar pessoas que já participam de alguma igreja. Esse não é nosso alvo - nosso alvo são pessoas sem-igreja. São esses que queremos pescar!

O princípio número dois é:
2- Temos que aprender a pensar como um peixe.
Jesus sabia o que as pessoas pensavam.

Nós temos um problema: Quanto mais tempo faz que somos crentes, menos nós pensamos como um não-crente pensa.

Podemos cantar: "Vem com Josué lutar em Jericó, Jericó, Jericó" e sabemos o que isto significa. Mas o não crente fica se perguntando: Quem é esse Josué? É um sucessor de McTysson? E esse Jeri... Jeri... Jericó?

O que as pessoas não-crentes pensam? Em que coisas elas estão interessadas? Precisamos aprender a pensar como elas pensam a fim de poder ganhá-las.

Talvez você diga: mas eu não posso pensar como os não-crentes, pois não devo me "conformar com este mundo". É verdade. Mas considere a garça. A garça é uma ave branca, elegante, linda de se ver. Ela anda sobre a lama e não se suja. É assim que devemos fazer! ...pensemos como não-crentes pensam, mas não fazemos o que eles fazem.

Agora, o terceiro princípio para uma boa pescaria:
3- Temos que priorizar o peixe que está mordendo a isca
As igrejas que crescem são aquelas que dão atenção às pessoas mais interessadas no Evangelho.

Há pessoas que não estão interessadas, que não estão mordendo a isca. Uma vez Jesus disse aos discípulos: "Se ninguém vos receber, nem ouvir as vossas palavras, saindo daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés" (Mt 10.14).

Temos que ir em quem está interessado. Não temos muito tempo!

Jesus disse a um não crente: "Não estás longe do reino de Deus" (Mc 12.34). Há peixes mordendo a isca e temos que aproveitar!

Uma vez fui com um amigo pescar tilápias. Na banda do lago onde eu fiquei, elas não estavam interessadas em minhas iscas. Então, eu tive de me mudar daquela banda.

E você sabe quais são as pessoas mais abertas ao Evangelho?

- Pessoas que estão enfrentando mudanças. Mudança para a cidade (ou de algum bairro para outro), mudança de emprego, mudança de função, mudança de estado civil (era solteiro, mas casou; estava casado, mas houve separação, viuvez, abandono...).

- Pessoas que estão enfrentando dificuldades: financeira, saúde, educação dos filhos, conjugais, familiares...

Estas pessoas são as mais abertas ao Evangelho! As que estão mordendo a isca!

O princípio número quatro:
4- Devemos pescar os peixes onde eles estão.
Nisso, nós crentes, somos muito engraçados: viemos para a igreja e esperamos que os não-crentes venham também. É como se disséssemos: "Ah! Eis aqui um lago, e tem sombra! Vou ficar aqui pescando". Mas os peixes não estão neste lago. Estão no rio!

Irmãos, para ganhar pessoas para Jesus nós temos que ir aonde elas estão. Onde estão nossos peixes? Eles estão no seu lago! Eles estão em nossos círculos de relacionamentos: família, parentes, conhecidos, vizinhos, colegas, amigos... Este é o seu lago de pesca!

Conclusão
Jesus disse que você foi feito por Ele um pescador de gente para o reino de Deus! Deus tem muitos anjos, mas eles não foram designados para tal obra. O que eles fazem é torcer para a salvação. E quando conseguimos alcançar alguém, eles festejam como se um gol tivesse sido marcado.

Eu quero dizer que chegou a hora de você fazer a melhor pescaria da sua vida!

Pr. Walter Pacheco da Silveira