AULTÉRIO

  • Para alguns "Não cobiçar a mulher do próximo" significa Não cobiçar quando o próximo estiver próximo".

 

  • Salomão escreveu abertamente contra a prostituição e o adultério, mais do que qualquer outro autor bíblico. Em nenhum momento ele é impreciso. A sua ojeriza ao adultério muito provavelmente tem relação com o adultério de seu pai e sua mãe, quando esta ainda era esposa de Urias (2Sm 11.1-5). Esse grave escândalo trouxe conseqüências desastrosas para Davi, para a família e para a nação. Foi um parêntesis enorme e muito sofrido na vida até então bem sucedida do primeiro rei de Israel. O peso da mão de Deus quase esmagou Davi, fazendo com as suas forças "o que a seca faz com um pequeno riacho" (Sl 32.4). É, portanto, muito natural que Salomão odiasse o adultério. Ao mesmo tempo, Salomão não carregava qualquer ranço contra o sexo em si. Entre uma passagem e outra contra o adultério, ele ensinava: "Bebe a água da tua própria cisterna, e das correntes de teu poço" (Pv 5.15), isto é, "seja fiel à sua mulher e dê o seu amor somente a ela", como traduz a NTLH.

 

  • Às vésperas do Pan, prostitutas aprenderam inglês. Um professor chegou a dar aulas de inglês para as mulheres da mais antiga zona de prostituição do Rio. Um grupo de 20 profissionais do sexo tiveram três horas semanais de aulas num casarão antigo dentro da vila. A Vila Mimosa atrai mensalmente 120 mil homens por mês e reúne cerca de 3.500 prostitutas em ruas de São Cristóvão, zona norte da cidade. Os números foram dados pelo Coletivo de Mulheres da Vila Mimosa, ONG formada por prostitutas da região, que participa do projeto. Prostituição não é crime no Brasil e é uma profissão regulamentada pelo Ministério do Trabalho. cristianismo_pleno@yahoogrupos.com.br. 17/3/07

 

  • Como é difícil se livrar de uma mulher fácil. 19/3/07

 

  • Parece que o pensamento é: “Enquanto não encontro a mulher certa... me divirto com as erradas”.  Mas isso custa caro e não compensa. 19/3/07

 

  • Mulher leiloa virgindade na internet - Portal do IG, Enviada por Thiago Almeida; 10/09/2008 - 13:29 - A jovem, que usa o pseudônimo "Natalie Dylan", pretende custear os estudos com o leilão. Uma mulher de 22 anos, que mora em San Diego, Califórnia, EUA, afirmou que é virgem e terá relações sexuais com a pessoa que der o maior lance em um leilão realizado pelo site de um bordel do estado de Nevada, onde a prostituição é legalizada. A garota, que usa o pseudônimo de Natalie Dylan, declarou ao jornal "New York Daily News" que teve a idéia ao ler sobre um caso semelhante e que faz isso para financiar sua faculdade. A irmã da jovem trabalha como garota de programa no bordel que organiza o leilão. Natalie, que divulgou a história no programa de rádio do polêmico apresentador Howard Stern, passará por um detector de mentiras e um exame ginecológico para comprovar sua virgindade. 16.9.2008

 

  • Fala-se que Marilyn Monroe escreveu um bilhete, pouco antes de sua morte que dizia: "Eu ansiava por amor sem limites". Tinha se casado quatro vezes, mas ao invés de alcançar o almejado, o que se vê é uma mulher que se deixa ser explorada como objeto sexual, como resultado de sua própria ansiedade. 9.2.2010

 

  • Homens que traem as esposas e namoradas tendem a ter QI mais baixo e ser menos inteligentes, segundo um estudo publicado na revista especializada Social Psychology Quarterly. De acordo com o autor do estudo, o especialista em psicologia evolutiva da London School of Economics, Satoshi Kanazawa, "homens inteligentes estão mais propensos a valorizar a exclusividade sexual do que homens menos inteligentes". (...) íntegra em: http://tr.im/ 2.3.2010

 

  • 13/10/2010 O DIA - Após recusa da esposa, só amante reencontra mineiro após resgate - Yonni Barrios Rojas, 50 anos, foi o 21º operário a deixar a mina. 'Ou ela, ou eu', disse mulher casada com o mineiro há 28 anos. Do G1, com informações de agências internacionais. O enfermeiro Yonni Barrios Rojas, 50 anos, foi o vigésimo-primeiro operário a ser resgatado nesta quarta-feira (13) da mina de cobre no norte do Chile na qual eles estavam soterrados a uma profundidade de 700 metros desde 5 de agosto. Conhecido como "Dr. House" entre os colegas confinados graças à habilidade para dar injeções e redigir relatórios sobre a situação dos companheiros no refúgio, ele terá que lidar na superfície com um triângulo amoroso em que está envolvido: é aguardado no exterior da mina por duas companheiras, que já brigaram. Tão logo a cápsula Fênix 2 libertou Rojas da clausura, ele foi recebido e abraçado por Susana Valenzuela, apontada como "a outra" pela esposa há 28 anos do minerador, Marta Salinas. Convidada, ela decidiu não prestigiar nem pela televisão o salvamento do marido. "Não penso em assistir (ao resgate) nem pela televisão. Estou feliz que ele tenha sobrevivido, é um milagre de Deus. Mas não vou assistir ao resgate. Ele me pediu, mas acontece que ele também pediu a mesma coisa à outra senhora, e eu sou uma mulher decente", afirmou. "A coisa é clara: ou ela, ou eu", afirmou. Marta desconhecia a existência de Susana até que as duas se encontraram no acampamento de Copiapó chorando pelo mesmo homem. Desde então, ela não esteve mais presente entre os familiares que rezavam e esperavam notícia dos trabalhadores no Acampamento Esperança. Indignada, a esposa relatou a traição de Rojas até à primeira-dama chilena Cecilia Morel. "A primeira-dama me disse que não era má a minha decisão de não ir, de deixar que ela (a nova parceira) vá tranquilamente", disse Marta em entrevista ao jornal chileno "El Mercurio".