Ilustrações Ilustrações E

Emoção

 

A igreja é lugar de família, um lugar de sermos simples e transparentes. É onde podemos nos abrir uns com os outros e nos expressar... Outro dia, entretanto, atendi a uma irmã e ficamos a conversar sentados num dos bancos no fundo do templo. Como havia uma dor em seu coração, a irmã chorava ao me relatar o que se passava. Algo comum em família... mas quanta censura eu percebi em volta! Parecia que não se podia chorar naquele lugar nem naquela hora...

 

“A vida é uma comédia para os que pensam e uma tragédia para os que sentem.” - Horace Walpole

 

É como Galileu que para provar diante do tribunal religioso sua teoria heliocêntrica, trouxe um rudimentar telescópio, e o seu debatedor, o Cardeal, simplesmente se negou a olhar pelo telescópio. Não interessava a realidade. Importava o sentimento: "Sabemos que a terra é o centro do universo e pronto!" Por isso desconfio que é inútil alistar argumentos atrás de argumentos para provar algo muito das vezes...

 

Existe um projeto em UTI neonatal denominado Canguru. Consiste em bebês prematuros ficarem em contato com o corpo da mãe durante algumas horas a cada dia. Dessa forma, os bebês se desenvolvem melhor do que se apenas recebessem cuidados médicos dentro de incubadora. O corpo humano em contato com outro se aquece. Além disso, o contato corporal produz sentimentos prazerosos e saudáveis para as emoções.

 

Frank Laubach orou: "Ó Deus, perdoa as vezes em que olhamos o mundo com os nossos olhos enxutos".

 

De forma humorada, eis uma observação: "Vocês sabem por que os homens morrem, em média, oito anos antes das esposas? ( ... ) Os homens morrem mais cedo e uma das causas principais é o fato de guardarem as coisas lá dentro de si mesmos. Eles guardam as emoções e a tensão, e acabam morrendo dos estragos internos que essa falta de expressao causa. 08-01-2008

 

Um casal de ateus tinha uma filha e jamais havia dito sequer uma palavra de Deus para a criança. Uma noite, quando a menina estava com cinco anos de idade, em meio a uma briga, o pai atirou na mãe, na frente da criança e depois se matou. A menina assistiu a tudo. Após a tragédia, ela foi mandada para um orfanato. A senhora que tomava conta do orfanato era cristã, muito devota. Apresentou Deus para a criança. No primeiro dia do estudo bíblico a senhora informou à professora que a menina nunca ouvira falar sobre Jesus Cristo, pediu-lhe que tivesse paciência com ela. A professora então, mostrando uma foto de Jesus às crianças, questionou: "Alguém sabe me dizer quem é este?" E a menina levantou a mãozinha e disse: "Eu conheço, é o homem que estava me segurando no colo no dia que meus pais morreram!" 30.1.2008

 

O que se vê em um rosto? Chesterfield, político inglês, escreveu: "Olhai o rosto da pessoa a quem falais, se lhe quereis conhecer os verdadeiros sen­timentos, pois lhe é mais fácil dominar as palavras do que a fisionomia". Tryon Edwards define-o nestes termos: "O rosto é a expressão visível da al­ma, a manifestação exterior dos sentimentos e do caráter interiores". 25.2.2008

 

A vitoriosa não pode depender das emoções. Ela precisa depender da autoridade da Palavra de Deus. Se as emoções falham, a Palavra não falha, pois quem faz as promessas é "o Deus que não pode menti!' (Tt 1.2). O crente movido a emoções é volúvel, instável e vítima de arroubos e depressões constantes. A ordem certa, como diz F. B. Meyer, é fato (o que a Bíblia diz), fé (apropriação das promessas de Deus) e emoções (conseqüência natural, imediata ou posterior). Não é necessário, por exemplo, esperar uma agradável sensação para se ter certeza do perdão depois da confissão de pecado. Basta valer-se da promessa de que "se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça" (l Jo 1.9). Colocar o sentir antes do crer nas promessas de Deus é o mesmo que tentar construir o último andar de um edifício sem ter lançado os alicerces. Ultimato Set/Out 2000. 13.3.2008

 

Um menino perscrutava o céu ansiosamente, quando um senhor lhe indagou sobre o que procurava ele divisar no firmamento com tanto interesse. - Minha pipa subiu tão alto, que já não posso vê-Ia... - respondeu ele. - É verdade, eu também não a vejo. Estará ela mesmo lá nas alturas? - questionou o homem com incredulidade. - Claro que sim; posso muito bem senti-Ia, puxando a linha! 19.3.2008

 

O culto público não é ocasião para desparafusar nossa cabeça e depositá-Ia debaixo do banco. A última coisa que devemos fazer, quando chegamos ao culto, é desligar as nossas mentes. Deus quer mentes informadas e corações aquecidos, quando nos reunimos para adorá-Lo. Qualquer outra coisa é um sacrifício inaceitável. 7.5.2008

 

Quem fica com a voz embargada quando assiste a filmes tristes? Quem, de tanta euforia, abraça pessoas que nunca viu na vida? Quem é que fica arrasado quando um relacionamento termina? O homem! 7.5.2008

 

Certa vez escrevi um livro (conta Philip Yancey) intitulado Decepção com Deus. Meus editores ficaram preocupados, porque parecia ser herético apresentar um livro com esse título em livrarias cristãs. Contudo, enquanto eu escrevia o livro, descobri que a Bíblia inclui relatos detalhados de pessoas seriamente decepcionadas com Deus. Jó e Moisés tiveram suas diferenças com Deus, assim como Habacuque, Jeremias e muitos dos salmistas anônimos. Parece estranho que os escritos sagrados incluam cenas de falhas espirituais, mas isto reflete um princípio importante. Um terapeuta matrimonial, ao aconselhar casais, dirá que o "relacionamento pode até piorar, antes de se tornar melhor". Os mal-entendidos precisam ser expostos antes, para que a verdadeira compreensão possa florescer depois. Os salmistas não disfarçam a ira nem dão conselhos abstratos com relação à dor; pelo contrário, eles expressam emoções de forma vívida e gritante, direcionando seus sentimentos, antes de tudo, a Deus. 18.8.2008

 

Contou alguém: Estava ocupado com tarefas caseiras e prestei pouca atenção à voz distante que chegava pela porta dos fundos. Achei que estava ouvindo os filhos dos vizinhos brincando, mas dali a pouco dei-me conta de que alguém estava gritando por socorro. Finalmente, alarmado, corri em direção ao som e encontrei um vizinho com os dedos presos na correia do motor de seu trator de jardim. Ajude-me!, ele gritou. Cortei a correia e soltei-o. Ele havia tentado consertar o motor com o trator em funcionamento. Felizmente, o propulsor desligou, deixando os dedos de meu vizinho apenas comprimidos e machucados. Afastei-me sentindo-me culpado, sabendo que, se tivesse atendido ao seu primeiro grito, poderia tê-lo poupado de algum sofrimento. Ao orar para me tornar mais sensível aos acontecimentos próximos de mim, Deus ajudou-me a ver que às vezes também deixo de perceber o sofrimento emocional das pessoas à minha volta. Compreendi que a preocupação com interesses pessoais muitas vezes me havia feito insensível. A partir desse momento, determinei-me a escutar mais atentamente e ser sensível às necessidades das pessoas ao meu redor. 26.8.2008

 

Cada crente tem uma história singular do seu encontro com Cristo. Ann, uma recepcionista nos Ministérios RBC, disse-me que tem mantido um diário quase a vida toda. Ela tem por tesouro o relato da sua conversão quando tinha 15 anos. Aqui está um excerto: "Eu fui ver o Billy Graham. Eu fui salva! Eu estou muito feliz.... Quando fui salva senti calor no meu coração." 15.9.2008

 

Um cristão que conheço estava zangado com alguém do seu local de trabalho por causa de uma aparente injustiça. Um colega ouviu as suas reclamações e percebeu que seu temperamento ainda estava exaltado. Ele lhe deu este conselho sábio para que o considerasse antes de confrontar os que estavam envolvidos: "Cabeças frias vencem". Ao interagirmos com outros, as diferenças são inevitáveis. O crente com discernimento entende seu próprio coração e dá passos para lidar com o conflito de forma diplomática. Provérbios 17:27 nos diz: "Quem tem conhecimento é comedido no falar". Isso significa analisar uma multidão de opiniões que poderiam inflamar iras posteriores nos outros. Alguém que tem sabedoria vai pensar antes de falar e então vai compartilhar somente as idéias que provavelmente vão ser de utilidade. Os Provérbios também nos dão conselhos sábios na área emocional, para controlar nossas frustrações. "Quem tem entendimento é de espírito sereno". Uma pessoa madura demonstra compreensão, mantendo-se calma dos conflitos. A melhor maneira de resolver problemas é enfrentá-los com um temperamento calmo. Da próxima vez que você se irar, pare e reflita em coração por um momento. Peça a Deus um espírito calmo e as palavras certas para falar. Lembre-se: cabeças frias vencem. 10.12.2008

 

Se não quiser adoecer... "Fale de seus sentimentos". Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia. 29.4.2009

 

A dona de casa falando com o açougueiro: - Quanto está o quilo da carne de segunda? - Quatro e oitenta e cinco! - Credo, que roubo! O senhor não tem coração? - Tenho sim, dona! quatro e cinqüenta!3.9.2009