Ilustrações Ilustrações I

Igualdade

 

...é como aquele velho produto de perfumaria, o "Denorex" que, tempos atrás, ficou famoso por uma propaganda de televisão que dizia: "parece remédio, tem cheiro de remédio, mas não é remédio". Assim, há muitos: pareciam... mas não eram.

 

O doutor, com anéis nos dedos, é considerado da mesma forma que o operário com calos nas mãos. Por ambos Jesus Cristo morreu.

 

Em 8 de março de 1857, um grupo de 129 operárias de uma fábrica têxtil, em Nova York, entrou em greve por um salário igual ao dos homens e redução da jornada de trabalho, que chegava a 16 horas diárias. Os donos da fábrica trancaram as operárias e incendiaram o prédio matando-as. Um verdadeiro massacre! Posteriormente, esta data seria escolhida e consagrada como Dia Internacional da Mulher.

 

"Todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais do que os outros" - George Orwell

 

A história registra que certa vez o grande pregador inglês do passado, Charles Spurgeon, apelidado no seu tempo de “o príncipe dos pregadores”, recebeu um exemplar de um “Comentário de Levítico”, da autoria de um renomado teólogo da época, chamado Andrew Bonar. Spurgeon auferiu muitas bênçãos com a leitura do livro, e resolveu escrever ao Dr. Bonar, informando-lhe da edificante experiência que tivera no estudo do comentário. Aproveitou para pedir ao autor que autografasse o livro, o qual havia mandado também, e que, se possível, enviasse também uma fotografia sua. Spurgeon foi atendido no seu pedido, e, junto, recebeu um bilhete que dizia: “É uma pena que o irmão tenha tanta pressa em reler o meu livrinho; se pudesse esperar mais um pouco, eu lhe enviaria outra fotografia, mais vistosa, quando tivesse contemplado a Cristo e me tornasse semelhante a Ele!”. Quantos podem expressar-se com essas mesmas palavras? Quantos podem ter essa mesma esperança? Todos que já foram justificados diante de Deus pela fé em Jesus, pela entrega da vida a ele, podem ter essa esperança. - Pr. Walmir Vigo Gonçalves

 

A alma dos imperadores e dos sapateiros são tiradas do mesmo molde. Fonte: "Ensaios: Apologia de Raymond Sebond" - Montaigne , Michel de. 28/12/2007

 

"Não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal" (1 Co 13.5).

Certa vez, um homem bem intencionado foi à igreja com roupas sujas. Tornando-se notado entre os outros, limpos e bem vestidos, ele disse a al­guém que lhe ficava perto, após a reunião: -         Eis uma coisa que faz o amor cristão: abaixa-nos todos ao mesmo ní­vel. - Não, amigo - respondeu o vizinho -, o amor cristão nos eleva ao mesmo nível. 8.2.2008

 

Dois ou três rapazes, numa visita a um museu nacional, leram ao lado de um dos armários, estas palavras: "O corpo de um homem; peso: 70kg". "Onde está o homem?", perguntou um dos rapazes. Ninguém lhe respondeu. No armá-rio, havia jarras de água e outros jarros contendo fosfato de cálcio, carbonato de cálcio, potássio, sódio e outros elementos químicos. O compartimento ao lado continha galões cheios de gases, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Estes elementos foram medidos em proporções exatamente iguais às do corpo humano. Depois de pensar sobre isto por algum tempo, o rapaz obser­vou: "Então sou feito disto, sou somente isto, não há mais nada?" "Mais nada", concordou um estranho que sorriu e saiu. Mas o jovem ficou pensativo e seu companheiro lhe disse: "Se somos formados somente de um tanto de cálcio, outro tanto de gases, outro de água, etc., deveríamos ser todos iguais. Deve haver alguma coisa mais, que não se possa guardar em armários". "Sim" afirmou o outro, "há o que Deus coloca nesta matéria, o que nos torna uma alma vivente." 18.2.2008

 

"Nós temos uma idéia, neste país, de que Deus trata os americanos de maneira especial em relação aos demais povos. Cremos que nós, americanos, somos pessoas escolhidas de Deus e que Ele nos ama mais do que a quaisquer outras pessoas e que somos os Seus santos. Eu digo a vocês que Deus não nos ama mais do que ama aos russos. Ele não nos ama mais do que aos chineses. Ele não nos ama mais do que aos africanos. Deus não nos ama mais do que a quaisquer outras pessoas." (Billy Graham, Cruzada em Charlotte, 1958). 24.10.2008

 

Minha Mãe me ensinou sobre genética... 'você é igualzinho ao seu pai!' 16.1.2009