Ilustrações Ilustrações F

Fome

 

Em nosso país, infelizmente é assim: madame dá festinha de aniversário para cachorrinho, enquanto crianças ficam sem comida. 

 

“Se você quiser uma chupeta ou uma papinha espiritual, pode tê-los. Se estiver faminto, diz o Senhor, tenho suprimentos infinitos de minha presença para a sua fome insaciável.” - Tommy Tenney

 

Para chegar a Deus - diz o filósofo brasileiro Hermogenes - é simples: basta que tenhamos por Ele a mesma avidez que o peixe fora de água tem por lá voltar.

 

Certo dia eu estava ouvindo uma programação de uma rádio e ligou para lá uma senhora que estava passando por momentos muito difíceis. E ali através daquela oportunidade, ela resolveu fazer o seu apelo e disse: - "Eu estou passando por uma grande prova: o desemprego bateu em minha porta, tenho filhos pequenos, meu esposo está fazendo apenas alguns serviços extras, porém a renda não é suficiente. Se algum irmão puder me ajudar com algum alimento eu ficaria muito grata. Aquilo que DEUS tocar em seu coração eu agradeço e será de grande ajuda". E ali ela aproveitou e falou seu endereço... Porém, no momento deste apelo, um Pai de Santo estava ouvindo a programação e disse: - "É hoje que eu acabo com esta raça de crentes, ah é hoje..." Então o Pai de Santo se dirigiu para o mercado e fez aquela compra... e tudo ele comprou e ainda comprou tudo em dobro. Chegou a casa e disse para duas pessoas que trabalham no centro de Macumba: - "Vocês vão até a casa desta senhora e vão entregar esta compra e quando ela perguntar quem mandou, vocês vão dizer à ela que foi o diabo. O diabo quem está enviando esta compra". E assim seguiram aqueles dois homens rumo a casa da senhora. Bateram palmas e ela, com toda a sua humildade, atendeu e eles disseram: - "Viemos trazer esta compra para a Senhora!" E ela disse: - "Entrem, por favor vão colocando aqui..." Descarregaram tudo e a senhora disse: - "Que Deus abençoe, muito obrigado, muito obrigado mesmo..." E aqueles dois homens pararam, olharam um para o outro e sussurraram: - "Ela não vai perguntar quem mandou a compra?" E o outro respondeu: - "Não sei... estranho ?" Então aquele homem com todo o seu atrevimento perguntou... - "Hei, você não vai perguntar quem mandou esta compra não?" E a senhora com toda sabedoria respondeu: - "Eu não! Quando o meu Deus manda até o Diabo obedece!". - paodavida@yahoogrupos.com.br

 

Cerca de 815 milhões de pessoas passam fome no mundo, alertou nesta sexta-feira o Instituto de Pesquisas sobre Políticas Alimentares, uma organização com sede em Washington. Fonte: BBCBrasil.com - Pablo Uchoa - de Londres/Out-2006.

 

Vale a pena pensar na denúncia de Manuel Bandeira em seu chocante poema O Bicho: “Vi ontem um bicho/ na imundície do pátio,/ catando comida entre os detritos./ Quando achava alguma coisa,/ não examinava nem cheirava:/ engolia com voracidade./ O bicho não era um cão./ não era um gato,/ não era um rato./ o bicho, meu Deus, era um homem.” 25-12-2007

 

"Se um dia sentir um enorme vazio dentro de você... vá comer, que é fome." 26/12/2007

 

Coma apenas quando estiver com fome. Os americanos comem por vários motivos além da fome, principalmente tédio, solidão, es­tresse ou medo, um conceito que não existe em outras culturas. "Você não pode transformar a comida nu­ma solução para tudo em sua vida e ainda assim esperar ser magro", diz o Dr. Katz. "Se você come por tédio, descubra um passatempo. Se come para aliviar o estresse, aprenda a meditar ou a fazer ioga." – Revista Seleções. 8.1.2008

 

Ninguém fará uma boa refeição se não estiver com fome. O mesmo princípio se aplica ao crescimento espiritual; é preciso ter desejo de buscar pela verdade. O verbo utilizado por I Pedro no v. 2 "desejai", significa "ter ânsia por" e está no imperativo, o que mostra o importante fato de haver necessidade de o crente desejar crescer. É como a criança que nasce e deseja descobrir a vida de todas as maneiras: pela Visão, pelo tato, pelo paladar. O crente precisa ter esse desejo de crescer, de se desenvolver. 21.2.2008

 

Era uma tarde quente de domingo. Eu caminhava sozinho pela Avenida Rio Branco, naquele momento, deserta. Gosto de caminhar por ali e contemplar a bela arquitetura do centro do Rio de Janeiro. Aprecio as construções antigas, magníficas, sobranceiras. Muito da História do Rio de Janeiro e do Brasil passa por aquela e outras avenidas centrais da Cidade Maravilhosa. Como sou um apreciador das coisas da história, quando posso, dou-me o prazer de passar um bom tempo caminhando por ali. Como estava muito quente resolvi tomar um sorvete (uma das minhas paixões proibidas por causa de minhas constantes faringites) num quiosque de uma famosa rede de Fast-food. De repente vi que não estava só. Aproximou-se um rapaz e foi logo me pedindo: "moço, me dá um sorvete... é que eu com fome". Como eu estava com o dinheiro "contado" para voltar a Teresópolis, não pude atender o pedido daquele jovem, quase adulto. Instantaneamente me pus a pensar: "peraí... a lanchonete está aberta... se ele realmente estivesse com fome teria me pedido algo para comer e não uma "sobremesa"... sorvete não mata a fome..." e meu pensamento foi parar onde sempre pára nessas horas em que as coisas inusitadas me acontecem: na realidade da igreja. Na mesma hora senti que aquele era o quadro fiel de algumas igrejas que tenho conhecido. Estão querendo matar a "fome" com "sorvetes". Pensei em como a Palavra, verdadeiro alimento que realmente sacia a fome (nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra...), tem sido trocada por meros "sorvetes" espirituais. Engraçado é que sorvetes geralmente são a sobremesa preferida das crianças. É difícil conhecer uma criança que não goste de se lambuzar de sorvete, e mais, elas são capazes de trocar pratos saborosos e nutritivos por uma pequena taça dessa guloseima doce e gelada. 30.9.2008

 

"Para matar a fome do povo, o FMI tem a receita exata: matar o povo de fome". Anônimo 2.12.2008

 

O Espírito Santo não põe em nós uma fome que Ele não pretenda satisfazer. Que a sua fé, pois, levante vôo e reclame toda a terra que você avistar. — S. A. Keen2.7.2009