O QUE TEM NA SUA BAGAGEM?

Josué 7.11-12

 

“O povo de Israel pecou. Eles quebraram a aliança que haviam feito comigo, a aliança que eu mandei que guardassem. Ficaram com algumas coisas que eu mandei que fossem destruídas. Eles roubaram essas coisas, mentiram por causa delas e as colocaram no meio da bagagem deles”.

O que tem na sua bagagem? O que você está levando? Esta é uma época do ano em que muitos tiram férias e viajam, então, bagagem faz parte.

Mas tem outra aplicação que quero fazer: O ano 2020 está começando. Será uma jornada pela frente, e o que carregamos na bagagem?

Eu quero aproveitar que este é o primeiro Domingo do ano, pra nós olharmos pra dentro da nossa mala e vermos se é permitido carregar o que estamos carregando, ou se tem alguma coisa que a gente precisa tirar da nossa bagagem.

Eu tenho uma boa lembrança, vivinha na minha mente, do que uns amigos meus do Seminário fizeram comigo uma vez. Numa Sexta-feira, após as aulas daquela noite, eu iria viajar pra casa, de Campos pro Rio de Janeiro e de lá para Teresópolis. Então, pra ganhar tempo, arrumei a mala durante o dia, porque no final das aulas era só pegar e partir. Nesse meio tempo, enquanto eu estava tendo aula, uns amigos muito amigos mesmo, fizeram uma brincadeira comigo. Pegaram um parelelo, uma pedra de granito desses de rua, embrulharam numa peça de roupa e botaram no fundo da minha mala. No fim das aulas, peguei a mala com toda a pressa e fui pra rodoviária. Mala pesada, mas nem desconfiava de nada. Fiz a viagem, a baldiação de uma rodoviária pra outra, e mala pesada. Cheguei a casa e depois de um tempo, minha mãe foi abrir a mala pra pegar roupas pra lavar e o que tinha lá no meio? Não era uma, não; eram duas pedras de granito, que os amigos, lembrando de mim, colocaram lá.

Eu fiz aquela viagem carregando um peso desnecessário na bagagem. E é assim também na vida da gente. Tem coisas na nossa bagagem que é desnecessário ficar carregando na nossa vida. É sobre isso que eu quero falar.

 

Lemos um texto bíblico em que a história é a seguinte: o povo de Israel era liderado por Moisés, que morreu.  O povo havia sido libertado da escravidão no Egito e Moisés conduzia o povo na atravessia do deserto, a fim de chegar na terra prometida que Deus havia dado.

Mas, Moisés morreu. Deus, então, falou pra Josué: “Josué, agora é com você. Você e todo este povo, preparem-se para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que eu estou para dar” (Js 1.2 – NVI).

Josué se tornou o novo líder. Ele pega o povo, atravessa o Jordão e vai conquistar a primeira cidade da terra prometida, a cidade que tem o nome de Jericó.

Quem estuda a Bíblia, lembra o que aconteceu em Jericó? Deus havia falado pra Josué (6.2-5): “Vocês vão fazer o seguinte: vocês vão rodear a cidade durante sete dias, cada dia uma volta em torno do muro (as cidades antigas eram muradas), mas no sétimo dia, é pra rodear sete vezes”. E Deus falou: “No sétimo dia, sete voltas e vocês vão dar um grito e Eu vou derrubar as muralhas”.

Pois, o povo fez isso e gritou e as muralhas cairam! Interessante que a arqueologia, ciência que estuda os povos antigos, descobriu que o muro de Jericó não caiu pra trás nem pra frente, caiu pra baixo, foi uma implosão.

Irmão, quando Deus promete, Ele cumpre e se precisar fazer milagre, Deus faz. Josué e o povo conquistaram a fortificada cidade de Jericó!

 

Depois de conquistar Jericó, teve uma outra cidade pra ser conquistada, uma cidade de nome engraçado pra nós: “Ai”. Eu não sei se você consegue pronunciar essa palavra difícil: Ai.

Agora, quando foi pra conquistar a cidade, Deus havia dado uma ordem pro povo, Deus disse: “Josué, Toda a prata (e preste atenção na ênfase da palavrinha “todo”), todo o ouro e todos os utensílios de bronze e de ferro são sagrados e pertencem ao Senhor e deverão ser levados para o seu tesouro”.

Deus deu uma ordem e quando Deus dá uma ordem, a gente deve fazer o que? Obedecer, devemos cumprir, porque o segredo da vitória é a obediência. Obedeça a Deus e você vai ter vitória na sua vida.

Porém, teve um do povo de Israel que viu esses tesouros, viu uma capa babilônica, roupa bonita, de grife, viu peças de prata, viu barras de ouro, e disse: “Vou separar um pouquinho pra mim”.

O camarada não aguentou. Ficou naquela: “pego ou não pego, pego ou não pego”, e Deus tinha falado: “são sagrados e pertencem ao Senhor”. Mas, ele foi lá e pegou e escondeu na bagagem dele. Ninguém viu, ninguém deu falta de nada. Beleza!

Só que, quando eles partiram para conquistar a próxima cidade, aquela de nome difícil, Ai, que era uma cidade tão pequena quanto o próprio nome, que Josué falou: “Eu não vou nem mandar muitos soldados pra essa luta, não”. Mandou pouquinho só, mandou três mil homens.

É que o exército de Israel era numerossíssimo! Então, foram só três mil soldados lutar contra a cidade de Ai para conquistá-la.

Aconteceu, porém, que eles voltaram daquela batalha, a Bíblia diz, eles voltaram derrotados, envergonhados, porque perderam 36 soldados e não conquistaram a pequenina cidade de Ai.

Deram o relatório pra Josué. Josué foi orar a Deus, foi perguntar: “Senhor, por que perdemos essa batalha? Jericó que era muito mais forte, muito mais poderosa, tinha até um muro cercando a cidade, e nós conquistamos, mas essa cidadezinha de Ai, a gente não conseguiu. Por que?”

E Deus explicou (7.11): “Porque tem gente levando coisa na bagagem que não devia estar levando”. E foram ver e descobriram quem era que tava levando. O nome do infeliz era Acã.

Essa é a história. Josué teve que identificar o que estava na bagagem e que não devia estar lá. Ele teve que tirar da bagagem aquilo que não era permitido carregar, pra poder voltar a ter vitória.

Irmão, a mensagem hoje é essa: quem sabe, você está sendo derrotado em áreas da sua vida que você podia estar tendo vitória? E você questiona: “Meu Deus, eu já venci tanta coisa na minha vida, por que nessa área eu não consigo ter vitória?”

 

Pode ser que você esteja carregando na sua bagagem uma coisa que precisa tirar. E eu vou dizer pra você: tira que a vitória volta a acontecer. Foi exatamente assim com o povo de Israel.

O que tem na sua bagagem? O que você está carregando de 2019 para 2020? O que tem na sua bagagem tá produzindo vitória ou produzindo derrota?

Temos que dar uma olhada, porque se tem alguma coisa que tá produzindo derrota, devemos fazer o que? Tirar fora.

E, irmão, faz isso, porque Deus quer que o ano 2020 seja um ano de vitória na sua vida! Amém? (…pouca gente parece que gostou.)

Portanto, tem alguns cuidados que você deve tomar com a sua bagagem. O que você está carregando na bagagem da sua vida, no coração?

 

…primeiro cuidado que precisa ter: 

1- CARREGAR O NECESSÁRIO.

Cuidado pra não carregar coisas, achando que vai ter necessidade delas, mas que não é pra você carregar.

Quando Acã viu as barras de ouro, a prata, a capa babilônica, ele falou: “Eu tenho que levar isso aí!” Ele tava errado ou tava certo? Ouro é bom? É. Prata é coisa boa? É. Roupa de marca, é boa? É. Acã olhou pra aquilo e desejou. Era bom. Mas o que Deus tinha falado? “Não pode levar”.

Tem coisa que você pode achar que é muito boa pra você, mas Deus não quer que você carregue, então, não carrega!

Quem aqui já fez uma viagem de férias e lotou a mala de coisas desnecessárias? Foi viajar carregando peso e quando voltou pra casa, viu que levou coisas que não precisava ter levado porque não usou. Os homens, os homens,  fazem muito isso. Enchem a mala de sapatos, enche de roupas. enche de coisas que não precisa, porque não vai usar, mas enche a mala.

Hoje em dia, sabia, sai mais barato viajar com pouca coisa. Pra viajar de avião, você só leva bagagem de graça se for na mão e se não pesar mais de 10 quilos. Por que? Porque as empresas não querem levar peso.

Nossa vida tem que ser assim também. Pra quê carregar o peso de coisas ruins do ano 2019 para o ano 2020, que você não precisa?

Pra quê carregar o rancor, a briga de família, a briga de grupo no WhatsApp, os problemas financeiros? Tem um monte de coisa que você poderia deixar e não carregar mais nesse ano. Por que? Porque Deus quer que 2020 seja um ano de vitória para a sua vida!

 

…segundo cuidado que a gente tem que ter com nossa bagagem para a jornada deste Ano Novo que Deus nos deu:

2- NÃO CARREGAR COISAS ERRADAS.

Se eu carrego coisas erradas na bagagem da minha vida, não é só a minha vida que está em risco.

Sabe o que a Bíblia diz? Quando Josué mandou os três mil soldados avançarem contra a cidade de Ai, trinta e seis soldados morreram, perderam a vida.

Mas, preste atenção, a pessoa que tava com o ouro, a prata e a capa babilônica, não morreu não. Isso significa que tem gente que pode sair prejudicada por causa daquilo que eu tô levando no meu coração, na minha bagagem.

A minha decisão errada pode prejudicar a minha família, prejudicar os meus filhos, prejudicar a minha esposa, prejudicar os meus relacionamentos, prejudicar a minha igreja. Por isso que temos que estar atentos ao que estamos carregando em nossa bagagem.

Você precisa selecionar direito o que vai carregar no seu coração, pra você não prejudicar ninguém que está perto de você.

Mas, é o que o diabo mais quer, que que você carregue na sua bagagem o rancor, o ressentimento, a briga, a tristeza, o desânimo, porque quando o seu coração está cheio dessas coisas, você sofre o peso, mas quem estiver perto de você, vai sofrer também.

Mas, quando Deus te abençoa, as pessoas em volta são abençoadas também. Quando você é abençoado, todo mundo que se aproxima de você, vai ser abençoado, porque o seu coração tá leve, você tem palabras boas, você é uma pessoa animada, cheia de fé.

Por isso que Deus quer te dar vitória. Porque quando você tem vitória, a sua família tem vitória, os seus amigos tem vitória, a sua igreja tem vitória!

Então, cuide pra não carregar nada errado, nenhum pecado, na sua bagagem.

 

…terceiro cuidado pra tomar com a bagagem da nossa vida nesta jornada de 2020: 

3- PASSAR NA REVISTA.

Irmão, se Deus revistar a sua bagagem, o que Ele vai encontrar? O que Deus vai encontrar na minha bagagem?

Pensa: Josué viu Acã escondendo aquelas coisas na bagagem dele? Não. Os amigos viram? Não. A igreja viu? Não. Quem viu? Deus. Tem coisas que ninguém vê, mas Deus tá vendo.

Os soldados sairam pra lutar e quando voltaram derrotados, Josué falou: “Senhor, o que aconteceu pra sermos derrotados?” E Deus respondeu: “Dá uma olhadinha na bagagem de alguém aí, passa no raio x”.

Você sabe que existem aparelhos que permitem ver o que está dentro. Tem o ultrassom, tem o scanner. Tem equipamento que permite ver tudo que está dentro da mala da gente.

Agora, Deus tem um olhar muito mais poderoso que tudo isso junto. Quando Deus passa os olhos sobre nossa bagagem, Ele vê tudo com nitidez e alta resolução.

E, sabe, no banco, na loja, no aeroporto, a pessoa passa vergonha se o aparelho apitar. Logo aparece alguém pra dizer: “encosta aí, mãos pra cima e pernas abertas”. Você vai ser revistado. É constrangedor. Outro dia, finalzinho do ano, uma turma foi fotografada lá na praça, sendo revistada por policiais. A foto correu o Face…

Deus olha o que carregamos e mesmo quando Ele identifica algo errado em nós, o propósito dEle não é nos envergonhar, porque Deus está interessado é na próxima vitória da nossa vida.

Levanta sua mão que eu vou liberar uma palavra profética: Você não será envergonhado na próxima luta, porque Deus vai te dar vitória!

Mas esses cuidados devemos tomar com nossa bagagem, porque muitas vezes, sofremos derrotas desnecessárias.

Ai era uma cidade pequena, Josué mandou só três mil soldados pra lá. Podiam ter vencido aquela batalha, mas voltaram derrotados.

Em alguma área da sua vida, você já disse: “Ah eu podia ter vencido essa!”? O negócio tão fácil, tão simples e a gente fica sofrendo derrotas em coisas que podíamos estar experimentando vitórias.

Irmão, guarda isso: Deus quer nos livrar de derrotas desnecessárias. Então, confere o que você está carregando no seu coração.

 

E vamos ao ponto seguinte: 

O QUE FAZER PARA VOLTAR A TER VITÓRIAS?

A Bíblia diz (Js 7.6) que Josué rasgou suas vestes, se prostrou em terra, e cobriu a cabeça com terra. Sabe o que significa isso? Era Josué reconhecendo o erro diante de Deus.

Irmão, a primeira coisa a fazer pra você voltar a ter vitórias na vida, é reconhecer o seu erro.

Mas, espera lá, quem fugiu derrotado do inimigo foram os três mil soldados. Eles é que voltaram envergonhados.

Sim, mas no v.8 lemos que Josué falou: “Senhor, Israel foi derrotado”. O que é lindo ver aqui, é Josué assumindo a responsabilidade. Não foram os três mil soldados que fugiram do inimigo, foi o povo de Israel, foi Josué junto. Josué se envolveu na questão.

Ele não ficou transferindo responsabilidade. Ele estava dizendo: “Eu tô colhendo o que eu plantei”. Se queremos mudança pra nossa vida, temos que chamar a responsabilidade pra nós.

Quem sabe, 2019 foi um ano em que aconteceram coisas na sua vida que te desanimaram, você se acomodou, você esfriou na fé, mas agora, reconheça a sua parte nisso.

Você tem que dizer: “Senhor, tem esse negócio errado aqui na minha vida, e a culpa não é da minha esposa, a culpa não é da minha família, a culpa não é da igreja, a culpa não é do Brasil, não é do governo. O que eu estou vivendo é culpa minha”.

Se quer ter uma vida de vitória, chama a responsabilidade pra você. Mas a pessoa tá desanimada na igreja? E acha alguém pra culpar. Mas quem que diminuiu o ritmo? Que você diga: “Senhor, eu perdi o gás, a culpa é minha, eu quero voltar a ser como antes”.

Tá com problema financeiro? E você tá culpando quem? Quem gastou no seu cartão? Quem que teve o olho maior do que tamanho do bolso? Então diga: “Senhor, tô enrolado financeiramente, mas a culpa é minha, eu quero consertar”.

Eu e Tânia no começo do nosso casamento, já andamos enrolados com cheque especial. Mas, assumimos a nossa responsabilidade e consertamos. Hoje, nem fala em cheque especial com a gente, não.

Mas tem gente carregando dívidas de 2019 pra 2020. Olha a revelação porque isso acontece: é porque você gasta mais do que ganha. Tem que gastar menos!

Então, primeira coisa pra voltar a ter vitórias: chamar a responsabilidade para si. “Senhor, as coisas lá em casa não tá legal e a culpa é minha. Eu é que preciso melhorar”. Não fica jogando a culpa no outro: “Tá assim por causa da minha mulher, tá assim por causa desse homem ignorante”.

Josué chamou a responsabilidade, reconheceu que o erro era dele. Pois, chama a responsabilidade pra você e diga: “O culpado até agora fui eu, mas coisas vão melhorar em 2020”.

 

Em segundo lugar, se você quer voltar a ter vitória, lemos no v.10 que Deus disse pra Josué: “Levante-se! Por que você está aí prostrado?”

O que Josué teve que fazer? Se levantar. Isso significa que ele teve que agir. Deus estava dizendo: “Josué, se você tomar posição, se você agir de forma correta, eu vou te abençoar. Você vai encarar novamente aquela cidadezinha de Ai e você vai ter vitória!”

Deixa eu liberar uma palavra profética, pra alguém aqui: “você sofreu uma derrota nos últimos meses, mas dá pra mudar. 2020 vai ser o ano da mudança na sua vida”.

Deus falou pra Josué: “Por que você está prostado diante de mim? Você já reconheceu a sua parte, agora, levanta. Tome a atitude favorável e as coisas vão mudar”.

Pega na mão do irmão aí e diz pra ele: “Eu vou me levantar. Vamos?”. Não, parece até que você entendeu "deitar", mas é levantar, irmão. Fala com convicção. Pega na mão de novo e diga: “Eu vou me levantar e vai ter vitória de Deus na minha vida”. Aleluia!

 

O v.13 também mostra o que devemos fazer pra voltar a ter vitória.

O primeiro conselho é reconhecer, o segundo é levantar e agora, no v.13, está o terceiro conselho: tem que tirar. Pra voltar a ter vitória, reconheça, levante-se e tira o que precisa ser tirado.

Vai lá no meio da sua bagagem, examina o seu coração, examina a sua vida, identifica, passa um pente fino pra tirar o que precisa ser retirado.

Quem lembra do pente fino aí? Eu já não lembrava mais o que era um pente, tanto tempo faz que parei de usar. E pente fino pra que serve? Pra tirar piolho, mas é não só piolho, as lendeas também.

Tem coisas que só sai no pente fino. Deus está falando: O que tem na sua bagagem? O que você está carregando no seu coração pra esse ano? Decepção, vícios, pecados?

Você está carregando coisas desnecessárias. Passa um pente fino. Retira o que tem que ser retirado pra você voltar a ter vitória.

 

E o resultado final: 

O QUE ACONTECE QUANDO OBEDECEMOS A DEUS?

A primeira coisa que acontece é o seguinte. Em 8.1, Deus falou pra Josué: “Não tenha medo! Não se desanime! …avance contra Ai. Eu entreguei nas suas mãos o rei de Ai, seu povo, sua cidade e sua terra”. Sabe o que isto significa? Que o lugar da vergonha vai se tornar o lugar da vitória.

O primeiro resultado é a aprovação de Deus. Deus havia falado (v.12): "Eu não estou mais com vocês, porque tem coisa na bagagem que não poderia estar”. Deus falou: Mas, quando Israel resolveu, Deus disse: “agora podem ir porque Eu estou com vocês de novo”.

Irmão, quando eu tomo atitude certa, quando eu retiro o que precisa ser retirado, a Biblia diz que Deus vai aprovar a minha atitude. Deus recompensa a obediência.   

 

Olha o segundo resultado da obediência, lemos em 8.2. Deus deu uma estratégia pra eles: “Josué, vai com pouca gente na sua frente, mas a maior parte dos soldados coloca por trás da cidade”. Sabe o que Deus estava dizendo? “Estou te dando uma estratégia pra você vencer”.

Interessante, Josué podia ter pensado nisso, mas não pensou. Mas Deus ajudou, deu essa estratégia, simples, mas que trouxe a solução.

Irmão, quando você está em obediência, Deus vai te dar uma estratégia pra vencer também. Pode ter a ver com a sua família, com a vida financeira, Deus vai te dar uma estragéia. Ela pode ser simples, mas é de Deus, vai dar certo. Você vai ter vitória.

 

O que você precisa tirar da sua bagagem pra ter vitória neste ano de 2020?

Não adianta carregar o que tá te prejudicando.

 

Pr Walter Pacheco da Silveira, 5.12.2020

Referência: Cristian Oliveira