Ilustrações Ilustrações T

Tocar

 

O garotinho ficou na ponta dos pés para ver o pesado bloco de mármore. O que tu vais fazer ai? perguntou ao escultor. Nada. Apenas descobrir o anjo que está lá dentro. E o menino se foi com a explicação. Crédulo e cheio de fé, como todas as crianças. Um dia voltou. Com carinho comovente o artista acabava de esculpir o anjo. - Que lindo! Exclamou o menino, eu sabia que ele estava ai dentro!!.. No meio da vida, quantos pedaços de mármore! Disformes, pesados, sem beleza, a espera de mãos submissas, cheias de amor... Nas mãos do Escultor Eterno... Que paciência, cuidado, boa vontade, renuncia, exigidos até a descoberta. Um golpe em falso, uma pancada, uma palavra má, e lá se vai o trabalho, de Deus em nós. Mas é isto que nos faz crer num mundo melhor de união e paz, a certeza de um Sopro de Deus dentro de cada um, a certeza de que: Há sempre um Anjo Escondido na pedra... - Fonte: sermoes-ielb@grupos.com.br

 

Existe um projeto em UTI neonatal denominado Canguru. Consiste em bebês prematuros ficarem em contato com o corpo da mãe durante algumas horas a cada dia. Dessa forma, os bebês se desenvolvem melhor do que se apenas recebessem cuidados médicos dentro de incubadora. O corpo humano em contato com outro se aquece. Além disso, o contato corporal produz sentimentos prazerosos e saudáveis para as emoções.

 

Gary Chapman no seu excelente livro As Cinco Linguagens do Amor (Mundo Cristão), fala sobre as cinco maneiras de demonstrarmos amor às pessoas, uma delas é através de toques. Precisamos nos tocar mais em família. Devemos abraçar mais nossos filhos, andar mais de mãos dadas com o cônjuge, beijar mais, coçar as costas e a cabeça de quem gosta, etc.

 

Gilson Bifano afirmou num de seus artigos em O Jornal Batista: "Em nosso trabalho com casais ouvimos muitas queixas de esposas dizendo: "Meu marido só me toca com intenções sexuais!" Você sabia, marido, que sua esposa deseja que 90% dos toques sejam sem conotações sexuais? Não é que elas sejam assexuadas. Elas precisam dos toques não sexuais para sentirem que são amadas e não apenas objetos sexuais de seus próprios maridos.

 

A massagem é uma prática milenar que vem se aperfeiçoando a cada dia, o sentido do toque é uma forma de comunicação muito sensível e intensa, tocar é uma reação natural, por ela sentimos a forma e a textura das coisas. Você já percebeu que a primeira reação quando leva uma topada ou machuca acidentalmente uma região qualquer do corpo é levar a mão ao lugar afetado e massagear? Quando a mãe acaricia o bebê ele reage ao seu toque instintivamente, não é? Pois o toque é maravilhoso e às vezes não lhe damos muita importância. – Visão Missionária 2T04. 17/1/07

 

Um homem, passeando pelo bosque, sussurrou: Deus, fale comigo... E um passarinho cantou... Mas o homem não ouviu... Deus, mostra-me um milagre... e uma vida nasceu... E o homem não reparou... Então o homem clamou em desespero: Toque-me, Deus. Deixe-me saber que o Senhor está aqui... E uma borboleta pousou no seu ombro... Mas o homem a espantou... Isso é um grande ensinamento de que Deus está sempre a nossa volta, nas coisas que nem imaginamos... Nas pequenas e simples, como nas grandes também... Até na nossa era eletrônica e computadorizada... Então, o homem gritou em desespero; Deus, eu preciso de sua ajuda... E um e-mail chegou trazendo boas notícias e palavras de encorajamento... Mas o homem o deletou e continuou a chorar... Não perca as bênçãos simplesmente porque elas não estão “embrulhadas” de maneira como VC esperava... 26/3/07

 

Um leiloeiro, estava leiloando um violino. Durante um bom tempo, não conseguiu um bom valor no instrumento. De repente um velho mestre da música se levanta, pega o violino e toca uma linda canção. Após a execução, o preço conseguido foi altíssimo. Tudo por causa do "Toque do Mestre". O homem sem valor por causa do pecado, ao ser tocado pelo Mestre Jesus, passa a ter um valor incalculável. 25.2.2008

 

Um homem viu na vitrine de uma joalheria várias pedras preciosas. Observou diamantes, esmeraldas, rubis e tantas outras pedras lindas e atraentes. Porém, no meio daquelas pedras de rara beleza e alto valor, estava também uma pedra opaca que por diferente, chamou-lhe a atenção. Movido pela curiosidade, perguntou ao joalheiro porque aquela pedra sem brilho estava exposta na vitrine como uma pedra preciosa. O joalheiro, sem dizer palavra alguma, tomou a pedra da vitrine e a apertou por alguns instantes na concha da sua mão. Depois de alguns minutos, ao abrir a mão, aquela pedra estava brilhando, revelando uma beleza singular e encantadora. Aquela pedra era uma opala. A opala só brilha quando é tocada, quando é cercada de calor e de contato. Às vezes, por vivermos isolados uns dos outros, não conhecemos a beleza nem o valor das pessoas. Mas quando nos aproximamos, nos tocamos com um gesto de amor, as pessoas desabrocham em expressões de luminosa beleza e encanto. Por isso vamos nos aproximar uns dos outros e sermos cada dia mais felizes. 2.12.2008