Meus Sermões

ÁGUA DA VIDA
João 7.38-39
 

“Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”. Ele estava se referindo ao Espírito que mais tarde receberiam os que nele cressem”.
 
Introdução
A água é um elemento, sem o qual, nós não podemos viver.
As muitas propriedades maravilhosas da água nos dão uma imagem inesquecível do que o Espírito Santo pode fazer na nossa vida.
 
Nada parece mais comum para nós do que um copo d'água... mesmo com o avanço da tecnologia, não há nada mais comum do que esta mistura de hidrogênio e oxigênio, oH2O como aprendemos na escola.
 
Mas a água é uma das substâncias mais notáveis que existe no mundo... a vida na terra somente é possível devido a água... sem ela nosso sangue ferveria no corpo, as plantas e as árvores murchariam e morreriam, o mundo se transformaria em um deserto.
 
Vamos ver como a água nos revela a maravilhosa engenhosidade do Senhor, quando disse que do nosso interior fluiriam rios de água viva.
Vamos descobrir porque a água é um símbolo tão maravilhoso para o Espírito Santo.
 
Afinal, o v.39 aqui, lemos que ao falar da água, Jesus estava se referindo ao Espírito Santo.
 
Jesus ergueu a Sua voz e proclamou estas palavras: "Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva." E aí, João explica para nós, no v.39: "Isto Ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nele cressem...".
 
Jesus havia prometido que o Seu Espírito (o Espírito Santo) iria habitar naqueles que colocassem a sua fé nEle.
E, agora, Ele descreve o Seu Espírito como "rios de água viva" que vão fluir de dentro dos crentes.
 
O que isso quer dizer? ...nós podemos obter alguma pista observando a natureza da água, que é tão comum pra nós.
 
Em primeiro lugar, vamos observar uma coisa chamada de "ação capilar", isto é, a capacidade que a água tem de subir pelos tubos, os encanamentos de nossa casa, até alcançar a caixa d’água, por exemplo, desafiando a lei da gravidade.
As moléculas de água unem-se umas às outras, criando uma superfície de tensão que a empurra para cima... quanto mais fino o tubo, mais rápido a água consegue subir!
 
É essa ação capilar que mantém vivas todas as plantas... veja uma árvore, por exemplo, a água e nutrientes do solo precisam chegar até as folhas lá em cima...
 
Mas, como é que elas fluem contra a gravidade? ...pela ação capilar – a água sobe por minúsculos tubos dentro dessas árvores e assim, possibilitam a vida e ativa todo o verde que você vê... á água que sobe, fluindo pelo caule, nutre e dá vigor à árvore.
 
Agora, Jesus falou que o Espírito Santo é como essas águas... então aprendemos algo aqui: a água tem uma qualidade vivificante e nutritiva.
Isso nos dá uma pista da obra do Espírito Santo dentro de nós: dentro de nós, o Espírito Santo também flui, nutrindo e ativando o vigor. Aleluia!
 
Por isso que Jesus falou e lemos em João 4.14: "Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna."
 
Água que salta para a vida eterna – o Espírito Santo nos impulsiona para cima... Ele desafia a força da nossa natureza pecaminosa, assim como a água nas plantas, desafia a força da gravidade. Aleluia! O Espírito Santo nos dá energia!
A história conta de Carlos Finney, um servo de Deus de séculos passados... Finney teve uma experiência da plenitude do Espírito Santo. Ele disse: "Pareceu vir em ondas de amor líquido. Nenhuma palavra pode expressar o maravilhoso amor que tomou conta do meu coração. Eu chorei bem alto com alegria e amor." ...Carlos Finney recebeu a energia que eleva, a água da vida subindo dentro dele e se tornou o maior evangelista nas terras americanas.
 
Vamos observar mais uma propriedade existente no H2O, isto é, na água... e vamos ver o que essa propriedade ensina a respeito do Espírito Santo.
Você já parou para pensar por que o gelo flutua? ...isso é algo tão simples que nem achamos nada de extraordinário nisso...
 
Mas, sabe, o gelo não deveria flutuar; ele é sólido e quase todas as substâncias são mais pesadas no estado sólido... mas a água não, ela parece seguir uma lei toda dela.
 
E esse fato, de a água flutuar quando congela, faz uma diferença enorme em nosso planeta... se o gelo fosse mais pesado do que a água, imagine a situação: ele desceria para o fundo do mar, os raios do sol não chegariam até lá e ele não derreteria nunca, assim, o que aconteceria? ...o gelo iria aumentar e iria encher o oceano, matando toda a vida que existe ali... mares, rios e lagos, todos ficariam congelados.
 
Mas graças à sabedoria do nosso Deus, a água não se comporta como deveria, quimicamente falando.
O que se passa é que o gelo flutua sobre o oceano, formando uma camada de isolamento, que impede que a água de baixo se congele e, assim, os peixes e outros animais, ficam todos protegidos durante o inverno.
 
A água em estado sólido, o gelo, nos fala do cuidado de Deus... O Espírito Santo opera do mesmo modo que o gelo: Ele fica flutuando dentro de nós, nos levantando, nos impedindo de descer para o fundo. Aleluia!
 
Nós vemos isso, especialmente durante os momentos de provação, os momentos de luta e de dificuldades em nossa vida.
Quando os problemas nos empurram para baixo, de acordo com as leis da natureza humana, deveríamos afundar logo.
 
Ah! Mas o Espírito Santo, Ele, porém, nos capacita a comportar de modo inesperado... quando todo mundo, e nós mesmos dizíamos: “é o fim, vai afundar!”, o Espírito Santo nos levanta, nos mantém em cima!
 
Escute só o que o apóstolo Paulo escreveu sobre isto aos irmãos: "Tendo recebido a palavra posto que em meio de muita tribulação, com alegria pode nos levantar mesmo em meio ao sofrimento." I Tessalonicenses 1:6.
O próprio apóstolo Paulo experimentou isso. Ouça o que ele conselhou entusiásticamente aos Filipenses (4.4): "Alegrai-vos sempre no Senhor: outra vez vos digo, alegrai-vos." ...quando Paulo escreveu estas palavras, ele estava acorrentado em um calabouço, era prisioneiro dos romanos.
 
Portanto, estas palavras "alegrai-vos sempre no Senhor", são palavras de um homem que não estava se comportando como dita a natureza humana... mas que estava flutuando, nadando, porque tinha dentro de si a Água Viva, o Espírito Santo.
 
Entenda isso: o Espírito Santo, impede que as pessoas afundem no frio e na escuridão.
 
Há mais uma coisa notável a respeito da água que podemos aprender, mais uma evidência da sabedoria do nosso Deus, e é esta: a capacidade da água em absorver uma enorme quantidade de calor sem ferver.
Outros líquidos fervem muito mais facilmente que a água... o ponto de fervura é próximo ou abaixo de zero grau centígrado... pense nisso: o ponto de fervura é perto ou abaixo de zero.
 
Como regra, quanto mais leve o líquido, mais baixo é o ponto de fervura... se a água, que está entre os líquidos mais leves, se comportasse como deveria, então ferveria a 53 graus negativos. Imagine!
 
Mas a água se comporta de modo único... ela tem o seu ponto de fervura extremamente alto: 100 graus acima de zero.
Vemos isso todos os dias quando esquentamos água no fogão. A chaleira começa a fazer ruído com o calor, muito antes da água sequer ficar quente.
 
É por isso que a água pode ser usada como agente resfriador no motor do automóvel; ela absorve tremenda quantidade de calor sem ferver.
 
Devido a isso, é que a água pode moderar o clima da Terra.
Repare que mesmo em um dia muito quente, com o sol rachando, um ar mais fresco é soprado do Paraíba... podemos sentir que é mais fresco do que o ar ao nosso redor... aquelas águas agem para moderar os extremos na temperatura.
 
Irmãos, o Espírito Santo age também dentro de nós para moderar os extremos.
 
Logo após Jesus dizer aos discípulos que enviaria o Espírito Santo pra eles, Ele disse: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou. Não vô-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize." (Jo 14.27).
Quando o Espírito Santo flui dentro de nós, a Sua paz também flui. Isso não é maravilhoso?
 
Não é apenas uma paz que vem quando o sol está brilhando e os pássaros estão cantando e nossa vida está toda nos trilhos. Não! ...a paz que o Espírito Santo nos traz, dá estabilidade, moderação, à nossa vida.
 
Isso é maravilhoso... essa incrível paz, vem até nós grátis como a chuva do céu, imerecida, não a conquistamos, ela simplesmente vem.
 
Conclusão
Irmã, irmão, assim opera o Espírito Santo, como Jesus falou, Ele é como um rio de água viva fluindo do nosso interior.
E como tal, o Espírito Santo, nos mantém flutuando, quando os problemas nos pressionam para baixo.
 
O Espírito Santo também nos dá estabilidade, moderação... nós podemos ter paz em meio às tempestades da vida.
 
Você está com sede?
Se você já é um crente em Jesus, você tem o Espírito Santo... você pode senti-Lo fluir dentro de você!
 
Agora, se você ainda não é um crente em Jesus, porque não se arrependeu de seus pecados nem O recebeu como seu Senhor e Salvador, receba Jesus agora mesmo em seu coração, e as águas vivas, o Espírito Santo, fluirá também do seu interior.
 
Você está sobrecarregado de culpa? ...tem faltado paz ao seu coração? ...os problemas da vida estão te empurrando pro fundo? ...receba Jesus e as águas irão fluir, empurrando você pra cima, trazendo estabilidade e paz ao seu coração.
 
Pr Walter Pacheco da Silveira, em 06.08.2006. Fonte: Pr. Vanderman