Ilustrações Ilustrações S

Sogra

 

"Toda vez que um homem ofende sua sogra, acerta um coice no coração da esposa".

 

Um casal vinha por uma estrada do interior, sem dizer uma palavra. Uma discussão anterior havia levado a uma briga, e nenhum dos dois queria dar o braço a torcer. Ao passarem por uma fazenda em que havia mulas e porcos, o marido perguntou, sarcástico: Parentes seus? Sim, respondeu ela. Cunhados e sogra.

 

"Toda vez que um homem ofende sua sogra, acerta um coice no coração da esposa".

 
Quando penso no que Adão e Eva faziam o dia todo naquele paraíso, sem sogra, sem filhos, sem conta de aluguel, sem vendedor na porta... confesso que são muitos os pensamentos que me passam pela cabeça. Mas a verdade é que aquele casal passava o dia todo se amando e se curtindo! Suas atividades eram como uma desculpa para estarem juntos. É possível que Adão tenha dito: "O que faremos hoje minha amada Eva? Que tal irmos dar bananas aos macacos!!" "É isso", respondeu ela, "vamos dar bananas aos macacos!" E passavam o dia juntos dando bananas aos macacos!! Pois o que importava não era o que faziam, mas sim que estavam juntos! O problema começou no momento em que deixaram de sentir este prazer, deixaram de partilhar seus desejos e necessidades um com o outro, começaram a achar que dar bananas aos macacos era bobagem, era supérfluo. Desde então, quando Eva dizia para seu esposo: "Vamos dar bananas aos macacos?", dizia Adão: "Larga de ser boba, mulher. Não vê que eles sabem pegar bananas sozinhos?" Quando passamos a achar desinteressante o que podemos fazer para estarmos juntos, é um sinal de que as coisas não estão indo tão bem. (Koinonia, pg 3 / Ano XI Nº 36, 01/01/2002).
 
Uma senhora muito simpática contava que tem quatro noras. Só que não gosta de nenhuma delas. "Nenhuma está à altura dos meus filhos", ela falou. Aí, a gente pode imaginar como é ter uma sogra como esta.
 

O rapaz chega em casa animado e diz à sua mãe que se apaixonou e quer se casar. A mãe inicia uma série de perguntas e ele, então, lhe faz uma proposta: - “Mãe, de brincadeira, vou trazer três mulheres aqui amanhã e você vai tentar descobrir com qual delas irei me casar”. A mãe acaba por concordar com o teste. No dia seguinte, ele leva à sua casa três moças lindíssimas. Elas se sentam no sofá e ficam conversando com a mãe do rapaz durante um bom tempo. Depois de horas de bate-papo, o rapaz pergunta: - “Então, mãe, você é capaz de apontar com qual delas vou me casar?” – “Com a do meio”. – “É incrível, mãe! Você acertou em cheio! Mas, como foi que descobriu?” – “Não gostei dela...”. 30/11/06

 
O melhor exemplo de sogro que a Bíblia oferece é, sem dúvida, o de Jetro, sogro de Moisés (Ex 18). Lendo o texto bíblico, chego à conclusão que Jetro é o tipo de sogro que todo genro ou nora gostaria de ter. Ele foi um bom sogro. Por quê? Em primeiro lugar, um bom so­gro é aquele que se coloca à dis­posição do genro para ajudar naquilo que for necessário (Ex 18.2-6). Jetro ficou com Zípora, sua filha, e seus dois netinhos enquanto Moisés estava na difí­cil tarefa de liderar a saída do povo de Israel do Egito. Em segundo lugar, um bom sogro é aquele que mantém a porta do diálogo sempre aberta para o genro (Ex 18.7,8). Jetro dedicou atenção em ouvir os relatos de Moisés. Em terceiro lugar, um bom sogro é aquele que se alegra com as vitórias do genro (Ex 18.9,10). Jetro ficou muito feliz em saber que Deus dera vitórias a Moisés. Em quarto lugar, um bom sogro é um homem que cultua a Deus (Ex 18.12). Jetro, ao saber das vitórias, ofereceu um holocausto e sacrifícios a Deus. Em quinto lugar, um bom sogro é sempre um conselheiro (Ex 18.14-24). Jetro não determinou que Moisés fizesse as coisas do seu jeito, apenas deu um conselho. Em sexto lugar, um bom sogro sabe que o casal, filha e genro ou filho e nora, tem sua própria vida e segue seu destino (Ex 18.27). Jetro não reteve seu genro e nem Zípora, sua filha, e seus netinhos. Os filhos casados traçam seus rumos, seus destinos e é preciso liberá-Ios, mesmo que a saudade seja forte. Não podemos retê-Ios. Lendo e meditando sobre Jetro, meu desejo é ser esse tipo de sogro. Embora o texto fale de um sogro, os princípios podem ser aplicados às sogras. - Gilson Bifano. 7.5.2008