AGRESSÃO

  • No fundo, muitos consideram a Deus como um relojoeiro que deu corda no mundo e o deixou se virando sozinho. (O Jornal Batista, pg 6 - 17 a 23/12/2001).

 

  • O medo de seqüestros tem feito os paulistanos tentarem fazer da tecnologia uma aliada na defesa contra sequestros. Celulares com GPS - que indicam a localização do usuário - carros com rastreadores, monitorados 24 horas, chips colocados em cintos e sapatos e até mesmo sob a pele já são algumas das formas utilizadas pelos paulistanos. O microchip cutâneo, importado dos EUA, já está sob a pele de 40 empresários brasileiros - 25 deles de São Paulo - que se consideram alvo potencial de seqüestros. Ricardo Chilelli, da RCI First Security, que importa microchips, disse que há 2 mil clientes na fila de espera para instalar o produto. Com o microchip, em caso de sequestro, a polícia pode localizar o cativeiro. - Meus clientes são empresários que, apesar da segurança particular e dos carros blindados, temem o sequestro - conta Chilelli. - http://oglobo.globo.com/online/plantao/164082457.asp (01/02/2005).

 

  • Brasil e Venezuela são os países que registram as maiores taxas de mortes causadas por armas de fogo no mundo, segundo um estudo da Unesco que compara dados de 57 nações, divulgado na quinta-feira em Brasília. A pesquisa revelou que a taxa de mortes por armas de fogo no Brasil e Venezuela é maior do que a registrada em países como Israel, que enfrenta uma situação de conflito armado. Cerca de 100 pessoas morrem diariamente no Brasil vítimas de armas de fogo. - Unesco, VBN 161–10/05/05.

 

  • Uma criancinha de 03 anos de idade pega a chave do carro do pai e rabisca toda a sua lataria, depois vem correndo chama o Papai e diz: olha pai o desenho que eu fiz pra você. O pai ao contemplar aquilo, tem um ataque de fúria e parte para cima da criança, arrasta-a para dentro de casa em sacolejos, para depois aplicar-lhe duros golpes de palmatórias em suas mãozinhas.O ataque foi tão brutal que rompem-se os ligamentos dos nervos e a criança é levada a um Hospital. A fúria por ter sido tamanha Compromete toda estrutura óssea a ponto dos médicos amputarem os dois bracinhos, ao chegar em casa com os dois cotoquinhos enfaixados a criança sorrindo olha para o pai e diz: papai quando meus bracinhos crescerem de novo eu vou te dar um carro de presente.

 

  • O pai desesperado abraça o filho e chora desconsolado. 14/5/07

 

  • Quem não conhece o "O cravo brigou com a rosa, Debaixo de uma sacada; O cravo saiu ferido, E a rosa despedaçada. O cravo ficou doente, A rosa foi visitar; O cravo teve um desmaio, A rosa pôs-se a chorar." Desgraça, desgraça, desgraça! E ainda incita a violência conjugal. Precisamos lutar contra essas lembranças!