Ilustrações Ilustrações S

Selo

 

O selo da propriedade de Deus está sobre nós. Os anjos sabem. Os demônios também nos conhecem.

 

Certa menina se converteu e a professora lhe perguntou: “Onde está Jesus neste momento?” Professora Jesus está no meu coração. Perguntou a professora: “E que faria você amanhã quando Satanás vier bater à porta do seu coração?” - Professora, eu mandarei Jesus atender à porta. Meu amigo, suponhamos que você não compreenda o segredo da vitória. Amanhã Satanás se apresenta e bate à porta do seu coração. É aquela velha tentação, aquele velho pecado que já se tornou comum e habitual. Depressa você corre à porta. Satanás se debruça, olha pelo buraco da fechadura e vê que é você que vem e sorri. Muitas vezes ele já o venceu no passado e sabe que vai derrubá-lo novamente. Você não escancara a porta. Ninguém peca desta maneira. Você abre a porta só um pouquinho e conversa com Satanás pela fresta. Você começa a examinar a tentação como Eva, como se fosse uma iguaria doce. Medita nela e antes que você mesmo se aperceba Satanás põe o pé do lado de dentro. Depois de introduzir-se sorrateiramente, quando você percebe ele já está dentro e você se sente derrotado. Mas quando Satanás bater, se você pedir para Jesus atender a porta. Quando Satanás olhar pelo buraco da fechadura, ele sairá correndo porque Jesus já o venceu, já o derrotou muitas vezes e irá vencê-lo de novo. - Hernandes Dias Lopes

 

Um homem havia pintado um lindo quadro. No dia de apresentá-lo ao público, convidou todo mundo para vê-lo. Compareceram as autoridades do local, fotógrafos, jornalistas, e muita gente, pois o pintor era muito famoso e um grande artista. Chegado o momento, tirou-se o pano que velava o quadro. Houve caloroso aplauso. Era uma impressionante figura de Jesus batendo suavemente à porta de uma casa. O Cristo parecia vivo. Com o ouvido junto à porta, Ele parecia querer ouvir se lá dentro alguém respondia. Houve discursos e elogios. Todos admiravam aquela obra de arte. Um observador curioso porém, achou uma falha no quadro: A porta não tinha fechadura. E foi perguntar ao artista: - "Sua porta não tem fechadura! Como se fará para abri-la?" - "É assim mesmo" - respondeu o pintor - "Esta é a porta do coração humano. - Só se abre do lado de dentro".

 

Na catedral de São Paulo em Londres, está o famoso quadro do artista Holman Hut, intitulado “The Light Of The World” (traduzir). Nele o artista representou Jesus à porta. A porta é o coração do homem. É noite. Uma coroa de espinhos está na fronte de Jesus significando seu amor pleno. A porta tem vários barrotes externamente e eles estão enferrujados. A hora está subindo. São sinais de que essa porta não se abre há muito tempo. Jesus está sozinho. Ele vem para encontrar cada pessoa pessoalmente. Usa vestes brancas simbolizando pureza. Tem um peitoral de jóias para indicar a riqueza da vida que promete conceder. Alguém, entretanto, observou ao artista que a porta não tem qualquer fechadura. Ao que ele explicou: “Aqui está representada a portão do coração, amigos; e esta é uma porta que só se abre pelo lado de dentro”. Por essa razão que lemos em Ap 2.10: “Se alguém abrir a porta, eu entrarei...”.

 

Conta a lenda, que certa vez uma mulher pobre com uma criança no colo, ao passar diante de uma caverna, escutou uma voz misteriosa que lá de dentro dizia: "Entre e apanhe tudo o que você desejar, mas não esqueça o principal. Lembre-se porém de uma coisa:depois que você sair, a porta se fechará para sempre! Portanto, aproveite a oportunidade, mas não esqueça o principal..." A mulher entrou na caverna, e lá encontrou muitas riquezas. Fascinada pelo ouro e pelas jóias, pôs a criança no chão e começou a juntar ansiosamente tudo o que podia em seu avental.A voz misteriosa então, falou novamente: "Você só tem oito minutos." Esgotados os oito minutos, a mulher carregada de ouro e pedras preciosas, correu para fora da caverna e a porta se fechou... Lembrou-se então, que a criança ficara lá dentro e que a porta estava fechada para sempre! A riqueza durou pouco, e o desespero durou para toda a vida. O mesmo acontece às vezes conosco. Temos muitos anos para vivermos neste mundo e uma voz sempre nos adverte: "Não esqueça o principal!" E o principal são os valores espirituais, a oração,a vigilância, a família, os amigos, a vida! Mas a ganância, a riqueza, os prazeres materiais nos fascinam tanto,que o principal vai ficando sempre de lado... Assim, esgotamos o nosso tempo aqui e deixamos de lado o essencial: "Os tesouros da alma..." - Fonte: sermao@grupos.com.br