FATOS A CONSIDERAR EM INÍCIO DE ANO

Diversos

 

Hoje quero apresentar a vocês alguns fatos importantes a considerar em início de ano. Serão apenas três.

Na verdade, toda ocasião é uma boa ocasião para considerar estes fatos, mas o início de ano é formidável para isto, porque todos ficamos mais abertos às resoluções e a novos propósitos.

Então, fatos a considerar em início de ano. O que é um fato? Falando de forma bem simples, um fato é algo que é verdadeiro, e que não deixa de ser verdadeiro mesmo quando não se dá importância a ele. Um fato sempre será um fato.

Às vezes ignoramos certos fatos. Por exemplo, na Índia existe um vilarejo chamado “Piplantri” e nesse vilarejo, acontece um fato que nem todo mundo sabe. Eu não sabia que em “Piplantri”, todas as vezes que nasce uma menina, os moradores do lugar plantam 111 árvores. Não é “fake”, não! Tá registrado na Wikipédia, no Google.

Mas tem fatos que ignoramos, não por desconhecimento, mas por falta de interesse mesmo. São fatos que não nos agradam muito e então, não gostamos de pensar neles.

Os fatos bíblicos, por exemplo. A Bíblia fala de fatos que são da maior importância para todas as pessoas, mas muitos não param nenhum um pouco para pensar neles.

Então, mesmo que alguém não goste muito, não é bom ignorar os fatos, principalmente, os fatos que a Bíblia revela. Vou destacar apenas três.

 

PRIMEIRO FATO: Você sabe quantos anos tem, mas não sabe quantos anos “ainda” tem.

É um fato, não é? Tiago, irmão de Jesus e líder da primeira igreja cristã de toda a história, disse numa carta que escreveu: “Ouçam agora, vocês que dizem: "Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro". Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo” (Tg 4.13-15 – NVI ).

Ele diz que nossa vida é como um vapor, uma neblina, que aparece por um pouco e depois some.

No salmo 103, os dias de nossa vida, em termos de duração, são comparados à flor do campo que murcha e cai rapidinho: “A vida do homem é semelhante à relva; ele floresce como a flor do campo, que se vai quando sopra o vento e nem se sabe mais o lugar que ocupava” (15-16 – NVI).

O salmo 90 (v.9-10 – ARC ) diz que nossos anos se vão como um “conto ligeiro”, isto é, uma “história pequena”. Tipo uma que inventei certa vez, brincando com a Aline do Léo e falando sobre o pé de cajá aqui da frente. O filho deles, o Mateus, tem 1 aninho. Eu disse na minha história: “O Mateus vai subir nesse pé de cajá vai e tirar lá de cima, o netinho dele”. Nossa vida, no dizer do salmista, é um conto ligeiro.

Outra abordagem interessante desse fato, encontramos no livro de Jó 9.25 (ARC): “E os meus dias são mais velozes do que um corredor; fugiram e nunca viram o bem”.

A referência é provavelmente à pessoa que era responsável por levar a correspondência, especialmente a correspondência dos reis e das autoridades, o “carteiro” da ocasião. Ele era veloz, e, então, procurando uma figura para falar sobre a rapidez como passa a vida, Jó pensou: “É, a minha vida vai passando mais rápido do que um carteiro consegue correr, um atleta feito Marcos Alecrim consegue correr”.

Então, nossa vida, em termos de duração, é como um vapor, ou é como a flor do campo, ou como uma história pequena, ou ainda como um corredor veloz.

E quem pode dizer que isso não é verdade? É verdade. É um fato. E, sendo verdade, você é capaz de dizer quantos anos tem hoje, mas não é capaz de dizer quanto tempo “ainda tem” para viver.

A vida passa rapidamente. Eu tive uma experiência de meditação nisso logo no primeiro dia útil desse ano! Fui à agência dos correios, peguei a senha e aguardei a minha vez. Os smartphones são utilíssimos nessas horas. Aproveitei para acompanhar as notícias pelo Twuiter. Não demorou muito, o atendente chamou: “Prioridade, por favor”. Nem dei atenção. Me envolvi com o celular.  Tornou a chamar outra vez: “Prioridade!” Na terceira vez, notei que ele já tinha se alterado. Olhei para os lados, não tinha nenhum senhorzinho ou senhorinha. Aí, o que estava atrás de mim, cutucou: “É o senhor, ele tá chamando os que têm prioridade”. Eu pensei: “Meu Deus, só foi virar o ano e agora que a vida tá passando mesmo!”

 

Isso nos leva ao SEGUNDO FATO: Você tem muitas coisas importantes a fazer na vida, mas a mais importante é "lembrar-se" de Deus.

Bem, você pode não considerar assim, e nem crer assim, mas, como já disse, um fato não deixa de ser fato só porque não gostamos de pensar nele.

A Bíblia fala sobre esse fato várias vezes. Uma é em Ec 12.1: “Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que venham os dias difíceis e antes que se aproximem os anos em que você dirá: "Não tenho satisfação neles” (NVI). E antes que, olha o v.7: “o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu” (NVI).

Um pouquinho antes de expressar isso, Salomão escreveu dizendo, especialmente aos jovens, para alegrarem-se em sua juventude: “Lembre do seu Criador enquanto você ainda é jovem, antes que venham os dias maus e cheguem os anos em que você dirá: “Não tenho mais prazer na vida” (Ec 12.1 – NTLH). Então, sendo assim, lembrem-se de Deus; lembrem-se do Seu Criador, antes que... seja tarde demais.

Então, esse é um fato no qual devemos pensar. Você tem muitas coisas importantes a fazer na vida, algumas nem tão importantes, mas que você tem o desejo de fazer.

Entretanto, se você fizer essas coisas, mas esquecer-se de Deus, então, um dia você vai estar diante de Deus não salvo, mas condenado. O inimigo te distraiu e você não percebeu.

Lembre-se de Deus. Lembre-se de Deus “agora”, antes que seja tarde demais. Você não sabe se haverá amanhã. Você não sabe, então, lembre-se de Deus.

 

E o TERCEIRO FATO, apesar de até já ter dito, mas reforçando ainda mais: Todos vamos nos encontrar com Deus e precisamos estar preparados.

Deus disse a Israel através de Amós: “Por isso, ainda os castigarei, ó Israel, e, porque eu farei isto com você, prepare-se para encontrar-se com o seu Deus, ó Israel.” (Amós 4:12 – NVI).

E o apóstolo Paulo nos diz: “Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más” (2Co 5.10 – NVI) Então precisamos estar preparados.

E como é que nos preparamos? Quando é que podemos dizer que estamos preparados?

Precisamos ver o que a Bíblia nos diz sobre isso:

A Bíblia fala que temos que nos arrepender. Veja o que está escrito no evangelho de Mateus: “Daí em diante Jesus começou a pregar: "Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo” (Mateus 4:17 – NVI).

No evangelho de Marcos, lemos: “Eles saíram e pregaram ao povo que se arrependesse” (Mc 6.12 – NVI).

No livro de Atos, lemos: “No passado Deus não levou em conta essa ignorância, mas agora ordena que todos, em todo lugar, se arrependam. Pois estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio do homem que designou. E deu provas disso a todos, ressuscitando-o dentre os mortos" (At 17.30-31 – NVI).

A Bíblia fala que temos que crer, veja: “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que crêem no seu nome” (Jo 1.11-12 – NVI).

Um verso famoso da Bíblia diz: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16 – NVI).

Outro verso diz: “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus” (Jo 3.18 – NVI).

Outro verso diz: “Quem crê no Filho tem a vida eterna; já quem rejeita o Filho não verá a vida, mas a ira de Deus permanece sobre ele” (Jo 3.36 – NVI).

E finamente, outro texto diz: “Eles responderam: "Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa” (At 16.31 – NVI).

Arrependimento é mudança de mente, sentimento e atitude em relação ao pecado.

Crer é confiar no sacrifício de Jesus como suficiente para a nossa salvação e outorgar a alma, a vida inteira aos cuidados de Deus em Cristo.

Acontece então o milagre da regeneração, o milagre da justificação, o milagre da salvação.

Vamos estar diante de Deus um dia, para prestação de contas. Precisamos estar preparados se não quisermos ser condenados à perdição eterna.

 

CONCLUSÃO

Você sabe dizer quantos anos já viveu até aqui, mas não sabe dizer quantos anos ainda viverá. Nem mesmo sabe dizer se serão anos ou meses ou dias ou mesmo minutos o restante de sua vida. Espero que sejam muitos anos, mas o fato é que não sabemos.

Você tem muitas coisas a fazer, coisas importantes até, mas a coisa mais importante é lembrar-se de Deus e viver para Ele.

Um dia você vai se encontrar com Deus e precisa estar preparado, e para estar preparado você precisa de Jesus.

Estes são fatos bíblicos. Você pode ignorá-los, você pode não crer neles, você pode até dar risadas desdenhando deles e de quem neles acredita e os anuncia, mas eles permanecem sendo fatos, e um dia, para todos, até para os completos ateus, eles serão comprovados. Será tarde demais para muitos, mas serão comprovados. Mas, que tal comprovação não aconteça tarde demais para ninguém aqui.

 

Pr Walter Pacheco da Silveira, 

Referência: Walmir Vigo