ANSIEDADE

  • O escritor inglês W.H. Auden, disse que estamos vivendo na Idade da Ansiedade. Por sua vez o escritor francês Albert Camus disse que estamos no “século do medo”. De fato a época em que vivemos é má. Todavia os crentes em Jesus crêem nesta mensagem (Fp 4.5) e nesta outra (1Pe 5.7).

 

  • Um médico experiente, analisou as preocupações características de seus pacientes e verificou que 40% deles estavam preocupados com coisas que nunca iriam acontecer; 30% estavam preocupados com coisas acontecidas no passado; 12% tinham medo de perder a saúde, embora sua única doença estivesse na imaginação. Os outros 18% tinham outras preocupações, mas o médico descobriu, que em geral, elas não tinham qualquer fundamento. Compare-se isto à Fp 4.5,6

 

  • Don Quixote de La Mancha, personagem da obra de Miguel de Cervantes, montava seu cavalo e na fiel companhia do amigo Sancho, percorria enormes distâncias em busca de aventuras. Numa das famosas cenas do livro, Dom Quixote, a fim de proteger uma senhorita por quem se apaixonara, investe-se contra um moinho de vento, imaginando tratar-se de perigoso monstro de garras destruidoras. E é dessa forma que todas as atitudes de Quixote acabam por levá-lo a confusões desastrosas. Hoje em dia, isso ainda ocorre. Há pessoas que dramatizam tanto determinadas situações, que acabam por torná-las ainda mais embaraçosas, fazendo verdadeira tempestade em copo d’água. São pessoas que insistem em ver monstros assustadores onde só existem moinho de vento.

 

  • Um famoso humorista americano do século 19, saiu com a seguinte declaração: "Sou um velho, e vi muitos problemas - mas a maioria deles jamais aconteceu" Por que se ocupar hoje de problemas que surgirão apenas no futuro...? (João Soares da Fonseca - Revista Compromisso/3º Trim-2001).

 

  • Um relógio começou a calcular o trabalho que teria que fazer no ano seguinte. Um raciocínio mais ou menos assim: "Se eu tiquetaquear duas vezes por segundo, isso quer dizer que terei que tiquetaquear 120 vezes a cada minuto. Numa hora, serão 7.2000 vezes; durante o dia, em 24 horas, serão 172.800 vezes. Ora, num ano precisarei tiquetaquear 63 milhões de vezes. Em dez anos, 630 milhões". Assim, de cifra em cifra, imaginando o tanto que teria de suar, o relógio não resistiu: Teve um colapso e pifou. (João Soares da Fonseca - Revista Compromisso/3º Trim-2001).

 

  • Um dia, quando João Wesley estava longe de sua casa, alguém veio correndo ofegante em sua direção, repetindo monotonamente: - "Sua casa foi destruída por um incêndio! Sua casa foi destruída por um incêndio!" Wesley, entretanto, respondeu: -"Não, não foi; pela simples razão que não tenho casa nenhuma. Aquela em que eu tenho morado já há muito tempo pertence ao Senhor, e se ela pegou fogo, é uma coisa a menos para eu me preocupar!" Radical, não? Mas é exatamente esse o espírito das palavras de Jesus ao denunciar a preocupação como um pecado. (João Soares da Fonseca - Revista Compromisso/3º Trim-2001).

 

  • A inquietação é cega, porque não vê o cuidado de Deus demonstrado na preservação da natureza... O grande cientista Albert Einsten, dizia: "Há duas maneiras de se viver a vida. Uma é como se nada fosse milagre. A outra é como se tudo fosse milagre". (João Soares da Fonseca - Revista Compromisso/3º Trim-2001).

 

  • Quantos que vão ao trabalho com aquela preocupação: "Demissão se escreve com um "ç" ou com dois 's'?".

 

  • Cyril J. Barber escreveu um livro sobre liderança cristã e num dos capítulos lemos: "Nossas orações diárias diminuem nossas preocupações diárias".

 

  • Una anciana frágil se cayó y se fracturó la cadera. El médico colocó los huesos lo mejor que pudo, pero sabía que le esperaba una larga e incómoda recuperación. Al día siguiente, cuando la visitó en el hospital, la encontró con una gran ansiedad. «¡Ay doctor! --preguntó-- ¿cuánto tiempo tengo que permanecer en cama?» Con sabiduría y amabilidad, él contestó: «Sólo un día. . . un día a la vez.» Esa fue una respuesta sabia. Me recuerda las palabras del Señor Jesús. Él enseñó una lección similar cuando dijo: «Así que, no os afanéis por el día de mañana, porque el día de mañana traerá su afán. Basta a cada día su propio mal» (Mateo 6:34).

 

  • Una piadosa mujer que había vivido lo suficiente como para aprender algunas lecciones importantes dijo: «He tenido muchos problemas en la vida, y la mayoría de ellos nunca sucedieron.»Fonte: Osvaldo Carnival - osvaldocarnival@sion.com

 

  • O homem que sofre antes de ser necessário, sofre mais que o necessário. Sêneca - Fonte: www.frasesedu.hpg.ig.com.br

 

  • Um soldado francês levava consigo durante a Primeira Guerra Mundial a seguinte receita contra a preocupação: "De duas coisas, uma é certa. Ou você está na vanguarda, ou na retaguarda da batalha. Se estiver na vanguarda, de duas coisas uma é certa. Ou você se encontra exposto ao perigo, ou num lugar seguro. Se você está exposto ao perigo, de duas coisas uma é certa. Ou você está ferido, ou não está. Se estiver ferido, de duas coisas uma é certa. Ou vai se recuperar, ou vai morrer. Caso se recupere, não deve se preocupar. Caso morra, não terá como se preocupar. Por que, então, se preocupar?"

 

  • Certo homem, dirigindo a sua carroça passou ao lado de um viajante que a pé, carregava um pesado saco às costas. Ofereceu-lhe uma carona. Depois de certo tempo notou que o homem, apesar de estar na carroça, ainda segurava o fardo nas costas. Por que o senhor não coloca a bolsa no fundo da carroça? Perguntou o homem. Bem, respondeu o caroneiro, o senhor já é tão bondoso em me levar que não quero lhe dar este incômodo de levar este saco. Amigo, quantas vezes fazemos exatamente assim com Jesus? Cremos que Ele carregou nos Seus ombros a pesada cruz em nosso lugar. Cremos que Ele leva a nossa alma a salvo para o Lar Celestial, mas achamos que nós mesmos temos que carregar os fardos de nossas preocupações diárias, sejam elas grandes ou pequenas. Como é maravilhoso saber que podemos entregar a Jesus, cada dia, todos os nossos problemas e preocupações. Nada e tão pesado que Cristo não possa carregar e nada é tão pequeno que não O possa interessar. Façamos isto! - Fonte: anaclaudia32002.

 

  • A maneira de não se preocupar com nada é orar sobre tudo.

 

  • Talvez já tenhas visto a frase, UM DIA DE CADA VEZ, em algum autocolante num carro, placa, ou outro sítio. A máxima é usada muitas vezes para recuperar alcoólicos, como um lembrete de que a pessoa não tem que permanecer sóbria para sempre – mas simplesmente hoje. Um mês, ou até uma semana, sem álcool, pode-lhes parecer impossível. Porém a chave para o sucesso reside na confiança em Deus que dá a força para dizer não a uma bebida hoje. O fio de se viver “um dia de cada vez” é todo ele tecido na fábrica das Escrituras. Deus providenciou o maná para os Israelitas diariamente (Êxo. 16.4). As misericórdias do nosso Pai celestial são novas cada manhã (Lam. 3.22,23). O Senhor Jesus ensinou os Seus seguidores a pedirem o pão diário (Mat. 6.11) e a recusarem preocupar-se com o amanhã (v.34). É uma lição que parece que aprendemos com dificuldade, mas que detém a chave para a vida e paz. Quando enfrentamos uma situação que parece esmagar-nos, podemos ser impelidos para o desespero, interrogando-nos sobre como sairemos daquilo. Mas as palavras de consolo e encorajamento de Deus lembram-nos que Ele «de dia em dia nos carrega de benefícios» (Sal. 68.19). Pão diário. Luz diária. Força diária. Quando o amanhã parecer demasiado longo para suportar, Deus lembra-nos para confiarmos n’Ele – um dia de cada vez. - Fonte: www.gospelcom.net/rbc/pd/2000/Fevereiro2000.htm

 

  • Deus não nos pede para carregarmos os pesos de amanhã com a força de hoje.

 

  • Um notável pregador inglês J.H.Jowett acreditava que uma paz interior não vem de circunstancias tranqüilas, mas de um coração despreocupado. Ele disse: " Se tivermos que ouvir 100 pessoas a repetir a frase " Não deixes o teu coração estar preocupado", observaremos que 99 dessas pessoas enfatizam a palavra preocupado; ...eu sou levado a crer que se deve dar ênfase à palavra coração... O coração deve estar revestido de uma serena realeza, mesmo quando o inferno está a bater e a causar distúrbios nos seus portões.” As palavras preceptivas de Jowett levaram-me a desejar ver se estou a despender mais energia tentando evitar dificuldades do que a deixar que elas me levem a conhecer melhor a Cristo. Se assim for, nada mais posso esperar a não ser frustração e fracasso. Jesus disse aos Seus discípulos, "Não se turbe o vosso coração" (João 14.1). Isto era para os preparar para os dias difíceis da Sua crucificação. Ele sabia que eles poderiam resistir à tempestade apenas confiando n’Ele, apesar do aparente triunfo do mal. - Fonte: www.gospelcom.net/rbc/pd/2000/Junho2000.htm

 

  • Tem coisas que só uma mãe poderia ensinar. Outro dia alguém estava dizendo: "Minha mãe me ensinou sobre ANTECIPAÇÃO: "Espera só até seu pai chegar em casa!"

 

  • O autor Jean Pierre de Caussade, disse que em cada dia, podemos experimentar a paz de Deus, quando pararmos de ser agitados acerca do que ‘pode ser’ ou o que ‘poderia ter sido,’ e nos concentrarmos no que realmente “é.” Escreveu: "É necessário nos separarmos de tudo o que sentimos ou fazemos, para caminharmos com Deus no dever do presente momento... Cada momento impõe uma obrigação virtuosa em nós, a qual compromete as almas a obedecer fielmente." - Fonte: www.gospelcom.net/rbc/pd/2000/Outubro2000.htm

 

  • A preocupação é como uma cadeira de balanço, dá-te algo com que te entreteres, mas não te leva a lado nenhum.

 

  • A culpa preocupa-se com o passado. A preocupação pensa no futuro. O contentamento deleita-se no presente.

 

  • Una piedosa mujer que había vivido lo suficiente como para aprender algunas lecciones importantes dijo: «He tenido muchos problemas en la vida, y la mayoría de ellos nunca sucedieron.»Fonte: Osvaldo Carnival - osvaldocarnival@sion.com

 

  • O homem que sofre antes de ser necessário, sofre mais que o necessário. Sêneca - Fonte: www.frasesedu.hpg.ig.com.br

 

  • Um soldado francês levava consigo durante a Primeira Guerra Mundial a seguinte receita contra a preocupação: "De duas coisas, uma é certa. Ou você está na vanguarda, ou na retaguarda da batalha. Se estiver na vanguarda, de duas coisas uma é certa. Ou você se encontra exposto ao perigo, ou num lugar seguro. Se você está exposto ao perigo, de duas coisas uma é certa. Ou você está ferido, ou não está. Se estiver ferido, de duas coisas uma é certa. Ou vai se recuperar, ou vai morrer. Caso se recupere, não deve se preocupar. Caso morra, não terá como se preocupar. Por que, então, se preocupar?"

 

  • A maneira de não se preocupar com nada é orar sobre tudo.

 

  • O grande filósofo dinamarquês Sorem Kierkegaard acreditava que a ansiedade sempre surge quando nos defrontamos com o fato de nosso próprio crescimento. Parece ser uma norma da vida que não se pode evoluir sem experimentar esse sentimento familiar e enervante.

 

  • Um pai estava construindo uma casa e pediu a seu filho que lhe ajudasse. - "Filho, traga-me aquelas pedras grandes para que eu possa seguir edificando" - lhe disse. O filho saiu para cumprir a ordem do seu pai, mas suas forças eram poucas para levantar as pedras. Voltou e disse ao seu pai que não podia, que eram muito pesadas. O pai insistiu, dizendo: - "Filho, prova com todas as tuas forças e verás que vais conseguir." - "Pai, já tentei com todas minhas forças e não consegui! - Tenta outra vez, insistiu o pai, mas agora com todas as tuas forças". O jovem, obediente, voltou ao lugar onde estavam as pedras, se esforçou ao máximo, experimentou com todas as pedras, mas não conseguiu com nenhuma. - "Pai" - disse ele com lágrimas nos olhos. "Provei com todas as minhas forças e não consegui. Sinto muito, mas não posso!" - "Filho" - respondeu o pai -, "eu te disse que provasses com todas as tuas forças. Todas as tuas forças são as tuas forças mais as minhas. Em nenhum momento pediste que eu te ajudasse..." Freqüentemente isso acontece com os desafios da vida frente às tarefas que temos que realizar. Dizemos que não podemos e nos sentimos fracos. O Senhor insiste que provemos com todas as nossas forças, mas muitas vezes nos esquecemos de pedir a ajuda de Deus. Deus não espera que solucionemos nossos problemas sem Sua ajuda. Ele está à nossa disposição em todos os momentos.

 

  • O grande teólogo Agostinho tomou o pulso da sua época e da nossa quando escreveu: "Ó Senhor Tu criaste-nos para Ti, e os nossos corações ficam ansiosos até encontrarem descanso em Ti." - Fonte: www.gospelcom.net

 

  • A fé termina onde começa a preocupação e a preocupação termina onde começa a fé.

 

  • Outro dia, alguém me disse por meio de uma mensagem de e-mail: "Como posso me preocupar se meus olhos tem visto a fidelidade de meu Pai?"

 

  • Certa vez Pedro estava em um barco em que Jesus dormia e ele se apavorava, mas aprendeu a lição, lá na frente foi preso e seria morto no outro dia, desta vez era ele quem dormia. - Dorian Anderson Soutto

 

  • As preocupações fazem marcas na face e na alma. Impedem de ver o caminho certo.

 

  • Arthur W. Pink, falando sobre o texto: "Não andeis ansiosos de coisa alguma" - Filipenses 4:6, declarou: "A preocupação é tão definidamente proibida como o roubo".

 

  • O melhor antídoto para a ansiedade é a freqüente meditação sobre a bondade, o poder e a suficiência de Deus. Quando o santo pode confiantemente perceber que "O Senhor é o Meu Pastor", ele deve extrair a conclusão, "Nada me faltará!" - Arthur W. Pink

 

  • Em agosto de 1918, um saveiro estava sendo puxado por um rebocador no Rio Niagara quando o cabo se quebrou. As fortes correntezas logo conduziram o barco em direção às cataratas. Quando estava para cair, o barco encalhou em algumas rochas bem acima das quedas. Os dois homens que estavam a bordo foram salvos apenas no dia seguinte. Eles passaram uma noite de terror, pois, esperavam a qualquer momento despencar para a morte. Isso aconteceu faz quase noventa anos e a velha barcaça continua lá, no mesmo lugar até hoje. Jamais aconteceu a queda prevista. Os dois homens se preocuparam por nada. A esperada queda do barco, que trouxe ansiedade e desespero àqueles homens não aconteceu, da mesma forma que a maioria dos problemas que tiram nossa paz e alegria também não nos atingirão.

 

  • Declarou um médico (Dr. Alexandre Louren): "Uma atitude de ansiedade só contribuirá para sérios distúrbios físico-emocionais no indivíduo". - Revista Visão Missionário, 1T93.

 

  • Um médico explicou: "Se a preocupação com o dia de amanhã for obsessiva é prejudicial; se for omitida é funesta". - Jeiel CF Souza.

 

  • "Um capelão militar elaborou, certa vez, uma "Tabela de Preocupações", baseando-se nos problemas que homens e mulheres haviam lhe trazido durante os anos que tinha trabalhado naquela função. Ele concluiu que as preocupações se encaixavam nas seguintes categorias: Preocupações com coisas que nunca aconteceram - 40% Preocupações com decisões tomadas no passado e que não podem ser mudadas - 30% Preocupações com enfermidades que nunca aconteceram - 12% Preocupações com adultos, crianças e amigos (que eram capazes de tomar conta de si mesmos) - 10% Preocupações com problemas verdadeiros - 8% De acordo com essa tabela, 92% de todas as preocupações referem-se a situações que não podemos controlar e que deveriam ser deixadas nas mãos de Deus. A verdade é que a maioria de nossas ansiedades está enraizada na falta de confiança em Deus. - goodnewsGrupo1-subscribe@yahoogrupos.com.br

 

  • O rico morre preocupado com o que tem, o pobre com o que não tem. Preocupação é sentimento negativo, inútil e destrutivo. - Samuel Barreto

 

  • Não resolve... quanto mais o ouriço ouriça, mais o ouriço fica ouriçado.

 

  • Paul Tillich, no seu livro "Teologia Sistemática", mostra três tipos de ansiedade que roubam a paz. "Ansiedade da condenação e da culpa, ansiedade de solidão e do medo, ansiedade do destino e da morte". Tal ansiedade pode muito bem ser substituída pela paz de Jesus.

 

  • Se o Senhor vigia e cuida das minhas ansiedades, por que nós dois precisamos ficar acordados?

 

  • Passar alguns minutos acariciando um cachorro pode diminuir a ansiedade de um doente do coração e até mesmo ajudar na recuperação dele durante uma internação hospitalar, disseram pesquisadores dos EUA. Os cientistas avaliaram 76 pessoas com insuficiência cardíaca internadas em um hospital. Desse grupo, alguns receberam a visita de um cachorro por 12 minutos, outros receberam a visita de um voluntário treinado e outros ficaram sozinhos. Os índices de ansiedade caíram 24 por cento para os doentes visitados por um cão, caíram 10 por cento para os que receberam a visita de uma pessoa e permaneceram inalterados para os que não receberam nenhuma visita. - 15/11/2005, http://br.groups.yahoo.com/group/cristianismo_pleno

 

  • Um paciente, no hospital psiquiátrico, estava com sua orelha encostada junto à parede, ouvindo com muita atenção. Um dos empregados do hospital, intrigado com o que via e percebendo que o paciente já estava ali por muito tempo, aproximou-se para saber o que estava acontecendo. "Silêncio," sussurrou o paciente, acenando com a mão para que não se movesse. O empregado, colocando também sua orelha contra a parede, tentou ouvir o que se passava. "Eu não estou ouvindo nada," disse finalmente o empregado após certo tempo. "Eu também não," respondeu o paciente, "tem sido assim o dia inteiro. Muitas pessoas se preocupam com coisas que jamais acontecem. Passam horas, dias ou mesmo anos sofrendo com problemas que provavelmente nunca terão. 13/12/06

 

  • Preocupação é como cadeira de balanço: ela nos dá o que fazer, mas não nos leva a lugar nenhum. – Wendy Roch. 16/12/06

 

  • GINÁSTICA PARA RELAXAMENTO DOS NERVOS: Entregue ao Senhor todas as suas cargas, preocupações e tristezas (Sl 37:4-8). 11/1/07

 

  • "Nem toda nuvem gera tempestade". Shakespeare - 12/1/07

 

  • Conta-se que durante a segunda guerra mundial, uma viúva italiana ficou sem dinheiro para pagar os aluguéis da casa onde morava. Orou, clamou, jejuou durante muitos dias e nada adiantou. Em desespero, foi despejada pelo proprietário e obrigada a procurar abrigo em casa de parentes numa cidade vizinha. Logo após sua saída, a cidade foi totalmente arrasada por bombardeio nazista. Agora tudo ficou claro. O silêncio de Deus era para seu bem. Não precisava tanta preocupação e angústia. 13/1/07

 

  • Jorge Müller não pedia auxílio ao próximo, mas o pedia sempre a Deus. Incontâveis vezes se deitou à noite, sem nada ter em casa para si e para os órfaos comerem no dia seguinte. Quando lhe perguntaram se conseguia dormir, respondia: “Todas as vezes”. E o número de órfãos que tinha sob seus cuidados, às vezes chegava aos dois mil. Quando um amigo quis saber o segredo desta sua fé, ele levantou sua Biblia já gasta e disse: “Tenho lido este livro inteiro cem vezes. Conheço o Livro e conheço o Deus do Livro”. Que sábia escolha! Que possamos escolher com sabedoria seguir as ordenanças de Deus. “Qual é o homem que teme ao Senhor? Este lhe ensinará o caminho que deve escolher” (Salmo 25.12). 24-12-2007

 

  • Ficar nervoso de arrancar os cabelos... É tolice arrancar os cabelos por estar sofrendo, como se a dor diminuísse com a calvície. 26/12/2007

 

  • Um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia e pensava: “Se tivesse um carro novo, seria feliz...“ “Se tivesse uma casa grande, seria feliz... “Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz...... “Se tivesse uma parceira perfeita, seria feliz... Nesse momento, tropeçou em uma pequena sacola cheia de pedras e começou jogá-las uma a uma no mar. E a cada vez dizia: “Seria feliz se tivesse...“ Assim fez até que restou apenas uma pedrinha, que decidiu guardar. Ao chegar em casa percebeu que aquela pedrinha tratava-se de um diamante muito valioso. Quantos diamantes teria jogado ao mar sem parar para pensar? Muitas vezes nós também jogamos fora nossos preciosos tesouros, esperando o que acreditamos ser perfeito. 25.1.2008

 

  • Em agosto de 1930 houve um eclipse do sol. Meu irmão e eu em companhia de um astrônomo, observávamos o fenômeno através de óculos escuros. Este conservava sua atenção no cronômetro. Quando tudo terminou, ele disse: "Foi exatamente no segundo predito há vinte e cinco anos pelos cientistas da época". Andava eu, então, bastante preocupada porque tinha perdido meu em­prego e aquela experiência me trouxe este pensamento: "Se este universo é governado por um Poder que faz com que tudo corra normal e matematica­mente no minuto exato, certamente terei confiança, seja qual for o meu destino". Que lição maravilhosa eu aprendi! Esta lição serve para todos nós. Por que tanta tensão, receio e preocupa­ções na hora presente? Temos a promessa do suprimento de todas as nossas necessidades cada dia que passa. Por que não cremos e agimos confiantes nas promessas de Deus? Por que não "aprendemos a arte de descansar no seu poder"? Por quê? Por que não o fazemos? Emma M. Wuerry (Ontário, Canadá). 11.2.2008

 

  • Desde que sirvo ao exército americano na qualidade de capelão, tem sido meu privilégio viajar pelo mundo inteiro. Em 1948, estive no Japão por vários meses, sem a minha família. Quando esta chegou, todos vinham ansiosos por conhecer o Monte Fuji. Entretanto, por algumas semanas, as nuvens e a cerra­ção o cobriram completamente. Um dia, inesperadamente, clareou o tempo e lá estava o Monte Fuji com seu capuz de neve eterno, desafiando o azul do céu. Freqüentemente, os picos da fé, da esperança e do amor estão ocultos em nuvens de pecado, de dúvidas, de ansiedade e de superstições. Em conse­qüência, muitos tropeçam na vida e não chegam nunca a ver realmente o monte do Senhor. Deus não quis que assim fosse. Enviou Seu Filho, Jesus Cristo, ao mun­do para remover as nuvens que se condensam entre nós e os picos da fé. Ele nos capacita a experimentar a beleza da fé, da esperança e do amor. Roy H. Parker. 11.2.2008

 

  • Crisóstomo, o "boca de ouro", confessou: "Um bispo é mais agitado de cuidados e perturbações do que o mar pelas ondas e tempestades". 22.2.2008

 

  • Uma senhora evangélica que não havia abandonado suas novelinhas e nem deixado de ler seu horóscopo diário, sai do consultório sem entender muito o que o médico falou. Intrigada, volta e pergunta outra vez ao doutor: - Doutor, o senhor disse capricórnio ou sagitário? - Câncer, minha senhora, câncer. - Missionário Ripari 25.2.2008

 

  • Por maior que seja o buraco em que você se encontra, sorria, porque, por enquanto, ainda não há terra em cima. 11.3.2008

 

  • Alguém contava: Trabalho numa plataforma de petróleo. Há pouco tempo, um de nossos colegas foi trancado, por engano, no compartimento onde trabalha. O local não tem janelas, apenas dois vidros pequenos. Ele ficou um tempão olhando pelo vidro na expectativa de que alguém, ao passar, ouvisse as suas batidas e o libertasse. Esqueceu-se porém, de que ali havia dois telefones e dois rádios de comunicação. 13.3.2008

 

  • "A grande vantagem de falar sempre a verdade é que a pessoa não precisa ficar preocupada em lembrar-se do que disse." Louise Alcott. 26.3.2008

 

  • Poderia fazer bem a todos nós gastarmos algum tempo obser­vando as aves. Foi isso que nosso Senhor nos disse para fazer. Se não todo dia, pelo menos de vez em quando precisamos tirar um tempo para observar e lembrar a nós mesmos como nossos amigos de penas são bem cuidados. Eles, literalmente, não sabem de onde virá sua próxima refeição; apesar disso, jamais vi um pássaro sentado num galho de árvore tendo um esgotamento nervoso por causa de preocupação. O que o Mestre quer dizer aqui é, na verdade, muito simples: Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves? 28.3.2008

 

  • Quando o inimigo tenta nos dar um problema, temos o privi­légio de poder lançá-lo sobre Deus. A palavra "lançar", na verdade, significa jogar ou arremessar. Podemos jogar ou arremessar nossos problemas para Deus e, creia-me, ele pode pegá-los. Ele sabe o que fazer com eles. Essa passagem nos permite saber que humilhar-se significa não se preocupar. A pessoa que se preocupa ainda pensa que ela pode, de alguma maneira, resolver seu próprio problema. A preocupação é a mente correndo de um lado para o outro, tentando encontrar uma solução para sua situação. O homem orgulhoso é cheio de si, enquanto o homem humilde é cheio de Deus. O homem orgulhoso se preocupa; o homem humilde espera. 28.3.2008

 

  • Um anúncio exibia três pessoas à espera de um ônibus. Dois deles estavam entediados e apáticos, enquanto o terceiro estava satisfeito a jogar um jogo num pequeno aparelho eletrônico. "Faça algo com o seu nada," dizia o anúncio. "Esse nada é o tempo. O tempo entre tudo o que tens de fazer." A ideia era vender o jogo portátil para que assim as pessoas pudessem usar todos os segmentos de tempo "de espera" desperdiçados. Desconfio que muitos de nós já usamos construtivamente esses pequenos incrementos de tempo de espera para ler um livro, memorizar um versículo, ou orar por um amigo. São os nossos períodos de espera mais longos, cheios de incerteza e indecisão, que podem deixar-nos preocupados e frustrados. 24.10.2008

 

  • Minha esposa e eu gostamos de andar de patins. Perto do final de uma das nossas rotas favoritas, há um morro muito alto. Quando começamos a seguir aquela rota, tentei encorajar Sue, dizendo-lhe: "Você está preparada para o morro?" pouco antes de seguirmos nosso caminho até o topo. Mas um dia, ela disse: "Por favor, para de dizer isso. Você faz com que pareça ser uma montanha enorme, e isso me desanima". Para Sue era melhor enfrentar o morro pensando apenas em um "passo", em vez de um morro alto para subir. A vida pode ser assim. Se olharmos longe demais, os desafios podem parecer como a escalada do Monte Everest. Podem parecer impossíveis de superar, se pensarmos que temos que estar "preparados para a montanha". A Bíblia nos lembra que devemos enfrentar somente o hoje. Não precisamos nos preocupar com as tarefas do amanhã (Mateus 6:34). Imagine Moisés pensando: "Eu tenho que alimentar todas essas pessoas e ninguém sabe por quanto tempo. Como vou conseguir toda essa comida?" Deus cuidou dessa montanha com maná – mas apenas o suficiente para cada dia (Êxodo 16:4). Todo o morro na vida é demasiado alto, se pensarmos que precisamos escalá-lo de uma vez. Mas nenhum monte é insuportável, se avançarmos um passo cada vez, com a ajuda de Deus. J. David Branon. 24.10.2008

 

  • No médico, o sujeito desabafa: - Doutor, eu tô muito mal! Faz duas noites que eu não prego o olho! Assim que eu me deito, só fico pensando nos problemas. - Você só está um pouco estressado! Para resolver isso é muito simples, basta nunca levar os seus problemas para a cama. - De que jeito, doutor? A minha mulher não dorme sozinha de maneira nenhuma! 10.12.2008

 

  • Certa noite, quando um embaixador e seu camareiro foram obrigados a dormir no mesmo quarto de um hotel, o camareiro notou que seu senhor se virava de um  lado para outro da cama sem parar. "Senhor, o que o está preocupando?"   Ele perguntou. "Oh, eu tenho tantas coisas em minha mente. O fardo de minha  responsabilidade é duro de agüentar". "Perdoe-me, senhor, mas crê que Deus está governando o mundo agora?"  "Claro". "E o senhor crê que Ele continuará governando o mundo mesmo depois de sua morte?" "Sem nenhuma dúvida ". "Então, por que não deixa que Ele faça isso durante sua vida aqui?" O embaixador compreendeu o que o camareiro disse e logo adormeceu profundamente. Quanto sono perdemos simplesmente porque não aprendemos a descansar no Senhor. Passamos noites em claro, reviramo-nos de um lado para o outro, deixamos a angústia hospedar-se em nosso coração e, tudo isso para que? Muitas vezes, para nada! Sofremos por antecipação, murmuramos desnecessariamente, e acabamos concluindo que o Senhor sempre esteve ao nosso lado para abençoar e para nos dar a Sua paz. Deus prometeu em Sua Palavra que estaria conosco sempre. Disse que cuidaria de nós, que dirigiria nossos passos, que supriria nossas necessidades, que nos faria sempre mais que vitoriosos. E por que duvidamos? Por que sofremos sem razão? Por que não entregamos nossa vida a Ele e descansamos? Quando a nossa fé é genuína e passamos a confiar inteiramente em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, as aflições correm em disparada, a ansiedade arruma as malas e vai embora, a inquietação desaparece de nossa frente e as incertezas sequer se aproximam. E, o melhor de tudo, descansamos tranquilamente nos braços de nosso Pai, certos de que Seus anjos estarão sempre ao nosso redor para nos assistir em todas as ocasiões. Você está sentindo o cansaço dos fardos deste mundo?  Entregue-os  a Cristo e descanse. 17.2.2009

 

  • Eu posso me sentir culpado a respeito do passado, apreensivo em relação ao futuro, mas só posso agir no presente. Abraham Maslow14.5.2009

 

  • Você já viu um passarinho dormindo num galho ou num fio, sem cair? Se nós tentássemos dormir assim, iríamos cair. O segredo está nos tendões das pernas do passarinho. Eles são construídos de forma que, quando o joelho está dobrado, o pezinho segura firmemente qualquer coisa. É uma maravilha, não é? Perfeição do Criador para segurar o passarinho! Mas, não é tão diferente em nós. Quando nosso "galho" na vida fica precário, quando tudo está ameaçado de cair, a maior segurança, a maior estabilidade nos vem de um joelho dobrado em oração. Se você algumas vezes, se vê num emaranhado de problemas que o fazem perder a fé, desanimar de caminhar; não caminhe mais sozinho, Jesus quer fortalecê-lo e caminhar junto com você. É Ele quem renova suas forças e sua fé. Se Deus cuida de um passarinho, imagina o que não fará por você Seu filho amado, basta você CRER! "Lançai sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós" 1 Pe 5:718.6.2009

 

  • Provavelmente, você já teve uma experiência semelhante a esta: Alguém pergunta como você está.  Parece estar interessado, mas ao começar a compartilhar seus problemas, você percebe que a pessoa não está realmente interessada; estava apenas sendo gentil.  A maioria das pessoas têm tantos problemas que simplesmente não sabem o que fazer com mais problemas.  Nosso Pai no céu, no entanto, diz: “Lance toda a sua ansiedade para mim. Você pode compartilhar todas elas comigo, porque eu realmente tenho cuidado de você”.7.7.2009

 

  • O começo da ansiedade é o fim da fé e o princípio da verdadeira fé é o fim da ansiedade.  Gelkie & Cowper2.10.2009

 

  • A depressão pós-parto é um mal que ataca a muitas mulheres. Segundo opinião do obstetra Hildebrando Carneiro, professor da UERJ, quando o bebê nasce, a mulher tem a sensação de que ele não está mais protegido e que ela não será capaz de cuidar dele fora do seu ventre, o que gera o estado depressivo. O jornal dá ainda a opinião de outro obstetra, José Roberto Tisi Ferraz, de que a depressão pós parto pode também ser causada por situações difíceis enfrentadas pela gestante, tais como gravidez indesejada, traumas de parto, dificuldades econômicas e sociais.6.10.2009

 

  • Um servo de Deus, Dr. Payson, quando jovem, escreveu a uma mãe idosa, oprimida por grande ansiedade a respeito da condição de um filho seu: "A senhora se angustia demais por ele. Depois de ter orado por ele, como tem feito, e de o ter entregado a Deus, não deveria então parar de sentir ansiedade? O mandamento: 'Não estejais inquietos por coisa alguma' é ilimitado; e assim também a palavra: 'Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade'. Se lançamos as nossas cargas sobre outra pessoa, será que elas continuam pesando sobre nós? Se voltamos com elas do trono da graça, é evidente que não foram deixadas lá. Com referência a mim mesmo, tenho feito disto um teste para minhas orações: se depois de entregar qualquer problema a Deus eu posso, como Ana, voltar com um semblante que já não está triste, um coração que não está mais sob peso e ansiedade, tomo isto como prova de que orei com fé; mas se trago comigo o meu fardo, concluo que a fé não foi posta em prática." Extraído do Mananciais no Deserto - De Lettie Cowman 11.2.2010

 

  • "A preocupação é como a cadeira de balanço: mantém você ocupado, porém, não o leva a lugar algum." 13.2.2010

 

  • Conta-se que um doente de um hospital psiquiátrico permanecia com o ouvido encostado na parede. A enfermeira, um dia, perguntou-lhe: "O que você está fazendo aí?" "Silêncio!" cochichou o doente, acenando para que a enfermeira também encostasse o ouvido na parede. A enfermeira concordou e permaneceu ali durante uns minutos, prestando atenção: "Não estou ouvindo nada!" ela disse. "Eu também não" replicou o doente com a testa franzida. "É assim o dia inteiro!" As pessoas que se preocupam com cada detalhe de sua vida são como este paciente. Umas se preocupam com o que poderia ter sido dito, outras com o que foi dito. Algumas se preocupam com o que poderia acontecer. Outras com o que não aconteceu, mas deveria ter acontecido. Há ainda as que se preocupam com o futuro. "Com quem será que vou me casar? Até que idade vou Viver? Será que um dia meu marido me trairá? Não vou agüentar Perder um filho!". Outras se afligem com o que fizeram no Passado e com as conseqüências disto. 13.2.2010

 

  • Certa vez, os piores sentimentos que existem apostaram entre si qual deles seria capaz de tomar o lugar da Felicidade que vivia numa casa de família. O primeiro sentimento a tentar foi a Solidão, porém, em poucos minutos ela saiu de lá, muito decepcionada com seu próprio fracasso. Mas, não contou para os outros sentimentos o quê a levou a fracassar. O próximo a tentar foi a Tristeza, mas, antes de bater à porta, espiou pela janela e desistiu. Ela também não contou nada para os outros. O Desespero, a Ansiedade, o Ódio e a Culpa também fracassaram e, igualmente, nada contaram. Um dia, quando a família saiu para passear com a Felicidade, a Curiosidade e o Atrevimento invadiram a casa, para tentar descobrir porquê nenhum sentimento ruim conseguia entrar ou permanecer ali. Eles pensavam que iam poder xeretar à vontade, mas levaram um susto muito grande, pois, a casa não estava vazia, o Amor estava lá, cuidando de tudo. Os dois saíram correndo e gritando: - É o Amor! O Amor vive nesta casa. - Desistam, pois onde mora o Amor a Felicidade mora junto e não sobra lugar para nenhum sentimento ruim. 16.2.2010

 

  • Focalize 90% do seu tempo nas soluções e apenas 10% na preocupação do problema. Anthony J.D Angelo 2.3.2010

 

  • Martinho Lutero, o grande teólogo do século XVI experimentou certa vez um longo período de preocupação e abatimento. Um dia a sua esposa vestiu roupas pretas como se estivesse de luto. "Quem morreu?" perguntou Lutero. "Deus," disse a sua esposa. "Deus!" disse Lutero, horrorizado. "Como podes dizer tal coisa?" Ela replicou: "Estou apenas a revelar a forma como estás a viver." Lutero percebeu que ele estava realmente a viver como se Deus não mais estivesse vivo ou não mais os estivesse a observar com amor. Ele mudou o seu aspecto de tristeza para uma atitude de gratidão. Ocasionalmente também nós vivemos como se Deus estivesse morto. Quando estamos desanimados podemos virar-nos para a Bíblia. Alguns dos seus escritores enfrentaram tempos desanimadores e áridos, mas todos eles tiveram um hábito em comum que os impediu de se tornarem amargos: ao darem graças a Deus. Por exemplo, Davi escreveu: "Tornaste o meu pranto em folguedo... Senhor meu Deus, eu Te louvarei para sempre" (livro de Salmos capítulo 30 versos 11 e 12). Ir ao encontro de cada situação com ação de graças não é negar a dificuldade. Isso ajuda-nos a ver essas situações segundo a perspectiva de Deus - ou seja, como oportunidades para descobrir o Seu poder e amor. Sempre que expressas gratidão a Deus numa situação difícil, estás a declarar: "Deus está vivo!" 9.4.2010

 

  • "A vida é maravilhosa se não se tem medo dela." (Charles Chaplin) 27.8.2010

 

  • “É a concentração em Deus que nos mantém livres do pânico moral e espiritual. A mensagem única dentro do sermão da montanha é: concentre-se em Deus, e fique tranqüilo com respeito a todo o resto que está acontecendo.”  Oswald Chambers. 27.10.2010

 

  • Houve, certa vez, um rei a quem foram concedidos dois desejos. Seu primeiro pedido foi ver o futuro. Porém, quando ele viu tudo que aconteceria adiante -- a beleza e a dor – ele imediatamente pediu seu segundo desejo: que o futuro fosse ocultado. Eu agradeço  ao Céu", proclamou o mestre do suspense, "o amanhã não pertence a qualquer homem. O amanhã  pertence a Deus". Muitas vezes estamos tão preocupados com o dia de amanhã que esquecemos de viver o dia de hoje. Angustiamo-nos por ver demorar os nossos sonhos e anseios, concluímos que o nosso futuro é incerto, que nada dará certo para nós, e perdemos grandes oportunidades de viver felizes com as incontáveis bênçãos que o Senhor nos dá hoje. O amanhã pertence a Deus e precisamos confiar que será maravilhoso, mesmo que o momento atual não apresente sinais de que será assim. Deus é amor e tudo que faz por nós está baseado em amor. Se não o experimentamos é porque a nossa afobação em alcançar a pretensa felicidade por nossos próprios méritos e esforços, por vezes, nos leva a atalhos fora da vontade do Senhor, impedindo, assim, que encontremos as bênçãos que Deus preparou e colocou à nossa disposição. A nós cabe viver o dia de hoje da melhor maneira possível. Se a vontade do Senhor é que vivamos em amor, procuremos fazê-lo em todos os dias de nossa vida. Se a vontade do Senhor é que creiamos que Ele cuida de nós hoje e continuará cuidando por toda a eternidade, descansemos sem jamais duvidar disso. Se a vontade do Senhor é que testifiquemos da Sua grandeza aqui na terra, empenhemo-nos em fazer a nossa vida brilhar para a glória e honra do nome de Jesus. O amanhã a Deus pertence, e será repleto de felicidade para nós que vivemos com alegria e dedicação cada minuto do dia de hoje. Portanto, não importa o que estais passando hoje, somente confie no Senhor, e seja fiel em tudo. 23/8/2011